skip to Main Content
26 de novembro de 2020 | 12:51 am

MARAÚ FIGURA ENTRE AS 6 MAIORES TENDÊNCIAS DE VIAGEM DO BRASIL PARA 2020

Tempo de leitura: 2 minutos

Maraú é apontada como “Polinésia Baiana” pela maior agência online de viagens do país

Maraú, no sul da Bahia, figura entre os seis destinos nacionais que estão caindo no gosto dos turistas e é tendência forte de viagem em 2020, aponta a agência online de viagens Hotel Urbano (HUrb). De acordo com a agência, a lista foi preparada com base no crescimento de reservas dos últimos anos, paisagens naturais, diversidade de cultura e preservação ambiental.

Além de Maraú, destino de celebridades do futebol como Neymar e Gabigol, a lista é completada por Búzios (RJ), Ubatuba (SP), Amazônia, Florianópolis (SC) e Jericoacoara (CE). Outro fator que pode reforçar o turismo nestes destinos, observa a agência, é o dólar nas alturas. Às 16h59min de hoje (7), estava cotado a R$ 4,06, em leve alta.

Países inusitados que não giram em torno da moeda também serão tendência. “As pessoas estão dando prioridade ainda a viagens que promovam menor impacto ambiental e se aproximando do turismo de base comunitária, onde as comunidades locais são a grande atração”, assinala a agência.

POLINÉSIA BAIANA

Maraú é citada pela HUrb como a “Polinésia Baiana” por suas belas praias de águas transparentes, com diversidade de peixes e corais. É listada embora tenha sido atingida, no final do ano passado, pelo óleo que poluiu a quase totalidade da costa brasileira no trecho nordestino.

A HUrb ainda cita praias e distritos de Maraú, a exemplo de Barra Grande, Saquaíra, Taipus de Fora e Algodões são os povoados mais conhecidos de Maraú. “Barra Grande é onde se concentra a melhor infraestrutura, com bons restaurantes e comércio que despertam o interesse dos viajantes”. Ainda em Maraú, um dos destaques da publicação da HUrb é “a grande atração da península é a Praia de Taipu de Fora, onde a maré baixa dá espaço às piscinas naturais”. Da redação do PIMENTA.

ILHÉUS E PORTO SEGURO VÃO RECEBER QUASE 1,4 MIL VOOS EXTRAS NA ALTA TEMPORADA

Tempo de leitura: 3 minutos

Porto Seguro receberá 1,2 mil voos extras

As empresas aéreas anunciaram aumento no número de voos para a Bahia para atender a maior procura de turistas pelo estado nesta temporada. Somadas as médias previstas para os aeroportos de municípios turísticos, como Salvador, Porto Seguro e Ilhéus, o número de desembarques, entre frequências regulares e extras, ultrapassa 14 mil na alta temporada.

Somente para o aeroporto de Salvador está previsto, segundo a administradora Vinci Airports, o desembarque de 11.574 voos (sendo 567 extras também de chegada), entre dezembro e março.

Para Porto Seguro, outro destino badalado do Estado, a média de voos chega a 2.630, do início de dezembro ao fim de fevereiro, sendo 1.429 frequências regulares e 1.201 correspondentes a extras, fretamentos e charters, informa a supervisora do aeroporto, Elainy Cordeiro de Oliveira.

ILHÉUS, CONQUISTA E LENÇÓIS

Em Ilhéus, o período da alta temporada, compreendido entre 20 de dezembro e 2 de fevereiro, conta com um total de 491 voos, sendo que 184 destes serão extras, de acordo com a assistente administrativa Gessiane Santana, da Socicam Aeroportos.

A cidade de Lençóis, considerada o portal da Chapada Diamantina, contará com um voo extra da companhia Azul nas terças-feiras de janeiro, no aeroporto Coronel Horácio de Matos. Ele se soma a outras duas operações semanais, realizadas as quintas-feiras e domingos, totalizando 13 voos de chegada no mês de janeiro.

Em Vitória da Conquista, outro município estratégico para acesso à zona turística Chapada Diamantina, o aeroporto Glauber Rocha terá acrescido às suas 64 operações mensais de chegada duas operações extras semanais da Gol Linhas Aéreas, entre 22 de dezembro e 7 de janeiro, informa o superintendente da Socicam no município, Ricardo Alves.

Para atender a demanda de verão, a Azul Linhas Aéreas disponibilizou 592 voos extras para a Bahia entre 20 de dezembro e 3 de fevereiro. Essa capacidade adicional representa uma oferta de 69.357 assentos em voos de e para o Estado. Da parte da Latam, haverá um contingente extra de 90 voos operados na rota Guarulhos-Porto Seguro.

