skip to Main Content
12 de maio de 2021 | 03:26 pm

UPB E AMURC PROMOVEM ENCONTRO DE ORIENTAÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto

lenildo-santana1O presidente da Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc), Lenildo Santana,  participa nesta terça-feira (4), em Salvador, de  reunião que prepara  o Encontro Regional de Orientação do TCM com gestores municipais. O evento faz parte do programa Capacita Município e já passou por Vitória da Conquista, Juazeiro, Barreiras, Eunápolis e Jequié.
Organizado pela União dos Municípios da Bahia (UPB), com o apoio da Amurc e do (Consórcio Intermunicipal da APA do Pratigi (Ciapra), o encontro de orientação está programado para a próxima sexta-feira (7), das 8 às 18 horas, no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, em Ilhéus.
Haverá discussões sobre  despesas de pessoal com base na Lei de Responsabilidade Fiscal, transparência e controle, orientações sobre prestação de contas e os principais pontos que levam à rejeição de contas.
As inscrições, gratuitas, poderão ser feitas no local do evento.

SÓ FALTA O VICE: OTTO DISPUTARÁ O SENADO NA CHAPA DO PETISTA RUI COSTA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner, Otto Alencar e Rui Costa em evento hoje na UPB.

Wagner, Otto Alencar e Rui Costa em evento hoje na UPB.

O vice-governador Otto Alencar foi sacramentado como o candidato do governo ao Senado em 2014 durante ato realizado, hoje, na UPB. A cabeça de chapa é do PT. Secretário Estadual da Casa Civil, Rui Costa é o nome à sucessão de Jaques Wagner. O evento teve a presença, segundo a organização, de cerca de 150 prefeitos, 100 ex-prefeitos e 80 vereadores.

A chapa majoritária governista tem ainda a definir o nome do vice. Marcelo Nilo (PDT) e Mário Negromonte (PP) são os nomes cogitados. Nilo diz que ainda sonha em ser candidato ao governo, mas espera um alô do governador Jaques Wagner e de Rui Costa.

FUGA TÁTICA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Da coluna Tempo Presente (A Tarde)

O encontro de prefeitos realizado ontem pela UPB no Resort Vila Galé (Guarajuba), teve um tique bem diferente de dois anos atrás, quando o banquete custou R$ 450 mil, pagos por financiadores diversos, como a Ambev: ontem, cada participante pagou pelo menos o almoço, a R$ 190 por pessoa.

A presidente da UPB, Maria Quitéria (PSB), prefeita de Cardeal da Silva, disse que fugiu de Salvador por um detalhe: os prefeitos não suportam o assédio de gente querendo vender de tudo, de  mercadorias a serviços.

De fato, em tais encontros, até ciganos aparecem para oferecer dinheiro.

UPB NEGA RESPONSABILIDADE POR FAIXA "ANALFA"

Tempo de leitura: < 1 minuto

UPB diz não ter nada a ver com a luta dos hoyts

Durante o encontro da presidenta Dilma com prefeitos de todo o país, no final de janeiro, chamou atenção e virou motivo de piada uma faixa atribuída União dos Municípios da Bahia (UPB), que supostamente defendia a proposta de redivisão dos “royalties” do petróleo.
A faixa, tosca, trazia a seguinte mensagem, ipsi litteris: “A PRESIDENTA DA UNIÃO DOS MUNICÍPIOS DA BAHIA UPB MARIA QUITÉRIA E PREFEITOS BAIANOS PRESENTES NA LUTA DOS HOYTS PELA BAHIA E PELO BRASIL”.
Não deu outra, a pedrada foi parar em sites como o implacável Kibeloco (relembre aqui). Agora, passados quase dez dias do episódio, a assessoria da UPB nega ter qualquer relação com a luta pelos “hoyts”.
Em nota, a entidade esclarece que suas peças de divulgação seguem um padrão com tamanho personalizado e que utiliza sempre as cores da Bahia (vermelho, azul e branco), além de materiais como lona e tecido resistente à exposição externa.
A UPB ainda desconhece a autoria do “atentado”, mas afirma que sua coordenação jurídica trabalha para descobrir quem agiu para manchar a imagem da entidade junto aos cultores da boa linguagem.
 

