skip to Main Content
16 de maio de 2021 | 12:39 am

UBATÃ: “TINHO” SERÁ O PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO DO GRUPO DE SIMÉIA E EXPEDITO

“Tinho” é escolhido o pré-candidato do grupo da prefeita Siméia e de Expedito Rigaud
Tempo de leitura: < 1 minuto

Vinicius do Vale (“Tinho”) foi escolhido o nome do grupo da prefeita Siméia e de Expedito Rigaud na sucessão municipal de 2020. O anúncio foi feito nesta manhã por Expedito Rigaud, que é pai de Siméia e secretário de Administração e Finanças, informa o site Ubatã Notícias. Expedito ainda anunciou o nome do pré-candidato a vice-prefeito na chapa. Será Paulo Silva.

“São duas grandes pessoas, grandes homens, pessoas honestas, trabalhadoras, sérias e gostam de gente, cheiram a povo. Só um poderia ser escolhido para ocupar a cabeça da chapa, mas Paulo e Tinho continuam muito valorizados e contarão com o nosso apoio, o apoio da prefeita Siméia, dos nossos pré-candidatos a vereador”, afirmou Expedito Rigaud. Ainda na entrevista, o secretário anunciou o apoio ao grupo do ex-jogador Gilmar, que tem passagens, dentre outros clubes, por Vitória, Santos e Náutico.

UBATÃ: TRE MANTÉM DIPLOMA E MANDATO DE SIMEIA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Simeia manteve diploma e mandato.

Simeia manteve diploma e mandato.

A ex-candidata a prefeita de Ubatã Rosana Magalhães (PTB) foi novamente derrotada na Justiça Eleitoral. Desta vez, o Tribunal Regional  Eleitoral (TRE) julgou improcedente recurso de Rosana contra a diplomação da primeira colocada no pleito de 2012, Simeia Rigaud (PSB).

Rosana alegou que a substituição de Expedito Rigaud por Simeia dias antes da eleição foi ato “fraudulento” e com a finalidade de “ludibriar o eleitor”. A maioria dos juízes do TRE assim não entendeu.

Com esta decisão, a Justiça impõe a sétima derrota consecutiva a Rosana, segundo o advogado Marcos Alpoim, que trabalha na defesa de Simeia, junto com Frederico Matos. Nas outras, a ex-candidata foi condenada a pagar multa por litigância de má-fé.

PAU BRASIL

A decisão do TRE foi tomada na quarta (30), dia em que também foi julgada ação de impugnação contra o ex-prefeito Prado, de Pau Brasil. Frederico Matos acredita que, com esta decisão, Prado tornou-se elegível para o pleito de 2016. Ele e Alpoim trabalharam juntos também nesta ação.

Back To Top