A Gol Linhas Aéreas anunciou a criação de mais de 4.500 voos extras entre os meses de dezembro e março para atender a todo o Brasil e exterior. A maior parte das operações acontece nas regiões Nordeste, Sudeste e Sul. Serão 12 novas rotas no período, incluindo Curitiba a Salvador, Confins a Porto Seguro e São Paulo a Ilhéus. Esta última permanece na malha regular da empresa após março de 2020.

Leia Mais

OBRAS DA PONTE NA RETA FINAL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Primeira ponte estaiada de Ilhéus ligará o centro à zona sul da cidade || Foto José Nazal

As obras de construção da nova ponte que ligará o centro e a zona sul de Ilhéus entram na reta final com o início da instalação do 21º par de estais (cabos de sustentação) de um total de 23. A previsão máxima é de que a primeira ponte estaiada sobre a Baía do Pontal esteja concluída em fevereiro, faltando, além de mais dois pares de estais, as obras dos acessos viários nos dois extremos da ponte.

Todas as fases da construção da nova ponte têm sido registradas pelo fotógrafo e vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal. Neste final de semana, ele fez mais este registro. A ponte terá custo total estimado de R$ 99 milhões e deverá eliminar os tradicionais engarrafamentos em horários de pico na Ponte Lomanto Júnior ou nas temporadas de verão, quando a cidade recebe fluxo ainda maior de turistas.

TEMPORADA 2019-2020 DE TRANSATLÂNTICOS EM ILHÉUS COMEÇA NO PRÓXIMO SÁBADO

Tempo de leitura: 2 minutos

Ilhéus espera receber 70 mil turistas nesta temporada de transatlânticos

Com a chegada do navio MSC Fantasia, às 8h de sábado (16), começa a temporada 2019-2020 de atracação de transatlânticos no Porto Internacional de Ilhéus. A previsão da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) é que o município registre, até abril do próximo ano, 20 escalas de navios, com 70 mil visitantes e 14 mil tripulantes.

A Codeba publicou, no dia 10 de outubro, normativo que impede taxistas e motoristas de aplicativo de circulem pela área interna do porto para pegar passageiro. Ficou estabelecido que os turistas vão embarcar em ônibus até um ponto de apoio em frente ao Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, de onde poderão solicitar o transporte desejado para conhecer os atrativos da cidade.

A Codeba alega que as novas operações de embarque e desembarque dos passageiros atendem aos regramentos do Plano de Segurança Público Portuário, que preveem o isolamento das áreas ocupadas pelas cargas gerais.  A decisão de não permitir a circulação e estacionamentos dos veículos na área interna do porto gerou protestos dos taxistas e motoristas de aplicativos.

Durante reunião com o diretor presidente da Codeba, José Alfredo de Albuquerque e Silva, o secretário de Cultura e Turismo de Ilhéus, Fábio Manzi Junior, até defendeu que o receptivo dos turistas fosse mantido no Porto, mas foi convencido de é preciso respeitar as normas e regulamentos internacionais de segurança.

Já o prefeito Mário Alexandre destacou que, durante a temporada de transatlânticos, pessoas do mundo inteiro terão a oportunidade de visitar um dos destinos mais lindos e procurados da Bahia. “Queremos potencializar o desenvolvimento econômico, sustentável e social, atraindo investimento em diversos setores, com geração de renda e emprego para a nossa gente. Um novo ciclo de crescimento se inicia”, afirmou.

O ÓLEO MANCHOU MAIS QUE NOSSAS PRAIAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Jerberson Josué

 

 

 

Constatamos que nenhum município nordestino agiu e planejou gabinete de gerenciamento de risco no início do problema.

 

Há quase dois meses estamos sendo bombardeados com o noticiário da imprensa, que existem dúvidas sobre a origem do petróleo que está poluindo toda a costa do nordeste e iminência de invadir o litoral de alguns estados do sul do país.

O óleo não causa prejuízos ambientais apenas em nossas praias. Sua sujeira afetou também a imagem de políticos e governantes. Os gestores federais, estaduais e municipais estão chamuscados com a “queimada” de imagem advinda do óleo vazado e esparramado pelos mares!

Não houve e nem está havendo intervenção rápida, planejamento e o que se vê é falta de habilidade de gerenciamento no enfrentamento dessa situação trágica.

Vemos parte da nossa fauna e flora marítimas ser dizimada; nossos rios e mares serem poluídos com a mesma proporção caótica em que vemos a inaptidão das nossas autoridades responsáveis pela preservação dos nossos recursos naturais.

