skip to Main Content
12 de julho de 2020 | 12:54 pm

UNIVERSIDADE É LUGAR DE DIVERSIDADE

Tempo de leitura: 3 minutos

Felipe de Paula | felipedepaula81@gmail.com
 

No país que mais mata pessoas trans no mundo – 40% do total das mortes, a ação da UFSB, que reserva uma vaga supranumerária na Área Básica de Ingresso, ainda é muito pequena. Que as vagas se expandam para outros cursos, outras universidades e a instituição universitária possa ser equivalente à população que a sustenta e abriga: com gente de todas as raças, gêneros, identidades, credos, culturas, origens.

 
Coloquei meus pés numa universidade pela primeira vez há pouco mais de 18 anos e nunca mais saí. Entrei na UESC em fevereiro de 2000 para fazer minha matrícula como estudante de graduação. Depois disso fui servidor técnico e estudante de mestrado na mesma instituição e, posteriormente, professor da Universidade Federal de Alagoas por quatro anos antes da minha redistribuição para a UFSB. Ao longo desses anos tenho notado uma mudança de composição das comunidades acadêmicas.
Do tempo em que frequentei minha graduação, lembro-me de uma universidade predominantemente branca e de classe média. Conto nos dedos de uma mão os colegas originários de escolas públicas. Negros também eram poucos – em alguns cursos, praticamente inexistentes. Isso me incomodava muito.
Ao longo dos anos, percebi a mudança com o desenvolvimento de uma política de ações afirmativas. Vi uma universidade para poucos se transformar em uma instituição um pouco mais plural, mais completa. Vi estudantes terem suas vidas mudadas pela simples oportunidade de frequentar uma universidade.
Minha instituição de trabalho, a UFSB, notabilizou-se nacionalmente nas últimas semanas em razão da implementação de vagas reservadas a pessoas trans. A universidade sul baiana é a primeira do país a garantir essa reserva na graduação.
Entre os dias 22 e 26 de março, a UFSB oferece vagas de acesso à Área Básica de Ingresso de suas graduações, através de seus Colégios Universitários. Em cada um desses Colégios estão garantidas vagas supranumerárias para indígenas, quilombolas e pessoas trans que tenham cursado ensino médio em escolas públicas.
Lendo alguns comentários nas redes sociais, encontrei muita revolta com a decisão e constatei o evidente: a extrema necessidade desta ação.
Vale ressaltar: a questão não é declarar inabilidade desse grupo e sim de compreender as cruéis condições sociais historicamente constituídas que afastam essas pessoas da oportunidade de estudar e mudar a sua realidade. Não é apenas abrir uma “cota” para pessoas trans e sim de garantir uma política de ação afirmativa que reverta um pequeno aspecto do ambiente negativo a que este grupo é submetido cotidianamente na sociedade, impossibilitando acesso à educação e, consequentemente, emprego.
Estudos apontam que 73% dos estudantes que não se declaram heterossexuais já foram agredidos verbalmente em ambientes educacionais, 25% já foram agredidos fisicamente e 55% afirmam já ter ouvido comentários depreciativos especificamente sobre pessoas trans.
No país que mais mata pessoas trans no mundo – 40% do total das mortes, a ação da UFSB, que reserva uma vaga supranumerária na Área Básica de Ingresso, ainda é muito pequena. Que as vagas se expandam para outros cursos, outras universidades e a instituição universitária possa ser equivalente à população que a sustenta e abriga: com gente de todas as raças, gêneros, identidades, credos, culturas, origens.
Que possamos transformar a realidade através da educação.
Felipe de Paula é professor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB)

