skip to Main Content
5 de julho de 2020 | 01:39 am

ANAC AUTORIZA A ABAETÉ AEROTÁXI A OPERAR VOOS REGULARES NA BAHIA

Tempo de leitura: 2 minutos

Bahia amplia conectividade aérea com oferta de voos de pequeno porte || Foto Elói Corrêa/GovBA

A Abaeté Aerotáxi foi autorizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a operar voos regulares, com venda individualizada de assentos em aeronaves com até 19 lugares, na Bahia. A previsão é de que as operações já sejam iniciadas no início do segundo semestre.

A lista de destinos ainda foi divulgada pela empresa, mas o diretor de operações da companhia, Tiago Tosto, adianta que destinos muito procurados por turistas fazem parte da relação. “O apoio da Setur foi muito importante para que nosso projeto de voltar a ter voos regulares fosse aprovado. Iremos atender locais como Morro de São Paulo e Boipeba, bem como as cidades de Jequié, Irecê e Bom Jesus da Lapa. Pretendemos também abrir pistas de pouso em alguns municípios que ainda não têm condições de receber aeronaves”, relata.

O secretário estadual de Turismo, Fausto Franco, acredita que a ampliação da malha aérea no território tem reflexos no desenvolvimento da economia local. “Conectividade é algo indispensável para se fazer turismo, ainda mais na Bahia, que é um estado com dimensões territoriais maiores que as de muitos países. A possibilidade de fazer novos voos regionais culmina no fortalecimento da economia como um todo e também do turismo, um dos grandes pilares do estado”, avalia.

A Abaeté está há mais de 40 anos no mercado de fretamento de aeronaves de pequeno porte na Bahia e passará a se chamar Abaeté Brazilian Airlines. A aeronave que faz parte do projeto e irá fazer, inicialmente, os voos regulares é do modelo Caravan, que chega a 280 quilômetros por hora e tem capacidade para nove passageiros.

MAIS DE 240 MIL TURISTAS DEVEM PASSAR PELOS PORTOS DE ILHÉUS E SALVADOR NO VERÃO

Tempo de leitura: 2 minutos

Turistas começam desembarcar em Ilhéus e Salvador na segunda quinzena|| Foto Tatiana Azeviche

A chegada do navio MSC Fantasia no Porto de Salvador, na próxima segunda-feira (19), marca o início da alta temporada de cruzeiros marítimos na Bahia. A estimativa é que 240.957 turistas passem pelos portos da capital e de Ilhéus até 21 de abril de 2019. O incremento médio é de 7% em relação à temporada anterior, segundo a Secretaria Estadual de Turismo.
O desembarque de passageiros aquece a economia local e movimenta pontos turísticos nas proximidades do porto de Salvador, como o Mercado Modelo, o Elevador Lacerda e o Pelourinho, no Centro Histórico. Comerciantes do Mercado Modelo, por exemplo, têm boa expectativa. “O volume de vendas cresce em até 60%, principalmente no mês de janeiro”, afirma Abdala Abib Neto, proprietário de loja no andar térreo.

Leia Mais

BAHIA TERÁ MAIS DE 3 MIL VOOS EXTRAS NO VERÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Bahia terá mais de 3 mil voos extras no verão || Foto Tatiana Azeviche/Setur

As principais companhias aéreas estão apostando alto na demanda turística para a Bahia neste verão 2017/2018. A oferta de voos extras passou de 1,5 mil, no verão passado, para mais de 3 mil agora, incremento superior a 100%. Além do aumento de frequências nos voos domésticos, há novas rotas internacionais programadas a partir de janeiro, interligando o estado com Montevidéu, Santiago e Buenos Aires.

A estimativa da Secretaria do Turismo do Estado (Setur) é de que a Bahia receba 5,6 milhões de turistas nacionais e estrangeiros no verão de 2017/2018. “Fatores como a redução do valor do ICMS para o combustível, pelo Governo do Estado, e a promoção da Bahia contribuíram para o reforço da malha aérea”, diz o secretário estadual do Turismo, José Alves.
A Gol colocará à disposição mais de dois mil voos extras para atender as cidades de Salvador, Porto Seguro e Ilhéus. O aumento, de mais de 100% em relação ao verão passado, resulta, segundo o vice-presidente de Planejamento da companhia, Celso Ferrer, de estudos constantes.
 “Nossa operação está focada principalmente nos destinos de lazer que registram aumento na demanda por parte dos passageiros, como é o caso das cidades no Nordeste do país que são as mais procuradas”, diz Ferrer.

TURISTAS GASTARAM MAIS DE R$ 1 BILHÃO NA FOLIA EM SALVADOR, SEGUNDO SETUR

Tempo de leitura: < 1 minuto
Carnaval de Salvador atraiu mais de 550 mil turistas, segundo a Setur (Foto Manu Dias/GovBA).

Carnaval de Salvador atraiu mais de 550 mil turistas, segundo a Setur (Foto Manu Dias/GovBA).

Cálculos da Secretaria Estadual de Turismo (Setur) apontam que Salvador recebeu 550 mil turistas durante o período do carnaval, sendo 13% deles estrangeiros, vindos principalmente de Argentina, Estados Unidos, Itália, Alemanha, Franca e Reino Unido.
Dos turistas brasileiros, a maioria veio de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Sergipe. A estimativa é de que cada turista tenha gasto, em média, R$ 2 mil em Salvador, movimentando mais de R$ 1 bilhão.
Nos cálculos, segundo o secretário estadual de Turismo, Pedro Galvão, estão incluídos hospedagem, passagem, compra de abadás, acesso a camarote e alimentação. O gasto médio diário ficou em R$ 373,00.

