skip to Main Content
28 de maio de 2020 | 09:54 am

PRIMEIRA SÉRIE ITABUNENSE, “O SÍNDICO” SERÁ EXIBIDA PELA TVI

Tempo de leitura: 3 minutos

Gravações da Série “O Síndico”, que será exibida pela TVI, de Itabuna

Uma equipe de 30 atores, técnicos e produtores conclui, ainda nos próximos dias, as filmagens da série O Síndico, uma comédia urbana de cinco episódios e que tem como cenário os três edifícios do Torres da Primavera, em Itabuna. A direção é da cineasta Betse de Paula, autora de seis longas e duas séries, grande vencedora em 2013 do festival Cine PE, com 12 prêmios conquistados pela comédia Vendo ou Alugo.

A série é resultado de um trabalho de dois anos, desde a discussão do projeto com José Amâncio Barbosa, Barbosinha, da TVI, onde será exibida e pode servir como primeiro passo do embrião para um núcleo de produção audiovisual no eixo Ilhéus-Itabuna. Considerada a primeira filmada em Itabuna, O Síndico ainda não tem data definida para a sua exibição pela TVI, uma vez que após as filmagens será iniciada a etapa de montagem dos episódios e pós-produção.

O projeto e a produção envolveram um elenco de atores de Itabuna, Salvador, Conquista e Itororó e técnicos de Minas Gerais, Goiás, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul, que atuaram na área de fotografia, áudio e operação dos equipamentos digitais. A produção é da Floresta Filmes.

Barbosinha com parte da equipe envolvida na série itabunense

Betse de Paula explica que o roteiro foi elaborado por ela, em conjunto com Jailton Alves, que teve experiência como síndico de um edifício, além de Luís Sérgio Ramos e Clara Melo. As filmagens, durante todo o mês de junho, foram consideradas pela diretora como uma experiência interessante, em especial pelo clima bipolar de Itabuna, onde chove e faz sol no mesmo dia, gerando problemas até mesmo na continuidade das cenas.
Itabuna

O projeto, afirma, sofreu alguns ajustes, porque Itabuna, embora seja o grande polo da região Sul da Bahia, ainda não tem uma tradição na produção audiovisual. Para Betsi de Paula, o local escolhido para a locação é ótimo e os moradores do condomínio foram muito colaborativos atuando até mesmo como figurantes nas filmagens, “tanto que hoje, já conhecemos todo o mundo e nos integramos à comunidade”.

Leia Mais

MANSÃO NA PONTA DO RAMO, EM ILHÉUS, SERÁ O BUNKER DO REALITY "DE FÉRIAS COM O EX", DA MTV

Tempo de leitura: 2 minutos

Mansão na Ponta do Ramo, em Ilhéus, é o bunker de programa da MTV || Foto José Nazal

Uma mansão em meio a coqueirais e a poucos metros da praia, na zona norte de Ilhéus, foi escolhida pela MTV como principal locação para a terceira temporada do De férias com o ex.
No imóvel, ficarão confinados os 12 participantes desta temporada da edição brasileira do reality show que deve ir ao ar em setembro. Locações em Ilhéus, além de Serra Grande, em Uruçuca, e Itacaré foram escolhidas para este ano.
A mansão escolhida para o reality fica exatamente na Ponta do Ramo, na zona norte, às margens da BA-001, rodovia que liga Ilhéus a paraísos como Itacaré e Camamu. É um dos imóveis mais valiosos do litoral ilheense e pertence a uma alemã.
As imagens áreas feitas por José Nazal, cedidas ao PIMENTA, mostram a beleza arquitetônica e a exuberância da natureza em um dos lugares que concentram a maior biodiversidade do planeta.

Mansão está cravada numa das regiões de biodiversidade do planeta || Foto José Nazal

O REALITY
O De Férias com o Ex – Brasil reunirá 12 solteirões na terceira temporada, ao contrário dos dez das primeiras edições. Segundo a MTV, os solteirões vão passar férias em um paraíso tropical.
Os ex chegam à casa para se vingar ou reatar relacionamento. Para o sul da Bahia, é oportunidade para mostrar as suas belezas naturais. O reality é posto na lista dos politicamente incorretos, voltado aos solteirões.

AOS 30 ANOS, TV CABRÁLIA VOLTA ÀS ORIGENS COM INVESTIMENTO EM JORNALISMO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Tom e Silmara entrevistam Fernando Gomes || Reprodução TV Cabrália

A TV Cabrália decidiu voltar às origens ao ampliar o espaço dedicado à cobertura regional. Neste segundo semestre, a primeira emissora de televisão do interior do Nordeste/Norte brasileiro lançou dois novos telejornais.

Além do Balanço Geral, apresentado por Tom Ribeiro ao meio-dia, a emissora acompanhou as inovações da grade da Rede Record e lançou o Cabrália no Ar, das 8h às 854hmin, de segunda a sexta, e o BA Record, na faixa das 19h, de segunda a sexta.