ÚLTIMOS DIAS PARA INSCRIÇÃO EM CONCURSO PARA PROFESSOR DA UESC

Tempo de leitura: < 1 minuto

Inscrições para professor da Uesc se encerram na segunda|| Foto Robson Duarte

Quem pretende disputar uma vaga de professor na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), mas ainda não se inscreveu no concurso público, deve se apressar. O prazo para inscrição termina na próxima segunda-feira (2). São 36 oportunidades para professor auxiliar e assistente.
O concurso oferece vagas para as áreas de Letras, Filosofia, Ciências da Saúde, Ciências da Educação, Exatas e Tecnológicas, Ciências Biológicas, Ciências Administrativas e Contábeis, e Ciências Agrárias e Ambientais. O vencimento básico pode chegar a R$ 6.412,72, a depender do cargo, título e jornada semanal.
A inscrição pode ser feita pela internet, no endereço http://www.uesc.br/concurso. O candidato deve preencher o formulário e entregá-lo pessoalmente ou enviar para a Gerência de Seleção e Orientação (Geseor) da Uesc. A taxa de inscrição para ambos os cargos é de R$ 150,00.
As provas do concurso público serão aplicadas no campus da Uesc, na Rodovia Ilhéus-Itabuna. Serão três fases: prova escrita, aula pública e prova de títulos. A data e locais de aplicação das prova escrita ainda serão divulgados. O concurso terá validade de dois anos e pode ser prorrogado por igual período.

APÓS MAL-ESTAR DE ESTUDANTES, UESC FECHA RESTAURANTE PARA SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Restaurante Universitário é fechado após queixas de estudantes|| Foto DCE Uesc

A subgerência de Serviços Auxiliares (Susau) da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) anunciou nesta terça-feira (27) a suspensão das atividades do Restaurante Universitário (RU), que serve centenas de refeições de segunda a sexta-feira. De acordo com a Susau, a interrupção no atendimento ao público é para que sejam executados serviços de manutenção na unidade.
A medida ocorre cinco dias depois de denúncias de que estudantes passaram mal após fazer refeições no RU. Na quinta-feira (22), universitários relataram que sofreram enjoos, diarreia, vômito e dores de cabeça e no estômago após almoçar no local. O restaurante é administrado por uma empresa particular, sob supervisão da reitoria da Uesc.
A Susau não informou exatamente quando o Restaurante Universitário voltará a funcionar, adiantando somente que “as suas atividades serão retomadas assim que as manutenções necessárias forem concluídas”. Já os estudantes prometem cobrar maior fiscalização nos serviços prestados pelo RU.

PRÉ-APROVADOS NO PROUNI TÊM ATÉ DIA 23 PARA COMPROVAR INFORMAÇÕES

Tempo de leitura: 2 minutos

Começou o prazo para candidato confirmar informações no ProUni

O prazo para comprovação das informações dos candidatos pré-aprovados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) começou nesta quinta-feira, 15, e termina no próximo dia 23. O procedimento deve ser feito na universidade onde o candidato vai estudar, e é requisito para garantir a vaga.
O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. Nesta edição foram ofertadas cerca de 243 mil bolsas. Dessas, 113.863 são integrais e 129.124, parciais. As integrais foram destinadas aos estudantes com renda per capita de até 1,5 salários mínimos. Já as bolsas parciais contemplaram os candidatos que têm renda familiar per capita de até três salários mínimos.
Poderão concorrer à primeira opção de curso aqueles que não foram pré-selecionados nas chamadas regulares ou foram pré-selecionados só na segunda opção de curso, mas não houve formação de turma. Pode concorrer às bolsas do ProUni quem não possui diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017, tenham obtido nota superior a 450 pontos e não tenham zerado a prova.

