skip to Main Content
5 de julho de 2020 | 01:19 pm

BOTE FÉ EM ITACARÉ!

Tempo de leitura: 2 minutos

Manuela Berbert || manuelaberbert@yahoo.com.br

 

 

 

E a cada post nas redes, não somente sobre a festa em si, mas sobre a “virada de chave” na terrinha, o mote da campanha que já ganhou o país: Bote Fé em Itacaré!

 

Se alguém me contasse, há dez anos, que a catraca do mundo iria girar e transformar Itacaré em uma cidade turística tão movimentada e pujante, confesso que, particularmente, duvidaria. Aquele lugarzinho (sempre bonito por natureza, claro!) que abrigava uma turma um tanto alternativa e apreciadora do surf e esportes radiciais se transformou em um dos roteiros mais procurados do mundo. E não decepciona!

Do natural ao modernoso no atendimento e serviços. Do simples ao luxuoso, sem perder a ternura. Dos pés na areia à calçada da famosa Pituba. Itacaré é hoje cenário de um vai e vem dos mais animados, com pessoas de todas as idades e classes sociais, roteiros para todos os gostos e uma noite aconchegante acontecendo de segunda a segunda.

Pôr-do-sol na Ponta do Xaréu é um dos mais bonitos do litoral baiano || Foto Andrade

Para deleite, um dos maiores réveillons do país acontece, nesta virada de 2019/2020, na cidade turística próximo de Ilhéus. Ivete Sangalo, Jorge e Matheus, Durval, Alok e mais uma seleção imensa de DJs conhecidos mundialmente farão a festa por lá, em cinco dias pensados e realizados por Victor Oliva e equipes, time de produtores de eventos dos melhores do país.

Na dúvida, há um boato de que eles estão orientando a logística completa também do município para a recepção de um público tão grande e conhecedor de um turismo, digamos, mais luxuoso. E a cada post nas redes, não somente sobre a festa em si, mas sobre a “virada de chave” na terrinha, o mote da campanha que já ganhou o país: Bote Fé em Itacaré! Aqui para nós, tem que ir lá para acreditar no que está acontecendo, tão pertinho (e, ao mesmo tempo, tão distante da nossa realidade)!

Manuela Berbert é publicitária.

CARIOCA VENCE ETAPA DE ITACARÉ DO NEUTROX DE SURF FEMININO

Tempo de leitura: 4 minutos

Júlia comemora título na etapa de Itacaré || Foto Fabriciano Júnior/Abrasp

Uma das grandes promessas da nova geração do surf brasileiro feminino, a carioca Júlia Duarte foi a grande vencedora do Neutrox Weekend, neste domingo (9), na Praia da Tiririca, em Itacaré, na Bahia. Julinha, de apenas 16 anos de idade e uma das caçulas no evento, superou outros três jovens talentos, para comemorar a sua primeira vitória na categoria profissional, em disputa válida pelo título brasileiro. Já no Stand Up Paddle (SUP) Wave, a paulista Nicole Pacelli, duas vezes campeã mundial na modalidade, confirmou o favoritismo.

Em seu terceiro ano seguido, o segundo na paradisíaca praia baiana, o evento exclusivo para o público feminino foi oficializado pela Associação Brasileira de Surf Profissional (Abrasp) e contou com diversas outras ações fora do mar, envolvendo o público presente. Outra grande atração foi a presença da cearense Silvana Lima, que representa o Brasil na elite mundial e prestigiou as disputas como incentivo para o fortalecimento do surf feminino.

Na final profissional, Julia, que atualmente mora em São Sebastião (SP), teve uma disputa acirrada com Karol Ribeiro, de Cabo Frio/RJ, representante do Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. As duas terminaram com a mesma pontuação, mas a carioca levou a melhor por ter a maior nota, nas duas ondas que são somadas. Pelo primeiro lugar, ela faturou R$ 4 mil dos R$ 15 mil de premiação, além de kit da Neutrox e da Hang Loose, copatrocinadora do evento, e mil pontos no ranking nacional.

