skip to Main Content
27 de novembro de 2020 | 09:15 pm

ITABUNA: ÔNIBUS DA SÃO MIGUEL VOLTAM A CIRCULAR A PARTIR DE SÁBADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ônibus da São Miguel voltam a circular no sábado || Foto Pimenta/Arquivo

Parte da frota de ônibus do transporte público de Itabuna volta a circular no próximo sábado, segundo comunicado feito, há pouco, pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura. Três meses após decisão judicial, a São Miguel aceitou colocar a frota na rua.

Itabuna está sem ônibus há quase oito meses. Em março, as empresas deixaram de rodar devido às restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus. As empresas foram autorizadas a circular a partir de agosto, porém São Miguel e Viação Sorriso da Bahia descumpriram determinação da Prefeitura. Elas alegaram dívida da Prefeitura e cobravam subsídio do município para poder colocar a frota, novamente, na rua.

Ainda na tarde desta quinta (5), a Prefeitura chegou a emitir comunicado informando que uma empresa iria operar, de forma emergencial, o sistema de transporte urbano. O nome da empresa seria anunciado somente após a assinatura do contrato e colocaria 20 ônibus nas ruas, atendendo as linhas de maior demanda. Especula-se que seria a ViaMetro, do Grupo Brasileiro.

FERNANDO CRITICADO

A resistência das empresas e a dificuldade do prefeito Fernando Gomes em fazer as empresas voltar a circular desde agosto foram motivo de críticas ao gestor durante a maior parte da campanha eleitoral. Depois de fortes críticas, o prefeito afirmou que havia determinado uma auditoria no sistema de transporte público e estudava o rompimento do contrato com as empresas Sorriso e São Miguel.

ITABUNA: AZEVEDO RECEBE APOIO DE LÍDERES DE TRÊS SINDICATOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Azevedo recebe apoio de líderes dos rodoviários, policiais civis e da área de transporte de cargas

O candidato a prefeito de Itabuna pelo PL, Capitão Azevedo, recebeu o apoio de líderes dos sindicatos da Polícia Civil (Sindpoc), dos Rodoviários (Sindirod) e dos Trabalhadores e Empregados nas Empresas de Transporte de Cargas (Sindi-Ita Cargas). O prefeiturável recebeu os dirigentes dos três sindicatos no núcleo da coligação.

O presidente do Sindpoc, Eustácio Lopes, observou que Azevedo é oficial da reserva da PM e conhece as necessidades da segurança pública. “É preciso realizar mudanças na área da segurança pública em nossa cidade e temos a certeza que, com o Capitão, teremos uma Itabuna mais segura. Por isto, nosso apoio”, disse Eustácio.

Outro dirigente de Sindicato no município, Arlensen Nascimento, do Sindirod, lembrou as deficiências do transporte público em Itabuna, que pioraram na pandemia da covid-19, e a luta dos rodoviários para a valorização da categoria. Os rodoviários das empresas urbanas do município estão sem trabalhar há mais de sete meses.

Segundo Arlensen, Azevedo, até aqui, foi o único disposto a ouvir as propostas dos trabalhadores para o transporte na cidade. “Acreditamos que o Capitão Azevedo vai trabalhar para melhorar o serviço, com respeito ao trabalhador e aos usuários, coisa que tem faltado em outros governos”, destacou Arlesen. Hilton Silva, do Sindi-Ita Cargas, acredita que o candidato do PL “é o melhor para Itabuna”.

Após ouvir os sindicalistas, Azevedo disse que as três entidades representam segmentos importantes para o município. “Eu sinto que a força de nossa campanha é cada vez maior, e esses apoios vieram agregar e somar”, afirmou, frisando que a união de segmentos na sua campanha lhe darão a vitória em 15 de novembro.

AUGUSTO CRITICA O CAOS NO TRANSPORTE PÚBLICO DE ITABUNA E PROPÕE MUDANÇAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Augusto faz críticas à gestão e propõe mudanças no sistema

Itabuna completou sete meses, nesta quarta (21), sem ônibus nas ruas devido a um impasse entre as empresas Viação Sorriso da Bahia e São Miguel com a Prefeitura. O serviço de transporte está sendo mantido por meio de vans. O impasse e a qualidade do serviço levaram o candidato do PSD, Augusto Castro, a criticar o caos no sistema de transporte público de Itabuna.

