skip to Main Content
5 de abril de 2020 | 03:41 am

NO SISU, UFSB AINDA É UFESBA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Sigla da UFSB ainda é desconhecida pelo sistema Sisu (Foto Gabriel Oliveira).

Sigla da UFSB ainda é desconhecida pelo sistema Sisu (Foto Gabriel Oliveira).

O Ministério da Educação abriu consulta às vagas disponíveis no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para quem fez o Enem 2016. Mas o estudante deve ficar atento, caso deseje disputar vaga na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

Para localizá-las o candidato deverá digitar o nome completo da universidade ou, simplesmente, Ufesba. Outra opção é por município. A sigla designativa UFSB ainda não é reconhecida pelo sistema.

A propósito, a universidade está oferecendo total de 480 vagas para cursos de graduação pelo Sisu, sendo 160 para cada um dos campi da instituição – Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas.

As inscrições no sistema de seleção começam na terça (24). No eixo Ilhéus-Itabuna, também oferecem vagas a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Atualizado às 11h17min.

SISU TEM MAIS DE 1 MILHÃO DE INSCRITOS

Tempo de leitura: < 1 minuto
UFSB oferece 720 vagas neste Sisu de meio de ano (Foto Pimenta).

UFSB oferece 720 vagas neste Sisu de meio de ano (Foto Pimenta).

As inscrições na edição de meio de ano do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) terminam nesta quarta (4), às 23h59min, mas já supera a marca de um milhão de inscritos. Há pouco, o Ministério da Educação (MEC) informou que 1.009.986 estudantes se inscreveram.
O Sisu de meio de ano oferece total de 51.412 vagas em 1.447 cursos de 67 instituições federais e estaduais de níveis superior e médio técnico.
CLIQUE PARA INSCRIÇÃO NO SISU
Para concorrer às vagas, o estudante precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado e não ter zerado a prova de redação.
O candidato pode optar pela inscrição em até dois cursos. O resultado da chamada está previsto para a sexta (6). As matrículas para os aprovados serão de 9 a 13 de junho.
O sistema oferece mais de 2,6 mil vagas na Bahia, sendo 720 delas na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), que terá aula inaugural em setembro e campi em Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas. O estudante deve procurar as opções no federal sul baiana usando o nome, município ou a sigla Ufesba.

ALERTA: SISTEMA DO SISU SÓ RECONHECE "UFESBA"

Tempo de leitura: 2 minutos
Sede da UFSB na BR-415, em Itabuna (Foto Pimenta).

Sede da UFSB na BR-415, em Itabuna (Foto Pimenta).

O Ministério da Educação (MEC) reacendeu o debate sobre qual a sigla oficial da Universidade Federal do Sul da Bahia.
O reitor Naomar Almeida defende o uso da sigla UFSB e até foi autor de artigo publicado aqui, no PIMENTA, para explicar o porquê (relembre aqui). “Gramaticalmente, trata-se de um acrônimo perfeito”, escreveu.
Desde o ano passado, após conclusão de uma enquete, esta tem sido a identificação da universidade federal, mas o MEC não a reconhece. Ou, pelo menos, não a utiliza no Sistema de Seleção Unificada (Sisu).
O estudante terá dificuldade para localizar as vagas oferecidas pela instituição no Sisu se utilizar “UFSB”. O sistema do MEC reconhece apenas “Ufesba”.
O PIMENTA fez as duas simulações para localizar o quantitativo de vagas da universidade. Estes foram os resultados.
Quando se faz a opção pela sigla, UFSB dá negativo.

Quando se faz a opção pela sigla, UFSB dá negativo.

sitema

Sistema somente reconhece a sigla UFESBA.

RESTAURADA, ESTÁTUA DE JORGE VAI PARA CAMPUS DA UFESBA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Restaurada pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania, após sofrer atos de vandalismo (tiros ou pedradas, a depender das versões), a estátua de  Jorge Amado não voltará ao seu local original, na entrada de Ferradas, bairro de Itabuna onde o escritor nasceu em 1910..
Diante da fragilidade com que a estátua foi produzida, uma resina sintética, a FICC decidiu que a estátua será colocada na sede do campus e da reitoria da Universidade Federal do Sul da Bahia, onde, acredita-se, estará a salvo do vandalismo. A Ufesba está localizada também em Ferradas e o campus leva o nome de Jorge Amado.
Leia íntegra no Blog do Thame

REITOR DA UFESBA NO ‘IMPROVISO, OXENTE!’ ESPECIAL

Tempo de leitura: < 1 minuto
Naomar é convidado do "Improviso, Oxente!"