Leia Mais

DISPUTAS DO NEUTROX DE SURF COMEÇAM NESTE SÁBADO, EM ITACARÉ

Tempo de leitura: 2 minutos

Neutrox de Surf começou hoje, em Itacaré, e disputas ficam para o sábado

A paradisíaca Itacaré, no litoral sul da Bahia, está sendo palco do Neutrox Weekend, campeonato exclusivo para mulheres, que valerá pelo ranking brasileiro de surf profissional. O evento teve início nesta sexta-feira (7), na Praia da Tiririca, mas as disputas estão previstas para o sábado, reunindo atletas de seis estados e com transmissão ao vivo pela internet, no site www.surfcore.com.br.

O primeiro dia contou com várias ações na areia, como aulas gratuitas de yoga, muay thai, zumba e também uma palestra “Como usar as mídias sociais em seu negócio”. Apesar de não contar com disputas oficiais, as competidoras foram para um surf treino, para se adaptarem às poderosas ondas baianas. A cearense Silvana Lima, convidada da Neutrox, pretende acompanhar de perto toda a programação. Além do surf, o evento contará com disputas de Stand Up Paddle (SUP) Wave, com a presença da campeã mundial Nicole Pacelli.

Na disputa pelo título da Associação Brasileira de Surf Profissional (Abrasp), um dos nomes principais é da experiente Taís de Almeida, três vezes vice-campeã nacional e que chega motivada por gostar muito das ondas de Itacaré. “Amo surfar na Tiririca, sempre fiz bons resultados aqui”, adianta a atleta de Saquarema (RJ), que ano passado fez final nesse mesmo evento e vem do segundo lugar na etapa inicial do Circuito Brasileiro Feminino, realizada em Ubatuba (SP).

Leia Mais

ITACARÉ RECEBE O NEUTROX DE SURF E DE STAND UP PADDLE; PREMIAÇÃO CHEGA A R$ 18 MIL

Tempo de leitura: 2 minutos

Neutrox de Surf e Stand Up Paddle levará campeãs nacionais a Itacaré || Foto Divulgação

Após o sucesso das duas edições de 2018 do Neutrox Weekend, Itacaré voltará a receber uma nova edição do Neutrox de Surf e de Stand Up Paddle no próximo final de semana, de 7 a 9 de junho, na Praia da Tiririca. O evento contará com campeonatos de surf nas categorias profissional, desafio de stand up e diversas atividades abertas ao público.

A programação do Neutrox Weekend terá etapa do Brasileiro de Surf Feminino, na categoria profissional, válido pelo Ranking da Abrasp, com premiação total de R$15 mil; Desafio de SUP Wave, com premiação total de R$3 mil; aulas gratuitas de Yoga, Muay Thai, Zumba e vôlei, além de ativações com projetos sociais e ambientais como o Recicla Itacaré. A Neutrox também apresentará em primeira mão sua nova linha Xtreme, focada em reconstrução capilar, oferecendo uma experiência completa de hidratação para as pessoas que participarem das atividades.

No sábado (8), na Ponta do Xaréu, o evento contará com uma programação especial, com direito ao pôr-do-sol mais famoso da cidade. Além disso, a marca promoverá a neutralização do carbono emitido durante a produção e execução do evento.

As competições trazem a Itacaré time de atletas patrocinado pela marca. Segundo a assessoria de Comunicação de Itacaré, já estão confirmadas Camila Vieira, Débora Luz, Sarah Oliveira, TaynaHanada, Fernanda Queiroz e Mayara Cardoso, as skatistas, Dora Varella e Gabriela Mazetto, além da surfista profissional de stand up Nicole Pacelli. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Itacaré, Associação de Surf de Itacaré e Federação Baiana de Surf.

