skip to Main Content
24 de fevereiro de 2020 | 08:26 pm

CINQUENTÃO, "TABU" DEIXA DE CIRCULAR

Tempo de leitura: 2 minutos

A última edição do “Tabu”

Do Cia da Notícia
É o fim do caminho. Assim foi anunciado o fechamento do jornal Tabu, que circulou durante 50 anos de forma ininterrupta. A última edição saiu nesta quarta-feira (25), pegando os leitores de surpresa, pois esperavam festejar no próximo dia 25 de maio, Dia da Cidade de Canavieiras, o quinquagésimo aniversário do jornal, o que acabou não acontecendo.
Ao invés da festa comemorativa, o anúncio de primeira página comunicando o encerramento de uma vitoriosa caminhada de 50 anos. “Tabu sai de cena no momento em que o jornal impresso está se tornando página virada na história da humanidade”, disse o comunicado, informando, ainda, que a última edição, com 32 páginas, 16 delas é integrada por um caderno especial, com notícias e artigos relembrando o último meio século.
Nesse meio século de existência o Tabu teve um único editor, o jornalista Tyrone Perrucho, que em artigo disse que foi uma aventura e tanto! Ele ressaltou que nesse tempo (18 mil dias) foram 917 edições. “Agora, é só a despedida, com direito a algumas recordações das cerca de 13 mil páginas.
É certo que tal acervo constitui uma respeitável e bem diversificada fonte de informações sobre a Canavieiras dos últimos 50 anos”, ressaltou Tyrone.
Ao finalizar o seu artigo, Tyrone Perrucho disse: “Aos 73 anos de idade, já prestes a ser carimbado como produto de validade vencida, e se passado o tempo de se fazer justiça com as próprias mãos, seguirei respondendo às ações judiciais movidas contra o jornal e saboreando os lances mais notáveis, como os mais amargosos, dessa emocionante aventura”, escreveu.
Com o fim de Tabu, o jornalista Tyrone Perrucho já deu conhecimento aos amigos que passa agora, de vez, ao pleno exercício e gozo dos seus direitos de jornalista vadio. “Foi bom enquanto durou!”, finalizou.

Back To Top