Naomar é convidado do “Improviso, Oxente!”

O Teatro Popular de Ilhéus (TPI) vai promover edição especial do Improviso, Oxente! nesta terça-feira (15), Dia do Professor. Às 19 horas, na Tenda do TPI, educadores e público vão poder bater papo com o reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba), Naomar Almeida Filho.

Naomar abordará o tema “Educação para Competências Criativas”. De acordo com a direção do Teatro Popular, o tema do Improviso, Oxente! foi escolhido “a partir de questionamentos sobre como a Educação pode se valer da criatividade para evoluir em meio às reviravoltas econômicas, sociais e políticas”.

A edição é uma homenagem aos professores, mas a atividade é aberta ao público. A proposta é que os participantes possam fazer comentário ou perguntas ao convidado da noite. A entrada é gratuita. A Tenda do TPI fica na Avenida Soares Lopes.

A UNIVERSIDADE E A SIGLA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Subsiste a maior confusão em torno da sigla da Universidade Federal do Sul da Bahia, cuja lei de criação lhe deu no nascedouro o “apelido” de Ufesba. O reitor pro tempore, Naomar Almeida Filho, preferia Ufsba, mas ontem ele e outras autoridades chamavam a instituição de UFSB, e assim a maioria dos veículos publicou.

Deverá ser a sigla definitiva, ao que tudo indica, embora fontes oficiais, como o site do Governo Federal, ainda utilizem “Ufesba”.

Ufa!

Como já escreveu por aqui o Ousarme Citoaian, “que a sigla seja menor que a obra”.

UFESBA: CONSU INICIA ATIVIDADES EM OUTUBRO

Tempo de leitura: 2 minutos
Naomar discursa durante cerimônia de instalação da Ufesba (Foto Pimenta).

Naomar discursa durante cerimônia de instalação da Ufesba (Foto Pimenta).

O Conselho Superior (Consu) da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba) começa as atividades em outubro. Ontem, o reitor pro tempore Naomar Almeida deu posse à vice-reitora Joana Guimarães, pró-reitores e decanos (diretores acadêmicos) em cerimônia com o governador Jaques Wagner, o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo, secretários estaduais e políticos regionais. “O conselho começa a trabalhar no próximo mês”.

Naomar disse ao PIMENTA de que não há previsão de concurso público. A realização de certame depende de previsão no orçamento da União. Professores estão sendo contratados por meio de chamada pública, expediente destinado a profissionais que já atuam na rede federal de ensino. A previsão é de que até 2020 a Ufesba tenha corpo de 1,2 mil funcionários para atender até 18 mil alunos.

O Consu terá a missão de “fazer andar” o projeto para que as aulas comecem na data anunciada, ontem, pelo governador Jaques Wagner (9 de setembro de 2014). “Precisaremos do envolvimento da comunidade para isso”, afirmou o reitor da instituição. Na sede provisória da reitoria da Ufesba, localizada às margens da BR-415, em Ferradas, funcionarão em torno de 16 ou 18 salas, segundo Naomar. O campus leva o nome do escritor Jorge Amado, que nasceu na vila itabunense.

A universidade terá 29 colégios universitários (CUNIs) e o ingresso nos 71 cursos da instituição se dará por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC). Além de Itabuna, a Ufesba contará com campi em Porto Seguro e Teixeira de Freitas, ambos no Extremo-Sul da Bahia.

A instituição contará com 12 bacharelados interdisciplinares nas seguintes áreas de conhecimento: artes, humanidades, saúde além de ciência e tecnologia. O desenho dos cursos de graduação também prevê cinco licenciaturas nas áreas de ciências da natureza, humanas e sociais, computação e tecnologias, linguagens e códigos e artes e matemática, além de 30 cursos de graduação profissionalizante, 15 superiores tecnológicos, 10 residências e 19 mestrados e nove doutorados.