Constatamos que nenhum município nordestino agiu e planejou gabinete de gerenciamento de risco no início do problema. Em Ilhéus, o prefeito Mário Alexandre (Marão) e sua equipe da área ambiental não atentaram para a iminente perspectiva da poluição do óleo invadir as praias da cidade.

O governo federal desativou conselhos que deveriam tratar do problema e o Ibama, conjuntamente com o ICMBIO, foram desmantelados e desestruturado, por uma decisão política retrógrada do governo central.

Uma força tarefa é necessária ser feita Brasil a fora pra estancar o flagelo ambiental. Só uma ação planejada conjunta, envolvendo os três poderes federativos, com participação ativa de setores da sociedade, urgente!

É preciso, também, que indivíduos inescrupulosos e medíocres, parem de disseminarem notícias falsas sobre este assunto, com objetivo espúrio de sujar a imagem dos gestores de plantão.

Agora é a hora de sabermos se o lema “Brasil acima de tudo e Deus acima de todos” é verdadeiro.

Jerberson Josué se define como um estudante na escola da vida.

CHEF MARCIANO SARAIVA CONFIRMADO NO FESTIVAL DE ARTE E GASTRONOMIA DE SERRA GRANDE

Tempo de leitura: 2 minutos

Marciano Saraiva confirma participação no Festival de Arte e Gastronomia de Serra Grande

O chef Marciano Ferreira Saraiva confirmou participação na cozinha-show do Festival de Arte e Gastronomia Serra Grande. O evento começa no próximo dia 10 de outubro, no balneário de Uruçuca cortado pela BA-001 e dono de paisagens paradisíacas.

O festival gastronômico e de arte, segundo a organização, busca potencializar o turismo sustentável, a conservação ambiental, fortalecer a identidade regional e economia local fomentando também novas oportunidades de negócios em períodos sazonais.

Festival alia arte e gastronomia às belas paisagens de Serra Grande

Marciano é uma das principais atrações da programação do festival. “Sou um cozinheiro apaixonado pelo que faço e amo a gastronomia afetiva de Minas Gerais”, destaca Saraiva. O chef é proprietário do Siriema, um restaurante de mesa compartilhada e que conta com uma linha própria de produtos artesanais.

O Festival de Arte e Gastronomia será realizado em Serra Grande de 10 a 13 de outubro. O evento é realizado pela Construção Coletiva Serra Grande Sustentável, Associação Cultural APA Itacaré Serra Grande e pela Prefeitura de Uruçuca. A Tabôa – Fortalecimento Comunitário e o Sebrae são patrocinadores do festival.

BOTE FÉ EM ITACARÉ!

Tempo de leitura: 2 minutos

Manuela Berbert || manuelaberbert@yahoo.com.br

 

 

 

E a cada post nas redes, não somente sobre a festa em si, mas sobre a “virada de chave” na terrinha, o mote da campanha que já ganhou o país: Bote Fé em Itacaré!

 

Se alguém me contasse, há dez anos, que a catraca do mundo iria girar e transformar Itacaré em uma cidade turística tão movimentada e pujante, confesso que, particularmente, duvidaria. Aquele lugarzinho (sempre bonito por natureza, claro!) que abrigava uma turma um tanto alternativa e apreciadora do surf e esportes radiciais se transformou em um dos roteiros mais procurados do mundo. E não decepciona!

Do natural ao modernoso no atendimento e serviços. Do simples ao luxuoso, sem perder a ternura. Dos pés na areia à calçada da famosa Pituba. Itacaré é hoje cenário de um vai e vem dos mais animados, com pessoas de todas as idades e classes sociais, roteiros para todos os gostos e uma noite aconchegante acontecendo de segunda a segunda.

Pôr-do-sol na Ponta do Xaréu é um dos mais bonitos do litoral baiano || Foto Andrade

Para deleite, um dos maiores réveillons do país acontece, nesta virada de 2019/2020, na cidade turística próximo de Ilhéus. Ivete Sangalo, Jorge e Matheus, Durval, Alok e mais uma seleção imensa de DJs conhecidos mundialmente farão a festa por lá, em cinco dias pensados e realizados por Victor Oliva e equipes, time de produtores de eventos dos melhores do país.

Na dúvida, há um boato de que eles estão orientando a logística completa também do município para a recepção de um público tão grande e conhecedor de um turismo, digamos, mais luxuoso. E a cada post nas redes, não somente sobre a festa em si, mas sobre a “virada de chave” na terrinha, o mote da campanha que já ganhou o país: Bote Fé em Itacaré! Aqui para nós, tem que ir lá para acreditar no que está acontecendo, tão pertinho (e, ao mesmo tempo, tão distante da nossa realidade)!