Outra ousadia da emissora foi ampliar o horário reservado ao quadro A Hora da Venenosa, apresentado pela jornalista Silmara Sousa com Tom Ribeiro, e passou a ser diário, com duração de 30 minutos. O quadro abre espaço não apenas para os famosos no cenário nacional.

Artistas e personalidades regionais participam. A estreia da nova fase d´A Hora da Venenosa foi com o prefeito Fernando Gomes, há duas semanas. As redes sociais bombaram com os comentários e as respostas indiscretas do político (“homem que não gosta de mulher não é feliz na vida”; “cabaré agora é boate”).

Outra entrevista de grande repercussão foi a entrevista com o comediante Juninho Espoliano. “Vamos priorizar muito a questão local”, diz Silmara. Nesta quarta (20), o entrevistado será Luizinho, do Trio da Huanna, às 13h.

INÉDITA NO BRASIL, “GIANTS” SERÁ EXIBIDA PELA TVE

Tempo de leitura: 2 minutos
Giants, série inédita no Brasil, conta a história de três negros e do racismo nos Estados Unidos || Foto Divulgação

Giants, série inédita no Brasil, conta a história de três negros e do racismo nos Estados Unidos || Foto Divulgação

A TVE Bahia exibe, com exclusividade, a partir da próxima segunda-feira (9), a série norte-americana Giants. Inédita na TV brasileira, a trama, escrita e dirigida por James Bland, será lançada nesta quinta (5), às 18h30, na Saladearte Cinema do Museu, no Corredor da Vitória, em Salvador, com um bate papo com os protagonistas, diretamente de Los Angeles. Cada um dos seis episódios, de aproximadamente 20 minutos, será exibido às 21h das segundas-feiras, com reapresentação às 22h das quartas.

Giants foi produzida e idealizada pela atriz e roteirista, Issa Rae, e acompanha a rotina de três amigos negros que estão determinados a tomar as rédeas de suas vidas a qualquer custo. Os jovens aprendem rapidamente que, quando a vida começa a bater, só há duas opções – se entregar ou revidar.

Com uma narrativa que não está presente na mídia convencional, Giants aposta em temas caros à comunidade negra e levanta questões importantes como a evidente brutalidade e o abuso policial por causa do racismo, além de temáticas que nem sempre são abordadas de forma vinculada à raça, como transtornos psíquicos e homofobia.

Para o tradutor Bruno Almeida, um dos responsáveis pela parceria que traz a série para o Brasil, a realidade do negro norte-americano se aproxima bastante da realidade do negro brasileiro.

– Mesmo com toda a distância geográfica, os dramas sociais se assemelham muito e, infelizmente, ainda há uma carência de conteúdo afro-orientado na TV Brasileira. Conversando com David Wilson, criador do primeiro e mais importante portal com conteúdo voltado para afro-americanos, o The Grio.com, percebemos a necessidade de trazer conteúdo de entretenimento negro para Salvador, sobretudo na TV – disse.

SÓ ROLA A GLOBO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Forte ventania derrubou torre há mais de dois meses (Foto Marcelo JG Drone/Arquivo).

Forte ventania derrubou torre há mais de dois meses (Foto Marcelo JG Drone/Arquivo).

Grande parte da população de Ilhéus está tendo acesso apenas à programação da Rede Globo desde 16 de novembro passado, quando uma forte chuva derrubou a torre de transmissão de sinal do SBT, Record, Record News e TVE, no Alto da Conquista. Só quem tem TV por assinatura ou parabólica consegue assistir às outras programações.

Como diria Silmara Sousa, do Balanço Geral, da TV Cabrália, a população está na bronca.

Atualizado às 12h23min.

SALVADOR É CAPITAL QUE MAIS VÊ TV NO PAÍS

Tempo de leitura: < 1 minuto

(1) TelevisaoPesquisa de audiência feita pelo Ibope e publicada pelo jornal A Tarde revela que Salvador é a cidade que mais vê TV no Brasil. A conclusão leva em conta apenas as 14 regiões metropolitanas pesquisas.

A média das cidades pesquisas é 42,8% dos aparelhos ligados. Salvador lidera. São 47,1% das TVs ligadas.

Dentre os canais abertos, a Globo registrou média de 22,2 pontos de audiência. A Recordo é a segunda colocada, com 8,2%. O SBT aparece com 7,9% na capital baiana. A audiência dos canais pagos somou 11,2%. Confira a íntegra.

ANÕES DO ORÇAMENTO, LULA E RICARDO KOTSCHO

Tempo de leitura: 2 minutos

marivalguedesMarival Guedes | marivalguedes@gmail.com

Ao ser ouvido na CPI, disse que sua riqueza foi fruto de ter ganhado 200 vezes na loteria. Questionado sobre o exagero de tantos acertos, respondeu: Deus me ajudou.

