skip to Main Content
26 de fevereiro de 2020 | 05:00 pm

DOIS ACIDENTES COM O MESMO VEÍCULO NA ILHÉUS – ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Caminhão que transportava o Fiat Uno bateu violentamente em carreta

Caminhão que transportava o Fiat Uno bateu violentamente em carreta

Um único veículo se envolveu em dois acidentes na manhã de hoje (29), na rodovia Ilhéus – Itabuna. Por volta das 9 horas, o Fiat Uno de placa OKO 0838, de Itabuna, atropelou e matou a menina Adriele Mendes Queiroz, de 10 anos. A menina, que morava no assentamento Frei Vantuy, foi atingida quando atravessava a pista para esperar o transporte escolar.

Em protesto contra o acidente, populares interditaram a rodovia por cerca de duas horas. Moradores já haviam se reunido com representante do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para pedir a construção de quebra-molas no local, mas não foram atendidos.

A motorista do veículo, que não teve sua identidade divulgada, foi levada pela polícia para prestar depoimento na sede da 7ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), em Ilhéus.

O mais surpreendente é que o mesmo carro que tirou a vida da criança acabou se envolvendo em outro acidente, poucos quilômetros após o assentamento, quando era levado para perícia. O caminhão-guincho que transportava o veículo bateu em uma carreta que vinha no sentido contrário. Não há informações sobre o estado de saúde dos envolvidos nesta colisão.

TIMIDEZ NA PEDALADA PELADA BAIANA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Bom comportamento na Pedalada Pelada de Salvador (foto divulgada nas redes sociais)

Bom comportamento na Pedalada Pelada de Salvador (foto divulgada nas redes sociais)

Em junho de 2004, ciclistas de várias partes do mundo saíram às ruas para chamar a atenção sobre os danos causados pelo uso de veículos movidos a combustíveis fósseis, além de pedir mais respeito e civilidade no trânsito. Para não passar despercebidos, eles pedalaram sem roupa, daí o nome do movimento: “pedalada pelada”.

Ontem, após quase 12 anos de seu lançamento mundial, a Pedalada Pelada teve sua versão na capital baiana, mas, quem diria, de uma maneira um tanto tímida. Enquanto na Austrália, Estados Unidos e até na Rússia os ciclistas vão às ruas com tudo de fora, na quente, animada e supostamente desinibida Salvador a maioria optou por um nudes parcial.

Não se sabe se foi medo de chocar a sociedade ou ser enquadrado no crime de ato obsceno, o fato é que poucos participantes radicalizaram e a manifestação “pecou” pelo bom comportamento… Logo na Bahia!

Pode-se dizer que todo mundo fica tímido da primeira vez, mas de qualquer maneira o recado foi dado.

UM VELHO PROBLEMA NO TRÂNSITO DE ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto

cavalo cinquentenárioApesar de ser uma das maiores cidades da Bahia, Itabuna continua a exibir cenas típicas de uma vila atrasada, a exemplo da frequente presença de animais em suas ruas e avenidas. Eles atrapalham o trânsito e já provocaram diversos acidentes, inclusive com morte, mas a Prefeitura segue sem adotar uma medida efetiva para resolver o problema.

A Secretaria de Trânsito e o Centro de Controle de Zoonoses precisam tomar providências, recolhendo a bicharada e multando quem deixa os animais zanzando à toa, conforme prevê a legislação.

A cena acima foi registrada por volta das 7h30 da manhã desta sexta-feira (4), na Avenida Cinquentenário, pelo leitor Eliés Haun Neto.

UMA ZONA SEM TOLERÂNCIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Motoristas de Itabuna continuam sendo vítimas de um abuso da empresa Dom Parking, que gerencia o sistema de estacionamento rotativo. Como já foi noticiado pelo PIMENTA, quando o dono do veículo utiliza o aplicativo “Minha Vaga” e tem crédito adquirido no sistema eletrônico, os agentes da DP lançam a cobrança sem respeitar os dez minutos de tolerância.

A situação acaba desestimulando o uso do aplicativo, que poderia facilitar a vida dos motoristas e da própria empresa, mas acaba onerando indevidamente quem dá aquela paradinha rápida. Basta ter crédito e haver um agente ligeiro no local, que a tarifa será aplicada, mesmo dentro da tolerância.

Sugere-se que a Dom Parking modifique o aplicativo e oriente seus agentes a respeitar os dez minutos de franquia. Afinal, o objetivo da Zona Azul é permitir a rotatividade nas vagas de estacionamento, e não proporcionar ganhos indevidos para quem opera o serviço.