Manuela Berbert é publicitária.

QUE O SOL SEMPRE BRILHE NO TURISMO DE ILHÉUS

Tempo de leitura: 4 minutos

Walmir Rosário || wallaw2008@outlook.com

 

 

A Atil sempre foi forte, embora a individualidade tenha sido frequentemente seu calcanhar de Aquiles. A Atil de hoje não pode mais depender do poder público para participar dos grandes eventos turísticos, economizando migalhas como se não fosse investimento.

 

Fiquei bastante surpreso com a recepção dos segmentos do trade turístico de Ilhéus em relação à posse da nova diretoria da Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), entidade com 30 anos de praia. Há bem pouco tempo ninguém ouvia falar nada sobre a Atil, nada de bem ou mal, simplesmente era ignorada, inclusive pelos seus quadros, em dia com as obrigações sociais ou não.

Numa município do porte de Ilhéus, que reúne todas as condições para bombar no turismo nacional, pouco se sobressai, atraindo apenas uma parcela ínfima dos que viajam em busca de descanso, lazer, conhecimento. Muitos do que aportam no aeroporto Jorge Amado embarcam em vans e se dirigem a outros destinos bem próximos, como Itacaré, Maraú (Barra Grande) ou Una (Comandatuba).

Esses mesmos turistas utilizam alguns equipamentos de Ilhéus, a exemplo do porto ou aeroporto, mas voltam para casa sem conhecer os atrativos de Ilhéus, incluindo as belezas naturais, seu casario colonial e da civilização do cacau, suas variadas praias, e a zona rural. Perdem eles [os turistas] por não conhecerem os atrativos, e mais, ainda, o segmento turístico de Ilhéus, essa grande oportunidade de negócio.

Se acaso fossem convidados para virem a Ilhéus, poderiam conhecer pessoalmente, ao vivo, o que leram e imaginaram nas histórias contadas por Jorge Amado, quem sabe beber um chope e comer um quibe no Vesúvio, experimentar a boa cachaça do Rio de Engenho, uma boa dose de Cauchaça, destilada do mais puro mel de cacau, conhecer as fábricas de chocolate artesanal e experimentar o verdadeiro e puro chocolate…

Se por acaso é aficionado por ecologia, pode e deve visitar a Mata Atlântica preservada por obra e graça das roças de cacau, conhecer o pé e o fruto do cacaueiro e todo o processo de transformação em chocolate e demais subprodutos. Tomar banho em cachoeiras, conhecer as famosas ilhas flutuantes, comer uma moqueca e depois se espreguiçar contemplando a deslumbrante natureza…

É pouco, tem mais: a cidade de Ilhéus foi localizada num dos pontos mais belos da costa baiana banhada pelo oceano Atlântico e rios, estes navegáveis em pequenas embarcações, próprias para se aventurar mata a dentro, visitar os manguezais. Pode, ainda, se maravilhar com o casario da época da colonização do Brasil e a linda arquitetura importada pelos coronéis do cacau, entre elas o majestoso convento da Piedade.

Quem sabe a nova direção da Atil poderá contemplar nativos e turistas estimulando o poder público com as melhorias no belvedere da Conquista, de onde se vislumbra, de uma só vez, a baia do Pontal, a praia da Soares Lopes e grande parte da cidade… Garanto que a Ilhéus dos tempos atuais é bem melhor para se visitar do que a Ilhéus das novelas, excelente para sonharmos com nossa história.

Presente à posse, o prefeito Mário Alexandre promete parceria em projetos e ações, aliás iniciadas antes mesmo da eleição e posse, com a finalidade de consolidar a Estrada do Chocolate, que liga Ilhéus a Uruçuca. No roteiro, indústrias moageiras de cacau, fazendas com fábrica de chocolate gourmet, o acervo histórico e arquitetônico construídos pelos “coronéis do cacau”, o Rio do Braço, Banco do Pedro, onde está localizada a Biofábrica do Cacau.

Que novas parcerias sejam firmadas com o interesse precípuo do desenvolvimento turístico de Ilhéus, apoiado nas experiências do passado, para que não se repitam os erros calcados no individualismo e pompas dos cargos. Mais do que nunca, compartilhar as ideias com a sociedade e construir projetos de interesse econômico e social, aglutinando forças positivas.

A Atil sempre foi forte, embora a individualidade tenha sido frequentemente seu calcanhar de Aquiles. A Atil de hoje não pode mais depender do poder público para participar dos grandes eventos turísticos, economizando migalhas como se não fosse investimento. É preciso se conscientizar do seu tamanho e seu poder, ser uma instituição determinada a promover seu próprio negócio, uma atividade sublime, a de tratar bem as pessoas.