TATAU NEM CHEGOU A SER CONTRATADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Prefeitura divulgou Tatau, mas era propaganda enganosa

Em que nível de irresponsabilidade pode ser situada a atitude de um governo que divulga mentiras para sua população? Isso foi feito pela Secretaria de Turismo de Ilhéus, que anunciou o músico Tatau – ex-Araketu – como uma das atrações do último carnaval da cidade, embora o artista jamais tivesse sido contratado pelo município ou pela Bahiatursa.
A farsa foi divulgada pelo blogueiro Ariel Figueroa, em seu site Coluna de Turismo. Após ouvir fontes na capital baiana, Figueroa, que se dedica especialmente a cobrir o setor turístico, descobriu que jamais houve qualquer contato da Setur/Ilhéus nem da Bahiatursa com o ex-vocalista do Araketu.
“A Setur e o secretário Paulo Moreira venderam um peixe que nunca pescaram”, denuncia o blogueiro. Segundo ele, estavam confirmados oficialmente pela Bahiatursa apenas os shows de Vivane Trípodi e Tonho Matéria, sendo que este não chegou a ocorrer porque o cantor teria perdido um voo.
Figueroa apresenta resumos de contratos de Viviane e Matéria, cada um no valor de R$ 30 mil. Semanas antes do Carnaval, a Setur anunciou ter obtido um apoio de R$ 400 mil para a folia ilheense.
Leia texto na Coluna de Turismo.

LEONELLI NEGA RETALIAÇÃO A NEWTON

Tempo de leitura: < 1 minuto

Leonelli afirma que recurso para o Carnaval de Ilhéus está condicionado à adimplência do governo municipal

Em nota enviada ao PIMENTA, o secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, nega que o governo ilheense esteja sendo vítima de retaliação.
Apesar de não ter recebido pessoalmente o prefeito Newton Lima nos últimos meses, o secretário afirma que o gestor do município teve audiência no dia 20 de dezembro passado com o chefe de gabinete da Setur, João Carlos Oliveira. A nota observa que o prefeito foi recebido “mesmo sem ter agendado horário”.
Sobre o Carnaval de 2012, a Setur informa que o pedido de apoio foi protocolado no dia 9, “um dia antes do final do prazo”. Segundo a nota, a proposta está sendo analisada e a resposta “dependerá também de que a  Prefeitura esteja adimplente para firma convênio com o Governo do Estado”.
 

NA PRESSÃO, SETUR LIBERA MAIS UM TRIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito de Ilhéus, Newton Lima, imitou Caetano e cantou para Domingos Leonelli a música “Atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu”. Newton foi atrás e conseguiu mais um trio, além do que o secretário do Turismo da Bahia já tinha prometido mandar para o carnaval ilheense.

A festa, que acontece de 5 a 8 de março na Avenida Soares Lopes, vai contar agora com três trios maiores e quatro mini-trios. A maior parte das atrações artísticas é da própria região.

O SECRETÁRIO TRILÍNGUE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ex-secretário do governo Valderico Reis, Jorge Cunha ingressou na justiça para voltar à Prefeitura de Ilhéus. Ele participou de um concurso público e, via justiça, exigiu ser convocado para um cargo na Secretaria Municipal do Turismo, cuja condição para a investidura é dominar três idiomas.

Advogados da Prefeitura argumentam que não basta dizer que é trilíngue, Jorge Cunha precisa comprovar o conhecimento dos idiomas, o que não teria conseguido fazer até agora. Mas ainda assim ele obteve, por meio de uma liminar, o direito de prestar serviços na Setur.

A briga segue na justiça e na última semana a Procuradoria-Geral do Município derrubou a liminar. O que não impediu o dedicado servidor poliglota de permanecer com seu expediente na Secretaria.

VILA JUERANA, PARCERIA ITAPARICA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Começa na noite desta sexta-feira (30), o 3º Festival do Guaiamum, na Vila Juerana, litoral norte de Ilhéus. O evento é divulgado pela Secretaria de Turismo, cujo titular, Paulo Moreira, considera a programação da maior importância para destacar o potencial turístico e gastronômico do local.

O entendimento da relevância, no entanto, não implica em ajuda efetiva aos verdadeiros organizadores do festival. Na Vila, as reclamações contra a Setur são numerosas.

Segundo os diretores da Amorviju (Associação dos Moradores da Vila Juerana), a mudança na data do festival foi provocada pelo descumprimento de um compromisso da Setur de apoiar a atividade. Isso gerou prejuízos financeiros para comerciantes que já haviam preparado os estoques para receber  os visitantes.

Como o prometido apoio foi negado de última hora, a Amorviju também está tendo que se virar para pagar as bandas que vão animar a Juerana até domingo. A venda de camisas a R$ 20,00 (dá direito a cinco cervejas) é uma das formas que a turma arranjou para conseguir o dinheiro.

Até mesmo  limpeza das ruas e praça da vila, pintura de pontos de ônibus e postes e produção de faixas para divulgação estão sendo custeadas pela associação de moradores.

Segundo a Amorviju, nessa parceria eles estão entrando com tudo e a Prefeitura somente com a pose na foto.

Back To Top