VANE: “É UMA DATA HISTÓRICA PARA ITABUNA”

Tempo de leitura: < 1 minuto
Vane afirmou que Ufesba vai impulsionar desenvolvimento regional (foto Pimenta)

Vane afirmou que Ufesba vai impulsionar desenvolvimento regional (foto Pimenta)

Falando há pouco no ato de fundação da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba), o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, definiu este dia 20 de setembro de 2013 como “data histórica” e a instalação da escola como “uma das mais importantes conquistas para Itabuna e região”.

Para o prefeito, a Ufesba vai impulsionar o desenvolvimento regional. Ele observou que a região ainda sofre os efeitos da crise da lavoura cacaueira e destacou a relevância dos investimentos de R$ 200 milhões para a implantação da universidade, lembrando que ela irá gerar 1.200 empregos diretos e terá uma oferta de 10.800 vagas para cursos de ensino superior.

Em seguida ao prefeito, falou o governador Jaques Wagner. Ele antecipou que a aula inaugural da Ufesba já tem data marcada: 9 de setembro de 2014.

ITABUNA: GOVERNADOR E MINISTRO DA EDUCAÇÃO INSTALAM UFESBA

Tempo de leitura: 2 minutos
Prédio abrigará instalações provisórias da reitoria da Ufesba (Foto Gabriel Oliveira).

Prédio abrigará instalações provisórias da reitoria da Ufesba (Foto Gabriel Oliveira).

A central de distribuição da extinta Rede de Supermercados Messias, às margens da BR-415, em Ferradas, passa a abrigar, a partir desta sexta (20), as instalações provisórias da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba). O ato oficial será presidido pelo reitor pro tempore da Ufesba, Naomar Almeida, e contará com as presenças do governador Jaques Wagner, do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e do prefeito de Itabuna, Claudevane Leite.

O espaço de mais de 10 mil metros quadrados terá dez salas de aula e espaço para abrigar a reitoria da instituição federal. As aulas estão previstas para começar em setembro do próximo ano com a oferta de 5 mil vagas, distribuídas entre os campi de Itabuna (1.150), Porto Seguro (1.150) e Teixeira de Freitas (1.300) por meio dos colégios universitários (Cunis). A Ufesba oferecerá mais de 30 cursos de graduação nos três campi.

A previsão é de que a Ufesba ofereça total de 18 mil vagas com estudantes regulares e gere cerca de 1,2 mil empregos diretos, dos quais 617 serão docentes, 242 servidores de nível superior e 381 funcionários federais para funções administrativas.

IMPACTO ECONÔMICO

Os investimentos previstos para a implantação da Ufesba são de R$ 200 milhões em cinco anos. Ainda demonstrando o impacto da universidade na economia local, somente de massa salarial serão movimentados R$ 90 milhões anuais. As instalações provisórias da instituição foram alugadas pela prefeitura.

WAGNER DEVERÁ ENFRENTAR PROTESTOS NA VISITA A ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner vem para evento de fundação da Ufesba (Foto José Nazal).

Wagner vem para evento de fundação da Ufesba (Foto José Nazal).

O governador Jaques Wagner estará em Itabuna na próxima sexta-feira (20) para participar da solenidade de fundação da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba).

Wagner deverá receber pressão de produtores que tiveram suas terras desapropriadas na região da Barragem do Rio Colônia. Foram desapropriadas, mas dinheiro que é bom… “Necas”.

O prefeito de Itapé, Pedro Jackson Brandão, o Pedrão, já iniciou mobilização para cobrar de Wagner a retomada das obras da barragem, paralisadas por completo no início deste mês.

Pedrão disse ter conversado com engenheiros da empreiteira responsável pela obra. A informação é de que a construção da barragem somente será retomada em 2014, com novo orçamento estadual.

O mandatário baiano deverá ainda contar com recepção calorosa dos produtores dos municípios de Buerarema, Una e Ilhéus prejudicados pelo conflito com tupinambás. Outro protesto prometido é o de terceirizados da Educação, que se encontram há três meses sem salários.

Back To Top