Leia Mais

INSCRIÇÕES NO CONCURSO PARA ANALISTA E TÉCNICO DA UESC COMEÇAM NESTA QUINTA

Tempo de leitura: 2 minutos

Concurso para técnico e analista da Uesc oferece 32 vagas

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) abre, nesta quinta-feira (15), inscrições para concurso público que visa o preenchimento de vagas para os cargos de Analista e Técnico Universitário, além de formação de cadastro de reserva. Os candidatos terão até dia 18 de março para se inscrever, exclusivamente pela internet, nos endereços www.consultec.com.br e www.uesc.br.
A taxa de inscrição será de R$ 50,00 para Técnico Universitário e de R$ 100,00 para Analista Universitário. O candidato que estiver inscrito em programas sociais do governo poderá solicitar a isenção da taxa das 8h do dia 15 às 23h59min do dia 18 de fevereiro. A relação de candidatos com deferimento e indeferimento da isenção será publicada no dia 22 de fevereiro.
DATA DA PROVA
De acordo com o edital, são 8 vagas para o cargo de Analista Universitário (Nível Superior) e outras 24 para o cargo de Técnico Universitário (Nível Médio). Há ainda previsão de formação de cadastro de reserva. A prova será aplicada no dia 15 de abril. Os candidatos terão 4 horas para responder a 48 questões. Os portões serão abertos às 7h30min e fechados meia hora depois. Para o nível superior, haverá ainda prova de títulos.
Para o cargo de nível médio, a  remuneração mensal será de R$ 1.713,60 – composta por vencimento de R$ 796,26 e Gratificação por Suporte Técnico Universitário (GSTU) de R$ 917,34. Para o cargo de Analista Universitário, a remuneração será de R$ 2.648,86 – sendo R$ 1.177,56 de salário e R$ 1.471,30 como Gratificação por Suporte Técnico Universitário (GSTU). Além disso, o servidor terá direito a auxílio-alimentação no valor de R$ 198,00.  O concurso será organizado pela Consultec, com a supervisão da Uesc.
CONCURSO PARA PROFESSOR
Já as inscrições para o concurso para ampliar o quadro de docentes serão realizadas de 2 de março a 2 de abril, com 33 vagas para professor auxiliar e três para professor assistente.  O concurso contará com as etapas de prova escrita, aula pública e prova de títulos, e será realizado no campus da Uesc.
As vagas são para as áreas de Letras, Filosofia, Ciências da Saúde, Ciências da Educação, Exatas e Tecnológicas, Ciências Biológicas, Ciências Administrativas e Contábeis, e Ciências Agrárias e Ambientais. O vencimento básico pode chegar a R$ 6.412,72, a depender do cargo, título e jornada semanal.

INSCRIÇÕES NO SISU SE ENCERRAM NESTA SEXTA; UESC E UFSB TÊM MAIS DE 2 MIL VAGAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ufsb oferece 480 vagas pelo Sisu para os campi de Itabuna, Porto e Teixeira|| Foto Divulgação

Os candidatos têm até esta sexta-feira (26) para inscrever-se no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). São 239.601 vagas em 130 universidades estaduais, federais e institutos federais de educação, ciência e tecnologia em todo o país. Na Bahia, são 11.809 vagas em diversos cursos em 11 instituições de ensino superior.
As vagas na Bahia são para ingresso na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufsb) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (Ifbaiano). Além do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba), Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob).
Os estudantes podem também optar pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab). Na Uesc são mais de 1.600 vagas em 41 cursos, e na Ufsb são 480 vagas em 15 cursos distribuídos nos campi de Itabuna, Teixeira de Freitas e Porto Seguro.
A matrícula da chamada regular deverá ser feita no período de 30 de janeiro a 7 de fevereiro. Para concorrer a uma vaga pelo Sisu, é necessário ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. O candidato não deve ter zerado a redação.