LEMBRANCINHA DA BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O encontro nacional de gestores municipais, em Brasília, será encerrado nesta quinta, 31, e uma das imagens que ficam deste convescote é a da faixa estendida pela União dos Municípios da Bahia (UPB) em Brasília. “Caiu” em sites jornalísticos e fez maior sucesso no Kibeloco. Tudo por causa de uns “hoyts”, popularmente conhecidos como royalties…
maria quitéria faixa

VENCEDORES E PERDEDORES

Tempo de leitura: < 1 minuto

A conquista da União dos Municípios da Bahia (UPB) pela prefeita de Cardeal da Silva, Maria Quitéria (PSB), mereceu comemorações e também provocou lamentos no sul da Bahia.
Entre os prefeitos da região que festejaram o resultado, estão a de Uruçuca, Fernanda (PT); o de Ibicaraí, Lenildo Santana (PT); e o de Itabuna, Vane do Renascer (PRB).
No time dos perdedores, estão, entre outros, Gilka Badaró (PSB), de Itajuípe, Almir Melo (PMDB), de Canavieiras, e Ferlu (PMDB), de Arataca. Eles apoiaram Wilson Cardoso (PSB), prefeito de Andaraí, que bateu chapa com Quitéria.

QUITÉRIA É ELEITA PRESIDENTE DA UPB

Tempo de leitura: < 1 minuto
Maria Quitéria, a linda prefeita de Cardeal da Silva, levou a disputa na UPB (Foto  Andréa Farias).

Maria Quitéria, a linda prefeita de Cardeal da Silva, levou a disputa na UPB (Foto Andréa Farias).

Caetano acionou batalhão para eleger sucesso (Foto José Nazal).

Caetano acionou batalhão para eleger sucessora (Foto José Nazal).

Maria Quitéria (PSB), prefeita de Cardeal da Silva, foi eleita a nova presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB). Ela bateu o prefeito de Andaraí, Wilson Cardoso (PSB), por 207 votos a 141.
Quatro votos foram anulados. Quitéria presidirá a entidade municipalista até o início de 2014. Será a primeira mulher a comandar a UPB em 48 anos de fundação da entidade.
Para derrotar o colega de partido, Quitéria contou com a mobilização do atual presidente da UPBA, Luiz Caetano (ex-prefeito de Camaçari), e da base aliada do governo estadual.
Ela terá como companheiros de diretoria os prefeitos José Bonifácio Dourado (PT), de Ruy Barbosa;  Humberto Cruz (PP), de Luís Eduardo Magalhães; João Bosco (PT), de Teixeira de Freitas;  Isaac Carvalho (PCdoB), de Juazeiro; e Zenildo Brandão (PP), de Lafayete Coutinho.

VANE COM QUITÉRIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Vane4O prefeito Claudevane Leite (PRB), de Itabuna, disse que vai deixar claro de que lado estará na disputa pela presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB). Para ele, votar em Maria Quitéria, prefeita de Cardeal da Silva, hoje vice-presidente da entidade, é prova “inequívoca” de apoio ao governo. A votação ocorre hoje.
Do outro lado da disputa, está Wilson Cardoso (PSB), também da base aliada, mas com apoio robusto da oposição.

UPB TERÁ BATE-CHAPA AMANHÃ

Tempo de leitura: < 1 minuto

O clima é de guerra declarada na eleição que indicará o sucessor do prefeito de Camaçari, Luiz Caetano (PT), na presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB). No páreo, dois prefeitos filiados ao PSB, partido que compõe a base aliada do governador Jaques Wagner, mas apenas um deles conta com a preferência do governo: a prefeita de Cardeal da Silva, Maria Quitéria.
A gestora mostrou força nesta segunda-feira, 21, ao reunir numa demonstração de apoio  o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo, e os deputados federais Nelson Pelegrino, Josias Gomes, Amauri Teixeira, todos do PT, e Daniel Almeida (PCdoB).
O outro candidato na disputa é Wilson Cardoso, prefeito de Andaraí, que conta vantagem e diz que vencerá a eleição com quarenta votos de frente. Quitéria afirma que o correligionário oponente quis forçar o PT a apoiá-lo e afirma que Cardoso não faz parte do movimento municipalista. Na troca de farpas, sobrou para Luia Caetano, que preside a comissão eleitoral e foi questionado pelo prefeito de Andaraí  em função do apoio declarado à de Cardeal da Silva.
Vai sair faísca.

MAIS TEMPO PARA CONVERSAR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Da coluna Tempo Presente (A Tarde)
Ainda não aconteceu nenhum acordo entre os dois prefeitos que postulam a presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB) e não se sabe se vai acontecer, mas a falta de tempo não será desculpa. O atual presidente da entidade, o ex-prefeito de Camaçari Luiz Caetano (PT), chamou a prefeita de São Francisco do Conde, Rilza Valentim (PT), e o prefeito de Andaraí, Wilson Cardoso (PSB), para tentarem uma composição.
– Tenho buscado o consenso e acredito que até a próxima quinta-feira, ou sexta-feira, no máximo, tudo estará resolvido – pondera.
O prefeito de Andaraí, que estava decidido a inscrever a chama hoje, aceitou esperar.
No fundo, Wilson e Rilza até topam o entendimento: ele a quer como vice e ela quer o contrário.
– Tudo pode acontecer – diz Caetano.
Simples assim.