“Desde março, a cidade se encontra sem ônibus, embora a atividade comercial tenha retornado. Vamos mudar essa situação. Implantar um novo Sistema Integrado, com novos ônibus, com ar-condicionado, GPS, Wi-Fi e acessibilidade. Construir novo terminal rodoviário, implantar estações de transbordo e adotar um aplicativo de celular que informa ao usuário horário e localização do ônibus”, prometeu Augusto Castro.

DÍVIDAS E SUBSÍDIO

De um lado, a Prefeitura cobra dívida de R$ 800 mil das empresas, enquanto Viação Sorriso e São Miguel cobram pagamento pelos vales transporte fornecidos aos servidores municipais. Querem, ainda, subsídio para voltar a rodar, o que, segundo elas, cobriria despesas operacionais, manutenção da frota e compra de combustível.

Lojistas e comerciantes reclamam que a falta de ônibus tem sido responsável pelo baixo movimento de pessoas na área central da cidade e nos principais bairros, onde a atividade comercial é relevante. Já os rodoviários sofrem com atrasos de 30% nos salários cortados desde março.

Com o fim do auxílio emergencial, concedido pelo governo federal na pandemia e, por último, com o desemprego e falta de perspectivas é de caos a situação da categoria. “Vamos mudar esta situação. Além de promover melhorias no sistema, vamos cobrar qualidade no serviço de ônibus”, assegura o candidato Augusto Castro.

O QUE MARÃO TEM A MOSTRAR SE TIRAR AS OBRAS DO ESTADO?, QUESTIONA JABES

Tempo de leitura: 2 minutos

Jabes fez questionamentos durante live com Jerberson Josué

O secretário-geral do PP baiano, Jabes Ribeiro, disse que a eleição deste ano será a oportunidade de o eleitor ilheense se perguntar o que o prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), faz com os R$ 500 milhões de receitas anuais do Município.

– Tira a ponte, tira o asfalto, tira o Hospital Costa do Cacau, o que é que tem? O que é que esse governo de Ilhéus pode mostrar [se tirar as obras do governo estadual]? – questionou Jabes durante live com o candidato a vereador Jerberson Josué (PT) na noite desta segunda (12).

Jabes, ex-prefeito de Ilhéus por quatro mandatos, diz que essas são as questões a serem enfrentadas na sucessão de 2020 pelo candidato à reeleição em Ilhéus. O secretário-geral do PP da Bahia ainda lembrou que a maioria das obras tocadas pelo estado foi iniciada ainda no seu último governo, a exemplo do hospital, a ponte estaiada e o saneamento básico da zona sul.

– [Marão tem que mostrar] isso aqui é produto dos R$ 500 milhões de arrecadação no ano. Como Marão gastou esse dinheiro da prefeitura? – provoca Jabes, afirmando que eleição em Ilhéus está aberta e cita como principais nomes, além de Marão, Valderico Junior (DEM) e Cacá Colchões (PP).

Para o ex-prefeito e secretário-geral do PP, Marão não teria obras a mostrar que tenham sido tocadas com o dinheiro arrecadado pelo município. E completa: “É saber se Ilhéus quer manter essa opção de quatro anos atrás. Se quiser manter, mantenha. Mas depois não vale chorar o leite derramado”.

AUMENTO DE PASSAGEM

O ex-prefeito disse que a conversa nos bastidores da política é de que “Marão, que ganhe ou perca”, dará aumento de passagem no final do ano. Antes, Jabes criticou o sistema de transporte na atual gestão, que ficou muito caro no Governo Marão. “O transporte ficou mal avaliado, pessimamente avaliado”, disse.

ILHÉUS: CACÁ CRITICA TRANSPORTE PÚBLICO E PROMETE BRT MISTO

Cacá promete BRT misto em Ilhéus, caso seja eleito || Foto Reprodução
Tempo de leitura: < 1 minuto

O candidato a prefeito de Ilhéus pelo PP, Cacá Colchões, prometeu implantar o Transporte Rápido por Ônibus (BRT), caso seja eleito prefeito de Ilhéus. A promessa foi feita em programa eleitoral no rádio.