UESC ABRE 69 VAGAS EM CONCURSO PARA PROFESSOR, TÉCNICO E ANALISTA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Concursos para professor e técnico e analista abrem 69 vagas na Uesc

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus, abrirá 37 vagas por meio de concurso público para professor substituto em regime de 40 horas semanais. A abertura das vagas foi anunciada pelo governador Rui Costa durante a edição especial, em Itabuna, do Papo Correria, no início desta tarde de sexta (19). O programa ao vivo e transmitidos em redes sociais.
– Estamos ampliando as vagas de professores para esta importante universidade estadual, e, com isso, promovendo a qualidade do ensino público em todo o estado – afirmou o governador.
MAIS VAGAS
Na semana passada, o governador já havia anunciado a oferta de 32 vagas, na Uesc, para os cargos de analista universitário (8 vagas) e técnico universitário (24).
Ainda na semana passada, o gestor baiano também fez o anúncio de 72 vagas para a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), sendo 22 para analista universitário e 50 para técnico universitário. Outras 63 vagas são para docentes: 33 para professor auxiliar e 30 para professor assistente, em regime de 40 horas.

RUI AUTORIZA CONCURSOS PARA UESC E UEFS; SÃO MAIS DE 160 VAGAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Uesc terá concurso para analista e técnico universitário neste ano

Durante a edição do Papo Correria desta terça (9), o governador Rui Costa anunciou a autorização para três concursos públicos nas universidades estaduais de Feira de Santana (Uefs) e de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus. O total de vagas abertas passa de 160.
Segundo ele, serão 72 vagas para analista e técnico universitário na Uefs, que também abrirá outras 63 vagas para professor.
Já na Uesc, situada na Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), haverá concurso para analista (8 vagas) e técnico universitário (24 vagas). O governador, no entanto não informou quando serão lançados os editais.

MOÇÃO DE SOLIDARIEDADE AO PROFESSOR MARCOS BANDEIRA

Tempo de leitura: < 1 minuto


Os professores, abaixo assinados, lotados no Departamento de Ciências Jurídicas da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), vêm a público manifestar sua solidariedade ao prof. MARCOS ANTÔNIO SANTOS BANDEIRA, em virtude da nota publicada no último dia 27 de novembro pelo Diretório Central dos Estudantes, considerada ofensiva à honra e à história de vida do docente. Entendemos que, na intenção de defender interesses da estudante, o Diretório exacerbou na linguagem e na interpretação dos fatos, inclusive indo além do que efetivamente a aluna expressou enquanto interpretação pessoal de fatos envolvendo o relacionamento discente-docente.

Conhecemos a história e a trajetória profissional do prof. Marcos Bandeira, enquanto Juiz de Direito e Professor Universitário. Atestamos seu compromisso social e posicionamentos democráticos, principalmente voltados para a inclusão social de segmentos vulnerabilizados, e temos plena certeza que os fatos serão devidamente apurados e resolvidos na instância competente, inclusive lançando mão das melhores formas de resolução pacífica dos conflitos.

Valdir Farias Mesquita – Diretor do Departamento
Guilhardes de Jesus Júnior – Coordenador do Colegiado de Direito
Wenceslau Augusto dos Santos Júnior
Otávio Augustus Carmo
Fernanda Viana Lima
Laurício Carvalho Pedrosa
José Cairo Júnior
Clodoaldo Assunção
Katiana Amorim
Luis Carlos Nascimento
Ana Paula Gomes
Pedro Germano
Lilian de Brito Santos

O RANKING DOS MELHORES CURSOS DE MEDICINA DO PAÍS; UESC FICA EM 10º LUGAR

Tempo de leitura: 5 minutos

Campus da Uesc, na Rodovia Ilhéus-Itabuna || Foto José Nazal

O curso de Medicina da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) aparece em 10º lugar entre os melhores do País, conforme ranking divulgado pelo Ministério da Educação (MEC). A base é o ciclo avaliativo de 2016.

Na Bahia, a faculdade é a melhor posicionada. Já em segundo lugar, aparece o curso oferecido pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Pelo ranking, o melhor curso de Medicina no Brasil é o da Universidade Federal de Viçosa, de Viçosa (MG), que também é pública. Dentre as faculdades de Medicina particulares, a melhor posicionada é a Universidade Nove de Julho, de São Paulo (SP).

Leia Mais
Back To Top