ITACARÉ: COMEÇA MONTAGEM DE ESTRUTURA PARA O MUNDIAL DE SURF QS1.000

Tempo de leitura: < 1 minuto

Estrutura de etapa mundial de surf em Itacaré começa a ser montada || Foto Divulgação

Itacaré já começa a viver o clima do Mundial QS1.000 de Surf Masculino e Feminino, que será realizado no período de 18 a 21 de outubro na Praia da Tiririca. A montagem da estrutura do evento começou e surfistas de vários países já começam a chegar à cidade. As inscrições ainda estão abertas, mas dezenas de atletas já confirmaram participação.
Paralelamente ao evento, será realizado o Itacaré Surf Music, nos dias 19 e 20, com grandes atrações nacionais, a exemplo de Maneva, Ponto de Equilíbrio, Adão Negro., Bruta Raça, Dost e o DJ XFour.
De acordo com o coordenador do evento, Cléber Miranda, a expectativa é de que a ocupação hoteleira chegue a 100% no período do mundial, movimentando a economia da cidade.
Realizado pela World Surf League (WSL), com o apoio da Prefeitura de Itacaré, South to South, Governo da Bahia, Federação Baiana de Surf e Associação de Surf de Itacaré, a etapa do mundial de surf vai colocar mais uma vez o município como uma referência internacional do esporte.

ITACAREENSE É ELEITO PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO BAIANA DE SURF

Tempo de leitura: 2 minutos

Surfistas baianos elegem nova diretoria da Federação

Ex-presidente da Associação de Surf de Itacaré, o itacareense Marcelo Barros foi eleito presidente da Federação Baiana de Surf, nesse domingo (10). A eleição ocorreu na Câmara de Vereadores de Itacaré em chapa única com a participação de várias entidades de surf da Bahia e dos representantes dos atletas amadores e profissionais. A eleição teve a participação de atletas de Belmonte, Canavieiras, Ilhéus, Itacaré, Valença, Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari e diversos outros municípios baianos.
Além de Marcelo Barros, foram eleitos também para a nova diretoria o vice-presidente, Ricardo Luz; diretor financeiro, José Reis; diretoria executiva, Carla Circenis; diretor técnico, Bruno Galini; conselho fiscal, Brenda Carolina; além de Gilmar Bittencourt e Eliana Silva. Com a eleição na Federação, Daniel Lima assumiu a presidência da Associação de Surf de Itacaré, entidade da qual era vice.
Marcelo Barros falou que o desafio é grande e a participação e colaboração de todos serão imprescindíveis para alcançar o objetivo. “Estamos de braços abertos para quem quer o bem do surf e trazer as contribuições e sugestões para o novo tempo”, declarou o novo presidente.
O ex-presidente da Federação, Carlos Alberto Abdala, declarou que nesse período em que esteve na cidade percebeu que o surf significa muito mais que um esporte em Itacaré, mas é também uma ferramenta de desenvolvimento econômico e social. Ele desejou sucesso à nova diretoria e se colocar à disposição para ajudar cada vez mais no desenvolvimento do surf na Bahia.

CAMPEÃO MUNDIAL DE SURF PODE SER DEFINIDO EM ETAPA DE ITACARÉ

Tempo de leitura: 2 minutos
Etapa do Mundial de Surf em Itacaré pode definir campeão de 2017

Etapa do Mundial de Surf em Itacaré pode definir campeão de 2017 || Foto Divulgação

A praia da Tiririca, em Itacaré, vai receber alguns dos melhores surfistas do mundo, nesta semana, em busca dos 1.500 pontos no ranking de acesso do Qualifying Series, de 26 a 29 de outubro. Como a cidade vai sediar a penúltima etapa do acesso do mundial de surf 2017, há a possibilidade de que o grande campeão do QS Masculino seja definido nas ondas de Itacaré.

Entre os cabeças de chave do Itacaré Surf & Sound Festival, estão o catarinense Alejo Muniz e o paulista Alex Ribeiro, ambos ex-integrantes da elite no ano passado e que buscam a volta ao Tour. Entre os baianos, Bino Lopes e Marco Fernandez garantiram presença, assim como o local Yagê Araújo, que vive uma grande fase nas competições e vai competir com a torcida a seu favor.