A CPI do escândalo dos Anões do Orçamento foi instalada em 93, mas o esquema começou em plena ditadura militar, em 1972. Não havia denúncias naquele período por causa da censura ou por conveniência dos veículos de comunicação.

A transação era feita por um grupo de parlamentares que fraudava o Orçamento da União beneficiando políticos e empreiteiras. O termo anão não se referia à estatura física. Relacionava-se a pouca expressividade dos envolvidos, membros do chamado “baixo clero”.

Foi mais um escândalo de corrupção nestes 500 anos. Mas, neste caso, uma diferença entrou para o anedotário político quando o articulador do esquema, deputado João Alves, justificou como conseguiu ficar milionário.

Ao ser ouvido na CPI, disse que sua riqueza foi fruto de ter ganhado repetidamente na loteria, 200 vezes. Questionado sobre o exagero de tantos acertos, respondeu: Deus me ajudou.

Neste mesmo ano, 93, eu era editor do programa Cabrália Bom Dia, na TV Cabrália, em Itabuna, e marcamos uma entrevista com Lula, que acabara de perder para Collor. Participaram o jornalista Luiz Conceição e Gecie Campos.

Acompanhava Lula, o assessor de comunicação Ricardo Kotscho. Não tínhamos muita intimidade, mas éramos companheiros de congressos de jornalistas. Num intervalo, ele sugere uma pergunta sobre os anões. Lula interrompe:

– Ele não pode perguntar não, Ricardo, porque o patrão dele também está envolvido.

Marival Guedes é jornalista e escreve no Pimenta às sextas.

AOS 77 ANOS, MORRE ATOR HUGO CARVANA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Carvana foi um dos grandes nomes do cinema brasileiro (Foto Fabrício Mota /Globo)

Carvana foi um dos grandes nomes do cinema brasileiro (Foto Fabrício Mota /Globo)

O cineasta e ator Hugo Carvana morreu neste sábado (4) aos 77 anos no Rio. De acordo com o hospital em que Carvana estava internado desde o último domingo (28), em Botafogo, na Zona Sul, ele teve complicações causadas por um câncer no pulmão. Ainda não há informações sobre o velório e o enterro.
Ao longo da carreira, iniciada em 1955, Hugo Carvana ficou marcado por retratar o típico “malandro carioca” em suas comédias de costumes. Foi ator de mais de 50 filmes. Dentre as produções que dirigiu, estão “Vai trabalhar, vagabundo” (1973), “Se segura, malandro” (1977), “Bar Esperança, o último que fecha” (1982), “O homem nu” (1996), “Casa da mãe Joana” (2007) e “Não se preocupe, nada vai dar certo” (2009).
“Ele não era somente um ator extraordinário, mas diretor, um intelectual que pensava o Brasil. É uma coincidência triste: Carvana era como José Wilker, um autor, pensava as coisas do Brasil, do cinema, tinha interesse grande pelo estado do mundo”, disse o cineasta e grande amigo Cacá Diegues, lembrando a morte do também ator e diretor José Wilker, em 5 de abril passado. Leia mais no G1

ITABUNENSE ESTRELA COMERCIAL DA COCA-COLA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Gabriel é protagonista do comercial (Reprodução).

Gabriel é protagonista do comercial da Coca (Reprodução).

O ator itabunense Gabriel Querino é a estrela de um comercial da Coca-Cola rodado em emissoras de televisão e nas redes sociais e internet, na última quinta-feira.
A publicitária e articulista Manuela Berbert comemorou o sucesso do seu ex-aluno: – Gabriel começou no Galileu, nas peças de teatro de Tia Rita Veloso.

O comercial foi ao ar no dia de abertura da Copa do Mundo. Gabriel aparece com as cores do Brasil, cercado de brasileiros e croatas, que dividem a “pretinha”. Confira.

AOS 66 ANOS, MORRE ATOR JOSÉ WILKER

Tempo de leitura: < 1 minuto

A_Cabra_ou_Quem_Silvia_Com_Jos_WilkerMorreu hoje (5) pela manhã, em casa, no Rio de Janeiro, o ator José Wilker, de 66 anos. Ainda não há informações sobre a causa da morte, mas suspeita-se de um infarto fulminante. O artista deixa três filhas, Isabel, Mariana e Madá Wilker.
Cearense do município de Juazeiro do Norte, Wilker começou a carreira como locutor de rádio e atuou em dezenas de novelas, como Roque Santeiro, Anos Rebeldes, Fera FeridaO Bem Amado e Amor à Vida, seu último em novelas. Também atuou em mais de 40 filmes, como Dona Flor e Seus Dois MaridosXica da Silva e O Homem da Capa Preta.
O artista também se destacou em minisséries, como a JK e Gabriela. José Wilker trabalhou também como diretor, narrador, apresentador e crítico de cinema. Informações da Agência Brasil.

Back To Top