skip to Main Content
8 de julho de 2020 | 01:23 am

FEIRA TEM VAGAS DE EMPREGO E ESTÁGIO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Faculdade promove evento.

Faculdade promove evento.

A Feira da Empregabilidade, neste sábado (5), oferecerá palestras de aprimoramento profissional e, ainda, oportunidades de emprego e estágio. O evento será realizado, das 8h às 17h, na Unime Itabuna. A feira é aberta ao público e terá, ainda, oficinas como a de elaboração de currículo.

Empresas de recrutamento e seleção participam do evento. Segundo a Unime, já confirmaram presença o Instituto Euvaldo Lodi (IEL), o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), o Sistema Nacional de Empregos (Sine), a  Primore Consultoria e o Sest-Senat.

A feira ocorre no campus II da Unime Itabuna, situado na Av. J. S. Pinheiro, 1600, no bairro Lomanto. Para mais informações, o interessado pode acionar o telefone (73) 2102-3030 ou acessar o site www.unime.edu.br.

FEIRA DE SAÚDE PRESTA 1.500 ATENDIMENTOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Feira de SaúdeCerca de 1.500 atendimentos foram prestados, no último sábado (7), durante a II Feira de Saúde da Clínica Escola, no Bairro Lomanto, em Itabuna.

Os atendimentos foram prestados nas áreas de clinica geral, pediatria, oftalmologia, nutrição, mastologia, fisioterapia e psicologia.

Dentre os serviços, aferição de pressão arterial, pressão ocular para prevenção do glaucoma, citologia oncótica e testes rápidos de hepatite B e C e Aids.

A feira foi promovida pela Unime, com participação dos alunos de Enfermagem, e Secretaria de Saúde de Itabuna.

PORQUE “DEL” EMOCIONA – E DÁ EXEMPLO

Tempo de leitura: 2 minutos
Del e a diretora da faculdade, Odília Moliterni.

Del e a diretora da faculdade, Odília Moliterni.

A história de comprometimento e superação do massoterapeuta Adevaldo Sarmento (Del), de 37 anos, sempre emocionou quem tem ou já teve contato com ele e conhece sua história. Massoterapeuta há 14 anos, Del perdeu a visão em um acidente de carro. A tragédia não o impediu de dar mais um passo à frente. Hoje, está entre os 12 novos bacharéis de Fisioterapia da 10ª turma do curso da Unime Itabuna.

Ele enfrentou todas as etapas da graduação com afinco e determinação, conforme colegas de academia e professores. A deficiência visual não o impediu de realizar o seu sonho.

O massoterapeuta decidiu cursar Fisioterapia por incentivo dos clientes, colegas de trabalho e familiares e fascínio pela profissão. “A fisioterapia é uma carreira linda por nos permitir cuidar das pessoas e acompanhar a recuperação delas, e para a qual, é necessário apenas ter o conhecimento nas mãos”, disse ele.

Del afirma identificar-se muito com o curso. E há um detalhe a mais na escolha feita. “Essa profissão me concede certa liberdade, porque em determinadas áreas o deficiente visual consegue atuar com total independência”.

Del entre colegas e professores na formatura em Fisioterapia.

Del (ao fundo) entre colegas e professores na formatura em Fisioterapia.

SEM TRATAMENTO DIFERENCIADO

Del nunca teve a pretensão de receber tratamento diferenciado, na universidade, por causa de sua condição. Buscava, afirma, ser tratado como um aluno comum e ter suas limitações respeitadas. E, assim, fez o possível para demonstrar a sua capacidade e obter resultados positivos por mérito próprio.

– Eu não faltava às aulas, os professores disponibilizavam todo o material utilizado em sala de aula. Sempre estive em dia com os assuntos para não acumular conteúdo e eu também escaneava os livros das disciplinas e estudava com o auxílio de programas de voz.

Já com o “canudinho” em mãos, Del não se esquece do universidade acadêmico. Afirma sentir-se grato pelo apoio recebido dos professores, da instituição e dos amigos. Emocionou-se ao ouvir os aplausos na cerimônia de colação de grau. Felicidade ainda maior ao saber que todos aplaudiram, de pé, o exemplo de determinação e superação.

PESQUISA REVELA ESTADO DAS PRAÇAS DE ITABUNA; EMPRESAS ADOTAM ESPAÇOS

Tempo de leitura: 2 minutos
Alunos da Unime durante ação na  praça do Vila Zara.

Alunos da Unime durante ação na praça do Vila Zara.

Um levantamento em 38 praças públicas de Itabuna concluiu que 90% dos itens de mobiliário são ruins, não têm conservação ou necessitam de reforma. O trabalho foi feito por estudantes e professores de Arquitetura e Urbanismo e de Psicologia da Unime.