CANDIDATA À PRESIDÊNCIA DA UPB

Tempo de leitura: < 1 minuto

Quitéria, à esquerda, já é vice-presidente da UPB (Foto Marcos Souza/Pimenta).

A atual vice-presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e prefeita da cidade de Cardeal da Silva, Maria Quitéria (PSB), tem trabalhado para ser a sucessora do atual presidente da entidade, o prefeito Luiz Caetano (PT), gestor de Camaçari.  A concretização da candidatura de Quitéria representa um passo a mais para que a união baiana tenha a primeira mulher no comando.

– Estamos alinhados com o contexto nacional. A presidente Dilma chegou ao poder pelo mérito, por capacidade. Temos uma mulher também na presidência da Petrobras, uma representante feminina baiana no Senado que é Lídice da Mata. Então, isso solidifica o trabalho das mulheres que se destacam – analisa Quitéria.

Segundo a prefeita, o seu trabalho realizado no seu município e ao lado de Caetano a credencia para a disputa. Já como atividade de campanha, a postulante terá reunião na próxima semana com prefeitos da região de Ipiaú. De acordo com ela, gestores de municípios como Caetité, Luís Eduardo Magalhães, Juazeiro, Irará e outros já demonstraram apoio a sua candidatura. Informações do Bahia Notícias.

ORIENTAÇÃO CONTRA ILÍCITOS ELEITORAIS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A União dos Municípios da Bahia (UPB) realiza nesta terça-feira, 24, o Fórum de Debates Eleições 2012 – Condutas vedadas e outros aspectos da legislação eleitoral. A atividade, que conta com a participação da Associação dos Municípios do Sul, Extremo-Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc), tem como objetivo esclarecer potenciais candidatos às eleições municipais sobre a legislação eleitoral.
Entre os temas que serão abordados no fórum, estão a Lei da Ficha Limpa, condutas vedadas aos agentes públicos em campanha e, propaganda e as regras sobre arrecadação, gastos e prestação de contas à Justiça Eleitoral.

PARAR, SÓ EM 2014

Tempo de leitura: < 1 minuto

O superintendente administrativo da União dos Municípios da Bahia (UPB), Júnior Muniz, é tido como inquieto e nem hoje, no próprio aniversário, parou de trabalhar no assessoramento ao presidente Luiz Caetano.

O ritmo do assessor ainda parece o da campanha que fez de Caetano um nome de consenso à presidência da entidade municipalista. Não à toa, conquistou fãs entre prefeitos baianos e funcionários da UPB.

Os amigos e políticos mais próximos dizem que Muniz só vai “sossegar” em outubro de 2014, depois que ver Caetano garantido no Palácio de Ondina. Haja disposição.

PLANEJAMENTO

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Amurc (Associação dos Municípios do Sul, Extremo-Sul e Sudoeste da Bahia) reúne prefeitos em sua sede, nesta sexta-feira, 18, a partir das 9 horas da manhã. Uma das intenções é fazer o planejamento institucional da entidade para o biênio 2011-2012. A outra é colher sugestões para o planejamento integrado da UPB (União dos Municípios da Bahia).

Segundo o presidente da associação, o prefeito de Ibicuí, Cláudio Dourado, o planejamento tem como meta criar estratégias e organizar ações que resultem no fortalecimento do municipalismo.

CAETANO E A “COPA” DE 2014

Tempo de leitura: < 1 minuto

Caetano, que sonha com 2014, ouve um "parabéns, governador!" (foto JC d'Almeida / Blog do Anderson)

O presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Luiz Caetano, saiu animado de Vitória da Conquista, no último final de semana. Após discurso inflamado em defesa da reforma tributária e melhor distribuição da arrecadação central, foi retribuído com cumprimentos efusivos e gritos de “parabéns, governador!”.

Os prefeitos se queixam, principalmente, da concentração excessiva da arrecadação em mãos do governo federal, enquanto estados ficam com 25% e municípios, 15%. O discurso de Caetano, então, caiu como música para os ouvidos dos gestores.

Os prefeitos, muito deles avessos ao planejamento, aplaudiram também a agenda do novo presidente da UPB. Caetano detalhou a agenda de trabalho da entidade para os próximos meses e lembrou que os municípios não devem perder a oportunidade de pressionar – com inteligência – os governos estadual e federal.

Back To Top