ZONA MAIS CARA A PARTIR DE HOJE

Tempo de leitura: < 1 minuto

(Reprodução)
Conforme o Pimenta já tinha divulgado, o estacionamento rotativo fica mais caro em Itabuna para carros de passeio. O aumento de 33% elevou a tarifa de R$ 1,50 para R$ 2,00 por hora, valendo a partir de hoje (15). Para motocicletas, o valor continua a ser de R$ 1,00, e também não houve alteração da tarifa para caçamba-entulho, que é de R$ 14,00 a diária.

A majoração foi autorizada pela Prefeitura, por meio do decreto número 11.500/16. Proprietários de veículos reclamam da falta de discussão e transparência na determinação do reajuste, que por sinal é aproximadamente três vezes superior à inflação dos últimos 12 meses.

Por meio de um panfleto, a empresa Dom Parking, que administra o sistema, adverte os motoristas para o risco de sofrer multas e ganhar pontos na carteira de habilitação, caso deixem de pagar a Zona Azul e não regularizem a situação em até 48 horas.

A empresa também aconselha os donos de veículos a baixar um aplicativo no smartphone ou computador e utilizar o débito automático da tarifa. Motoristas que já fizeram essa opção se queixam, no entanto, de que os agentes da Dom Parking não respeitam os dez minutos de tolerância quando identificam a existência de crédito no sistema.

BALANÇO DA PRF MOSTRA REDUÇÃO DE ACIDENTES EM 48%

Tempo de leitura: < 1 minuto

prfDurante a Operação Carnaval 2016, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou, entre os dias 5 e 9 de fevereiro, 1.429 acidentes, 150 acidentes graves, 1.415 feridos e 94 mortos. A operação foi finalizada à 0h desta quarta-feira, 10. De acordo com a PRF, os números da Operação Carnaval deste ano ainda não foram finalizados e podem ser ampliados até o fim do dia.

Os dados preliminares apontam redução de 48% do número de acidentes nas rodovias federais durante a operação. Em 2015, (de 13 a 17 de fevereiro) foram 2.306 acidentes, 344 acidentes graves, 2.306 feridos e 97 mortos.

No período carnavalesco, policiais rodoviários trabalharam em pontos estratégicos, patrulhando vias e retirando infratores de circulação. Apesar do esforço de fiscalização e dos trabalhos de sensibilização em relação à bebida ao volante, 1.249 condutores foram flagrados dirigindo embriagados; 153 foram presos.

Somente nesses cinco dias, 69.448 veículos foram flagrados com excesso de velocidade. A ultrapassagem proibida também foi alvo de fiscalização. Mais de 6 mil condutores foram multados. (Da Agência Brasil)

FLUXO DE VEÍCULOS AUMENTA 40% EM RODOVIAS DO SUL DA BAHIA, DIZ PRF

Tempo de leitura: 2 minutos
Mais de 60 mil veículos deverão trafegar pela Ilhéus-Itabuna (Foto Pimenta).

Mais de 60 mil veículos deverão trafegar pela Ilhéus-Itabuna (Foto Pimenta).

Inspetor Marcus Vinicius, da PRF

Inspetor Marcus Vinicius (Foto Diário Bahia).

O fluxo de veículos aumentou 40% desde a terça (29) no trecho sul-baiano da BR-101, segundo o inspetor Marcus Vinícius Rodrigues, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Itabuna. A expectativa é de que circulem em torno de 12 mil carros pela Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), diariamente, até a próxima segunda (4).

Para inibir motoristas imprudentes, a Polícia Rodoviária Federal usará radares móveis e intensificará os testes de bafômetro. “Teremos duas equipes na Ilhéus-Itabuna, uma na BR-101 em Itabuna, outra no trecho de Gandu e outra em Camacan”, disse o inspetor ao Pimenta. “As operações ocorrerão todos os dias”, alertou.

Conforme o inspetor, o maior fluxo de veículos deverá ocorrer entre hoje e amanhã (31 e 1º) e no domingo (3), além da segunda (4) pela manhã, quando será encerrada a Operação Final de Ano.

O inspetor Marcus Vinícius disse haver percepção de grande redução no número de acidentes em todo o estado. “Até agora, nosso resultado está excelente desde o início da Operação Final de Ano. A Bahia toda está conseguindo reduzir o número de acidentes”.

TRECHOS MAIS PERIGOSOS

Um dos fatores para a redução do número de acidentes na BR-101, por exemplo, é sinalização especial em cinco das curvas mais perigosas no trecho sul-baiano, com cones grandes e presença de viaturas da PRF, a exemplo da Curva do Casemiro.

O inspetor chama a atenção de motoristas para trechos como a Curva do Padre, trecho de Ubaitaba da BR-101, principalmente no sentido Ubaitaba-Itabuna. Outro ponto é o o trecho da rodovia entre Uruçuca e Itajuípe. O asfalto rebaixou e o fundo de veículos mais baixos bate no asfalto, o que pode provocar acidentes. A PRF já solicitou, ao Dnit, reparos e sinalização, incluindo lombadas eletrônicas, nestes trechos.