O turismo é bem mais que uma atividade econômica. Acredito que seja um estado de espírito pelo qual ainda se tem a felicidade de ser remunerado. Se ficamos felizes por receber um parente ou um grande amigo em nossa casa, desfrutamos de sua agradável companhia, dos momentos de lazer e dos bate-papos e ainda ficamos com saudade quando eles nos deixam para voltarem às suas casas.

Se nessa condição ficamos agradecidos, imaginem se ainda tivermos as vantagens econômicas dessa relação? Uniremos o útil ao agradável: Hospedamos pessoas até então desconhecidas, recebemos um determinado pagamento pelo serviço prestado, e ainda ganhamos amigos. Serão essas pessoas que manterão nossos negócios por anos a fio, seja voltando para nos visitar ou nos indicando a amigos.

Não precisamos procurar chifre em cabeça de cavalo para verificar como qualquer negócio funciona, inclusive o turismo. Como temos que nos reinventar com frequência para enfrentar a concorrência e a dificuldade do mercado, temos que continuar tratando bem os nossos clientes e buscar os melhores técnicos da área para nos orientar no algo mais que poderemos oferecer.

Essa regra vale para Ilhéus, Rio de Janeiro, Porto Seguro, Paris, Canavieiras, Havaí ou o mais recôndito lugarejo escondido no meio das matas, na caatinga, numa praia sem acesso ou numa rua qualquer da cidade. Ilhéus somente será o point quando o negócio de cada um contribuir para tanto. Se cada um criar um diferencial no padrão de atendimento dos seus clientes, todos serão bem-sucedidos.

O que acontece com o turismo de Ilhéus é um filme já visto frequentemente com a cultura do cacau, que fracassou com a introdução da vassoura de bruxa num momento em que as plantas se ressentiam de uma seca impiedosa e da falta de atenção dos cacauicultores. Com sangue novo, tal e qual a fênix ressurgiu das cinzas e hoje deixou de ser uma simples commodities para se apresentar como um produto de excelência, com indicação geográfica.

À Atil cabe aproveitar as boas ideias, mesmo que velhas, incorporando às novas, desde que boas.

Walmir Rosário é radialista, jornalista e advogado.

GRUPO ESPANHOL PROMETE INVESTIR R$ 425 MILHÕES NA BAHIA E MAIS DE 10 MIL EMPREGOS

Tempo de leitura: 2 minutos

Governo assina protocolo para investimentos na Bahia|| Foto Carlos Prates GOVBA

Representantes do grupo Prima, que atua na Bahia nos setores imobiliário e hoteleiro, comprometeram-se com o governador Rui Costa, durante encontro na Espanha, nesta quarta-feira (3), a investir R$ 425 milhões no Litoral Norte do estado, nos próximos cinco anos. Os empresários estimam a geração de 10.500 empregos diretos e indiretos no estado nos próximos 15 anos.

Atualmente, o grupo está construindo o Ponta de Inhambupe Residencial, que contempla 270 unidades residenciais e 43 lojas em Esplanada. Serão construídos ainda, como parte do Destino Baixio, o Ponta de Inhambupe Hotelaria, com 29 suítes; Condomínio Residencial Rio do Boi, com 162 unidades e resort; pousada com 27 quartos; Condomínio Villas de Esplanada; Condomínio Praias de Esplanada; e o Destino Baixio Premium, com quatro hotéis de luxo.

Para viabilizar os empreendimentos, o governador Rui Costa assinou, nesta quarta-feira (3), um protocolo de intenções com o grupo Prima. O documento garante apoio do Estado em áreas como construção de acesso viário, esgotamento sanitário e abastecimento de água e fornecimento de energia elétrica para o desenvolvimento do Destino Baixio.

Leia Mais

ELEITA NOVA DIRETORIA DA ATIL

Tempo de leitura: < 1 minuto

Novos diretores da Atil foram escolhidos em pleito de chapa única

Após eleição nesta segunda (1º), a nova diretoria da Associação de Turismo de Ilhéus (Atil) tomará posse em solenidade na próxima segunda (8), às 8h30min, no Hotel Aldeia da Praia, na zona sul da cidade. A nova diretoria foi escolhida em pleito com chapa única.

O novo presidente da entidade será Áttila Eiras e José Humberto Neri como vice-presidente. Já Fabíola Paes Leme será a diretora secretária. Leila Miyazato foi eleita diretora financeira e Zaira Morelli a diretora financeira adjunta, enquanto Josias Miguel assume o posto de diretor social da Atil.

Back To Top