No diagnóstico, foram avaliados desde bancos, sistema de iluminação, lixeiras, sanitários, equipamentos para exercícios e pontos de ônibus e de táxis nestes espaços. Ao avaliar por sistema de notas, as praças obtiveram conceito entre 0,5 e 1,5.

O projeto de avaliação pós-ocupação das praças já analisou e catalogou 20 praças. Com a divulgação dos primeiros resultados do projeto, prefeitura e empresas privadas iniciaram a reforma dos espaços. A ação é feito por meio de adoção de praça por parte de empresas.

A primeira do projeto a ser adotada foi a Pastor Hélio Lourenço, antiga Praça da Cotef, na Beira-Rio, que será requalificada e reurbanizada. O espaço é utilizado para a prática de esportes como vôlei de areia e futevôlei. Foi adotado pelo Shopping Jequitibá.

– As pesquisas e análises obtidas em nosso projeto, contribuíram para a adoção das praças e para a realização do projeto Adote uma Praça, da Prefeitura Municipal de Itabuna, em parceria com empresas locais, que através dos dados coletados, identifica as deficiências do local e propõe uma reforma com o intuito de atender as necessidades e solicitações da população –  diz a professora Simone Gualberto, da Unime.

FACULDADE ANUNCIA ALTERNATIVAS AO FIES

Tempo de leitura: < 1 minuto
Campus da Unime em Itabuna.

Campus da Unime em Itabuna.

O “tombo” gerado pela redução de crédito no Fies levou algumas instituições de ensino superior a procurar alternativas para não perder alunos. Hoje, a Unime Itabuna anunciou um programa de financiamento com juros menores que os cobrados pelo sistema do governo. Gerido pela Ideal Invest, o Pravaler Fácil.

A promessa é de que o aluno possa pagar apenas 50% do valor da mensalidade no primeiro semestre, dividida em 12 parcelas, sem juros. Segundo a instituição, a parcela não ultrapassa 65% da mensalidade a partir do financiamento do 2º semestre. E a taxa de juros a 1,35% ao mês e promessa de não acúmulo de parcelas. O aluno paga o financiamento em até 2,5 vezes o tempo do curso.

Segundo João Victor Andrade, supervisor comercial do Setor de Relacionamento com o Mercado da Unime, o Pravaler não exige que o estudante tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A fórmula exige um fiador, não ter nome negativado e renda mínima de duas vezes o valor da mensalidade.

UNIME TORNA-SE ALVO DA OAB E CÂMARA POR FALTA DE ESTRUTURA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Alunos da Unime fazem protestos desde a quarta (11) no campus II (Foto Divulgação).

Alunos da Unime fazem protestos desde a quarta (11) no campus II (Foto Divulgação).

A falta de estrutura para atender os seus alunos colocou a Unime de Itabuna no alvo da subseção itabunense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da Câmara de Vereadores local. A OAB Itabuna discute com a direção da faculdade alternativas para a superlotação de salas de aula do curso de Direito. Turmas têm até 80 alunos.

Hoje, o vereador Jairo Araújo anunciou sessão especial para tratar de problemas como superlotação de salas, falta de estrutura e escuridão no estacionamento do campus II da faculdade. Para o vereador, é um absurdo o que os alunos estão passando”.

O vereador lembra que a Unime é parte do maior grupo de ensino do país. “Não justifica a completa falta de estrutura, prejudicando a aprendizagem dos estudantes e comprometendo a segurança dos que trabalham aqui”.

Desde a quarta-feira (11), alunos da Unime promovem manifestações na entrada do campus II da faculdade, na Avenida J.S. Pinheiro. Outra queixa dos alunos é contra a lentidão no atendimento a alunos que buscam financiamento dos estudos pelo Fies.

PROUNI OFERECE 533 BOLSAS EM FACULDADES DE ILHÉUS E ITABUNA

Tempo de leitura: 3 minutos
FTC volta a oferecer vagas pelo Prouni.

FTC volta a oferecer vagas pelo Prouni.

As inscrições no Programa Universidade para Todos (Prouni) começaram hoje e prosseguem até a quinta (29) com oferta de 533 bolsas integrais e parciais em faculdades de Ilhéus e Itabuna. A inscrição deve ser feita somente no site do programa (http://siteprouni.mec.gov.br/).

Itabuna oferece maior número de cursos (33) e de bolsas (358) nas modalidades presencial e a distância. A novidade neste ano é a oferta de vagas em cursos da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC). A maior oferta de cursos presenciais, no entanto, é da Unime.