TRÂNSITO MUDA NA AVENIDA ILHÉUS

Tempo de leitura: < 1 minuto
Cruzamento em frente à Igreja São Judas foi fechado (Fotos Gabriel Oliveira).

Cruzamento em frente à Igreja São Judas foi fechado (Fotos Gabriel Oliveira).

O motorista deve estar atento às mudanças no tráfego de veículos na região central de Itabuna. O cruzamento da Travessa Ilhéus com a Avenida Ilhéus, em frente à Igreja São Judas Tadeu, foi fechado.

Quem pretende seguir para o centro da cidade, deverá fazer contorno na rótula de acesso ao Bairro São Roque. O cruzamento era um dos mais perigosos da região central.

As mudanças integram o Programa de Mobilidade Urbana e vem sendo executadas desde 2013. Pelo cronograma, a próxima avenida a sofrer intervenção será a Amélia Amado, no trecho entre o Posto Teuna e a Estação Rodoviária.

Sinalização no cruzamento da Travessa Ilhéus com a Avenida Ilhéus, em frente à São Judas (Foto Gabriel Oliveira).

Sinalização no cruzamento da Travessa Ilhéus com a Avenida Ilhéus, em frente à São Judas (Foto Gabriel Oliveira).

FALTA DE EQUIPAMENTOS PROVOCA UMA MORTE DE CRIANÇA A CADA 2 DIAS NAS ESTRADAS

Tempo de leitura: 2 minutos
Tipos de equipamentos de segurança para bebês e crianças.

Tipos de equipamentos de segurança para bebês e crianças.

No primeiro semestre deste ano, uma criança morreu a cada dois dias nas rodovias federais de todo o país. Os dados são da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que atribui parte das mortes à falta de equipamentos de segurança, como bebê conforto, cadeirinha, assento de elevação e o cinto de segurança.

De acordo com o policial rodoviário Diego Brandão, é comum flagrar motoristas trafegando com crianças sem os equipamentos exigidos por lei. Ao serem flagrados em blitz, alguns condutores acham que não há necessidade do uso de equipamentos de segurança para proteger as crianças, outros alegam que ocupa lugar no carro e ainda há os motoristas que não usam por falta de conhecimento, segundo o policial.

– Esses equipamentos são desenvolvidos com base na massa muscular da criança, da dinâmica de projeção em um acidente. Eles fazem com que a criança não saia da proteção do assento, limitando o deslocamento do corpo, e dão a segurança para que ela não seja arremessada para fora do veículo.

O Código de Trânsito determina que crianças com menos de 10 anos de idade devem ser transportadas nos bancos traseiros. Para o transporte de crianças com até um ano de idade, deve ser usado o bebê conforto. Com mais de um e até quatro anos, deve-se usar a cadeirinha. Já o assento de elevação, deve ser usado por crianças entre quatro anos e sete anos e meio de idade.

A multa prevista pelo não uso de equipamentos de segurança é R$ 191,54, além da perda de sete pontos na carteira e da retenção do veículo até que a irregularidade seja sanada.

Para o vendedor Eduardo Reis, pai de duas crianças, de dois e seis anos, o espaço que os equipamentos ocupam no carro não é desculpa para andar sem eles. “A segurança dos meus filhos é o mais importante”, diz.

Desde 2010, quando o uso dos equipamentos como a cadeirinha começou a ser fiscalizado, a PRF já autuou quase 60 mil condutores de motos e carros transportando crianças de forma irregular. Só neste ano, o número já passa de 11,6 mil infrações. Em 2014, foram 12.550 autuações. Informações da Agência Brasil.

DESRESPEITAR VAGA EXCLUSIVA SERÁ CONSIDERADA INFRAÇÃO GRAVE

Tempo de leitura: < 1 minuto

deficienteA partir de janeiro de 2016, quem ousar estacionar em uma vaga exclusiva para idosos ou deficientes físicos indevidamente receberá multa de R$127,69. O aumento é de 140% em relação ao atual valor da infração (R$ 53,20).

A infração hoje é leve, mas passará a ser considerada grave, com 5 pontos na carteira. A decisão é do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

As vagas direcionadas aos idosos somam 5% do total de espaços disponíveis para estacionar, enquanto os deficientes físicos têm 2%.

Obrigatoriamente, para utilizar esses espaços, é necessário que o carro tenha uma credencial fornecida pelo departamento de trânsito da cidade. Apenas pessoas com mais de 60 anos, deficientes físicos ou com problemas de locomoção podem obter o direito.

Back To Top