– Terei coragem, de fato, para mexer nesse vespeiro, a fim de devolver ao ilheense, a dignidade retirada nos últimos quatro anos – disse ele, observando ter ouvido técnicos em transporte público que teriam atestaram que o valor da tarifa, em Ilhéus, deveria ser de aproximadamente R$ 3,50.

O BRT Misto, segundo Nosso Cacá, já é possível em Ilhéus, graças à chegada da nova ponte, entregue pelo governador Rui Costa. O projeto prometido por ele contará com ônibus articulados, dez estações de transbordo, do Ceplus até o Iguape, que farão integração entre linhas auxiliares, com tarifa única.

O projeto de mobilidade também inclui a construção de um viaduto na entrada do bairro Teotônio Vilela, obra bastante aguardada pelos moradores. O postulante pretende construir ainda 32 quilômetros de ciclofaixas e frisou que “será um enorme passo em direção a cidades mais justas, mais inclusivas e mais democráticas”.

BAHIA: NOVO DECRETO SUSPENDE TRANSPORTE INTERMUNICIPAL EM 196 CIDADES

Foto Reprodução
Tempo de leitura: 2 minutos

O transporte intermunicipal será suspenso em Barra do Mendes, Guanambi, Itaetê, Itapé, Riacho de Santana, Varzedo e Xique-Xique a partir deste domingo (24). A decisão tem como objetivo conter o avanço do coronavírus na população baiana.

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

A medida foi publicada na edição deste sábado (23) do Diário Oficial do Estado (DOE), que também autoriza a retomada do transporte em Coração de Maria e Tabocas do Brejo Velho, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de covid-19. Confira a relação de municípios atingidos no “leia mais”.

MUNICÍPIOS ATINGIDOS

No total, a Bahia possui 196 municípios com restrição no transporte. São eles: Abaíra, Água Fria, Aiquara, Alagoinhas, Amargosa, Amélia Rodrigues, Anagé, Anguera, Aporá, Apuarema, Araçás, Aracatu, Araci, Arataca, Aurelino Leal, Banzaê, Barra, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barra do Rocha, Barreiras, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Bom Jesus da Lapa, Boquira, Buerarema, Cachoeira, Caém, Caetanos, Caetité, Cairu, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Canavieiras, Candeias, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Cardeal da Silva, Castro Alves, Catu, Coaraci, Cocos, Conceição da Feira, Conceição do Almeida, Conceição do Coité, Conceição do Jacuípe, Condeúba, Cravolândia, Cristópolis, Cruz das Almas, Dário Meira, Dias D’Ávila, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Euclides da Cunha, Eunápolis, Feira de Santana, Floresta Azul, Gandu, Gongogi, Governador Mangabeira, Guanambi, Iaçu, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ibirataia, Igrapiúna, Ilhéus, Ipecaetá, Ipiaú, Irará, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré, Itaetê, Itagi, Itagibá, Itajuípe, Itamaraju, Itanagra, Itaparica, Itapé, Itapebi, Itapicuru, Itapitanga, Itarantim, Itatim, Itiúba, Itororó, Jacaraci, Jacobina, Jaguarari, Jaguararipe, Jaguaquara, Jequié, Jitaúna, Juazeiro, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedo do Tabocal, Lapão, Lauro de Freitas e Licínio de Almeida.

A suspensão inclui ainda Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Madre de Deus, Mairi, Manoel Vitorino, Maracás, Maragogipe, Maraú, Mata de São João, Medeiros Neto, Mirangaba, Mirante, Monte Santo, Morpará, Morro do Chapéu, Mucugê, Mucuri, Mundo Novo, Muritiba, Mutuípe, Nova Ibiá, Nova Soure, Nova Viçosa, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Paramirim, Paratinga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Piripá, Piritiba, Pojuca, Ponto Novo, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Riachão do Jacuípe, Riacho de Santana, Ribeira do Pombal, Rio Real, Rodelas, Ruy Barbosa, Salvador, Santa Bárbara, Santa Luzia, Santa Maria da Vitória, Santaluz, Santanópolis, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Santo Estevão, São Desidério, São Félix, São Francisco do Conde, São Gonçalo dos Campos, São Sebastião do Passé, Sátiro Dias, Saubara, Saúde, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Simões Filho, Sobradinho, Taperoá, Teixeira de Freitas, Teofilândia, Ubaíra, Ubaitaba, Ubatã, Umburanas, Una, Urandi, Uruçuca, Valença, Valente, Várzea da Roça, Varzedo,Vera Cruz, Vereda, Vitória da Conquista, Wenceslau Guimarães e Xique-Xique.