No time baiano ainda teremos Franklin Serpa, Bruno Galini, Artur Cerqueira, Italo Rosa, Erick Moraes e Elson Vieira. Além de Yagê, os locais serão representados por Alandreson Martins, Iago Silva, Félix Martins, Igor Farias, Davi Silva, Junior Santos e o baiano radicado na França, Olivier Cassaigne.

O Mundial de Surf em Itacaré contará ainda com a presença de nomes como Raoni Monteiro, Heitor Alves, Thiago Camarão, Victor Bernardo, Hizunome Bettero, Jihad Khodr, Krystian Kymerson, Weslley Dantas, Jean da Silva, Victor Mendes, Robson Santos, Gabriel Farias, Alan Donato e outros. Entre os estrangeiros, destaque para o japonês Kaito Ohashi, o chileno Guilhermo Satt e o peruano Juninho Urcia.

A estrutura para a realização do mundial de Surf QS 1.500 masculino e do Itacaré Surf Sound Festival, já está praticamente pronta. Uma grande estrutura de palco está sendo montada para transmitir o evento ao vivo para todo o mundo. Ainda ha espaços para exposições ecológicas, atrações folclóricas, espaços para os atletas, imprensa, premiação, postos de salva-vidas e área para o público. Na Praia do Resende, está sendo montada uma estrutura para a realização dos shows musicais.

FERAS DO SURF MUNDIAL E DA MÚSICA AGITAM ITACARÉ EM OUTUBRO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Lançamento do Mundial e do Surf Sound reuniram parceiros em Itacaré || Divulgação

Lançamento do Mundial e do Surf Sound reuniram parceiros em Itacaré || Divulgação

Após dois anos, Itacaré voltará a receber feras do surf mundial durante o QS1.500 masculino e o Surf Sound Festival, na Praia da Tiririca. A etapa da WSL distribuirá 20 mil dólares em prêmios aos competidores, segundo a organização. O Surf Sound promete levar grandes nomes da música brasileira para a paradisíaca Itacaré, os dois eventos ocorrem de 24 a 29 de outubro.

Os dois eventos foram lançados, neste final de semana, pelo prefeito Antônio de Anízio, pelo diretor geral da World Surf League (WSL), Xandi Fontes, e pelo presidente da Associação de Surf de Itacaré, Marcelo Barros, e o diretor da MVU, Marco Lessa, na Pousada Boa Terra.

O Mundial QS1.500 masculino e o Itacaré Surf Sound Festival conta com o apoio da South to South, Associação de Surf de Itacaré, Governo da Bahia, Instituto Floresta Viva, Pousada Terra Boa, Grou Turismo.

BOMBANDO NAS REDES SOCIAIS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Albano é figura conhecida em Itabuna.  O surfista de Tabocas pintou nas redes sociais em homenagem ao campeão mundial de surf.

Albano é figura conhecida em Itabuna. O surfista de Tabocas pintou nas redes sociais em homenagem ao campeão mundial de surf  2014, o brasileiro Gabriel Medina.

FERAS DO SURF JUNTAS EM PROJETO SOCIAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Projeto Ondas atende jovens no Guarujá (SP) e agora em Ilhéus (Foto Marcelo Bicudo).

O Projeto Ondas, Surf e Cidadania promove neste sábado, a partir das 10h, na cabana Porto Bahia, na praia do Sul, em Ilhéus, o Encontro de Campeões do Surf em prol da cidadania. O evento reunirá feras como o atual campeão mundial de ondas grandes, Danilo Couto, e Wilson Nora.
O Ondas, Surf e Cidadania busca promover a inclusão social de crianças e jovens carentes por meio do esporte. Assessor do projeto, Carlos Santiago diz que a iniciativa do surfista bicampeão brasileiro Jojó de Olivença tem como diretriz a combinação de educação, cultura e capacitação profissional para o público participante.
– São dois projetos paralelos, o Praia Limpa, de consciência ambiental, e o Ondas, de inclusão social de crianças carentes, tendo o surf como ferramenta – explica Carlão.

Back To Top