O curso com maior quantidade de bolsas é Pedagogia (47 integrais e 3 parciais). Dentre as opções, o estudante tem cursos como Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Nutrição, Farmácia e Psicologia.

Já em Ilhéus, são 175 bolsas disponíveis, sendo 115 integrais. Sete das bolsas integrais são oferecidas pela Faculdade de Ilhéus para quem deseja cursar Odontologia. A maior oferta de bolsas em Ilhéus é do curso de Direito (17 integrais e 7 parciais).

As bolsas podem ser disputadas por alunos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 e obtiveram, pelo menos, 450 pontos na média geral e não zeraram a redação. O estudante precisa ter cursado o Ensino Médio em escola pública ou ter sido bolsista em estabelecimento particular.

Outro requisito é a renda familiar. O aluno que tem renda mensal familiar de 3 salários mínimos por pessoa pode disputar bolsa integral. Se a renda for igual ou inferior a um salário mínimo e meio por integrante da família, a opção é a bolsa parcial. Para fazer o cálculo, basta somar a renda familiar e dividir pelo número de membros da família.

Confira o número de vagas por curso em Itabuna e Ilhéus

ITABUNA

Administração

Integral – 44

Parcial – 2

Leia Mais

UNIME RECONHECE EQUÍVOCO EM CHAMADA DE VESTIBULANDOS DE MEDICINA

Tempo de leitura: 2 minutos

unime marcaA Unime reafirmou hoje (17) ter cometido equívoco no envio de mensagem de celular a todos os classificados para o curso de Medicina em Lauro de Freitas, mas reforça que encaminhou, na sequência, outro SMS para que desconsiderassem o aviso. O posicionamento da instituição já havia sido publicado em matéria reproduzida pelo PIMENTA. Hoje a empresa encaminhou nota de esclarecimento (confira no “leia mais”).
A faculdade ressalta, em nota de esclarecimento, “que os candidatos classificados nas posições que excederem o número de vagas disponíveis somente poderão ser convocados para matrícula em caso de desistências”.
A instituição particular de ensino superior reforça a validade da lista de aprovados publicada na sexta (12) tanto em seu portal como no site da empresa que aplicou as provas, a Consultec.

Leia Mais

BARBEIRAGEM DA UNIME FRUSTRA VESTIBULANDOS DE MEDICINA

Tempo de leitura: < 1 minuto
SMS foi enviado por engano para (Reprodução)

SMS foi enviado por engano para todos os vestibulandos classificados (Reprodução).

A Tarde
Vestibulandos que realizaram a prova na Faculdade Unime para medicina, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), tiveram nesta terça-feira, 16, uma grande frustração. De acordo com um dos estudantes, que preferiu não se identificar, a mensagem de texto enviada ao celular de cada um avisando da aprovação no curso, não passou de um erro no sistema.
Em nota, a Unime informou que foi uma inconsistência sistêmica no envio de mensagem via SMS nesta terça, que acionou equivocadamente todos os candidatos classificados no processo seletivo de Medicina 2015, para efetuar matrícula, sem seguir a ordem de classificação e a limitação do número de vagas.
“Foi um descaso total, na faculdade apenas nos informaram que tinha sido um erro no sistema. Como assim? O computador só faz o que alguém manda, ele não faz nada sozinho”, argumentou o estudante.
Ele ainda relatou que muitas pessoas estavam tristes com a situação. “Eles mexeram com os sonhos de muitos, pessoas que tentam a anos passar em medicina”.
Uma comissão de pais e estudantes já foi montada para em conjunto entrarem na Justiça contra a instituição, informou o estudante.
Leia mais

TRÊS FACULDADES DISPUTAM CURSO DE MEDICINA EM ITABUNA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Itabuna terá curso de Medicina oferecido por instituição privada (Foto José Nazal).

Itabuna terá curso de Medicina oferecido por instituição privada (Foto José Nazal).

Além da FTC e da Unime, outra instituição de ensino superior com atuação no sul da Bahia disputa a habilitação para oferecer o curso de Medicina em Itabuna. De acordo com fonte do mercado, trata-se da Faculdade Madre Thaís, de Ilhéus.
Os termos de autorização do curso em Itabuna foram assinados no mês passado, em Itabuna, por autoridades dos governos municipal, estadual e federal.
Itabuna foi selecionada para receber um curso privado, após avaliação feita pelo governo federal. Alagoinhas, Eunápolis, Guanambi, Jacobina e Juazeiro também foram selecionados. Após a autorização dada aos municípios, começa a fase de seleção da faculdade que poderá oferecer o curso.

Back To Top