TRANSPORTE INTERMUNICIPAL É SUSPENSO EM MAIS 6 CIDADES BAIANAS

Mais dois municípios têm transporte intermunicipal suspenso
Tempo de leitura: 2 minutos

O transporte intermunicipal será suspenso em Araci, Bom Jesus da Lapa, Jaguaripe, Lapão, Piripá e Wenceslau Guimarães a partir de sexta-feira (22). A decisão tem como objetivo conter o avanço do coronavírus na população baiana.

Ficam proibidas a circulação, a saída e a chegada, nesses municípios, de qualquer transporte intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

A medida foi publicada na edição desta quinta-feira (21) do Diário Oficial do Estado (DOE), que também autoriza a retomada do transporte em Itapé, Miguel Calmon, Nordestina, Piatã e Tucano, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de covid-19.

LISTA DE MUNICÍPIOS 

No total, a Bahia possui 183 municípios com restrição no transporte. São eles Abaíra, Água Fria, Aiquara, Alagoinhas, Amargosa, Amélia Rodrigues, América Dourada, Anagé, Anguera, Araçás, Aracatu, Araci, Arataca, Aurelino Leal, Banzaê, Barra, Barra do Choça, Barreiras, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Boquira, Buerarema, Cachoeira, Caém, Caetanos, Caetité, Cairu, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Candeias, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Cardeal da Silva, Castro Alves, Catu, Coaraci, Cocos, Conceição da Feira, Conceição do Almeida, Conceição do Coité, Conceição do Jacuípe, Condeúba, Coração de Maria, Cravolândia, Cristópolis, Cruz das Almas, Dário Meira, Dias D’Ávila, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Euclides da Cunha, Eunápolis, Feira de Santana, Floresta Azul, Gandu, Gongogi, Iaçu, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ibirataia, Ilhéus, Ipecaetá, Ipiaú, Irará, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré, Itagi, Itagibá, Itaguaçu da Bahia, Itajuípe, Itamaraju, Itaparica, Itapicuru, Itapitanga, Itarantim, Itatim, Itiúba, Jacobina, Jaguarari, Jaguararipe, Jaguaquara, Jequié, Jitaúna, Juazeiro, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedo do Tabocal, Lapão, Lauro de Freitas e Licínio de Almeida.

A suspensão inclui ainda Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Madre de Deus, Manoel Vitorino, Maracás, Maragogipe, Maraú, Mata de São João, Medeiros Neto, Mirangaba, Monte Santo, Morpará, Morro do Chapéu, Mucugê, Mucuri, Mundo Novo, Muritiba, Mutuípe, Nilo Peçanha, Nova Ibiá, Nova Soure, Nova Viçosa, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Paramirim, Paratinga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Piripá, Piritiba, Pojuca, Ponto Novo, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Riachão do Jacuípe, Ribeira do Pombal, Rio Real, Rodelas, Ruy Barbosa, Salvador, Santa Bárbara, Santa Luzia, Santa Maria da Vitória, Santaluz, Santanópolis, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Santo Estevão, São Desidério, São Félix, São Francisco do Conde, São Gonçalo dos Campos, São Sebastião do Passé, Saúde, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Simões Filho, Sobradinho, Taperoá, Teixeira de Freitas, Teofilândia, Ubaitaba, Ubatã, Umburanas, Una, Urandi, Uruçuca, Valença, Valente, Várzea da Roça, Vera Cruz, Vereda, Vitória da Conquista e Wenceslau Guimarães.

VANE ASSUME PRÉ-CANDIDATURA E DIZ QUE, SE ELEITO, CONVIDARÁ BICALHO PARA A SAÚDE

Se eleito, Vane quer Paulo Bicalho à frente da Secretaria de Saúde || Foto Pimenta/Arquivo
Tempo de leitura: < 1 minuto

Claudevane Leite (Vane do Renascer) fez uma transmissão ao vivo pela internet (live) de mais de uma hora, na noite desta segunda (27), e assumiu a pré-candidatura a prefeito de Itabuna. Ele deixou o PRB e se filou ao PROS.

O ex-prefeito de Itabuna (2013-2016) e ex-vereador abriu a live em tom messiânico, falando de pandemia e espiritualidade. Na sequência, disse que está conversando com outros pré-candidatos a prefeito, dentre eles Dr. Isaac (Avante) e Júnior Brandão (Rede).

Vane afirmou que, se eleito, quer o médico Paulo Bicalho à frente da Secretaria de Saúde de Itabuna.

– Se depender de mim, ele será meu secretário de Saúde – prometeu o ex-prefeito ao responder a pergunta de um internauta.

O apelo por Bicalho é grande. O médico é considerado o melhor secretário de Saúde da história de Itabuna. Assumiu a pasta em duas ocasiões – na segunda metade da gestão do ex-prefeito Geraldo Simões (PT), no início dos anos 2000, e no final de 2015, na gestão de Vane.

LIXO E TRANSPORTE PÚBLICO

Vane ainda afirmou que no diálogo com outros pré-candidatos tem dito que dois dos seus compromissos são com a limpeza pública e o transporte público. “É um absurdo o que se paga hoje [de limpeza pública]”, afirmou. O contrato mensal beira os R$ 2 milhões. Vane cita que em sua gestão o serviço era executado por R$ 600 mil.

O outro compromisso, apontou, é com a execução integral do contrato de concessão do transporte coletivo. “Em quatro anos de prefeitura, dei um aumento apenas [de ônibus]”, apontando que a licitação do serviço previa construção de 2 estações de transbordo, o que até hoje não saiu do papel.

ILHÉUS FICARÁ SEM ÔNIBUS POR MAIS 8 DIAS; DECISÃO SERÁ REAVALIADA NO SÁBADO

Ilhéus mantém suspensão do transporte coletivo, mas reavaliará medida || Foto Divulgação
Tempo de leitura: < 1 minuto

O prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), decidiu manter a suspensão do transporte coletivo do município por mais oito dias devido ao aumento de 50% do número de casos de Covid-19 de segunda (6) para ontem (7). Ele ressaltou que a decisão é preventiva.

O governo avaliava a possibilidade de liberar 30% da frota dos ônibus para atender a zona rural, industrial e comercial da cidade, já que o comércio está funcionando parcialmente – supermercados, farmácias etc. O aumento de 14 para 21 casos em 24 horas levou o governo a “brecar” o retorno do busão.

Marão ainda deverá avaliar se libera parte da frota na próxima semana. Esta avaliação, conforme nota, será feita no sábado e no domingo (11 e 12). Ou seja, a liberação dependerá do cenário do novo coronavírus no município nos próximos dias.

DECRETO SUSPENDE TRANSPORTE INTERMUNICIPAL EM MAIS 4 MUNICÍPIOS NA BAHIA

Itamaraju, no extremo-sul do Estado, também terá transporte intermunicipal suspenso || Foto Oimenu
Tempo de leitura: < 1 minuto

Itagibá, Itamaraju, Itororó, Pojuca e Dias d’Ávila entram na lista de municípios que têm o transporte intermunicipal de passageiros suspenso até 5 de abril. A medida busca conter a contaminação por coronavírus na população baiana. A determinação, que entra em vigor na quarta-feira (1°), saiu no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta terça-feira (31), atualizando o Decreto 19.586, publicado no dia 27 de março.

A norma suspende a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte intermunicipal rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans nesses municípios. Os ônibus interestaduais também não podem circular na Bahia até o próximo domingo.

Atualmente, 34 cidades estão contempladas com esta medida: Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro, Prado, Lauro de Freitas, Simões Filho, Vera Cruz, Itaparica, Itabuna, Ilhéus, Itacaré, Camaçari, Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Guanambi, Vitória da Conquista, Santa Maria da Vitória, Correntina, Entre Rios, Jequié, Brumado, Conceição do Jacuípe, Juazeiro, Teixeira de Freitas, Nova Soure, São Domingos, Canarana, Ipiaú, Itagibá, Itamaraju, Itororó, Pojuca, Dias d’Ávila.

Back To Top