skip to Main Content
14 de agosto de 2020 | 10:24 am

MULHER E FILHO SÃO PRESOS AO TENTAR SUBORNAR POLICIAIS NO SUDOESTE BAIANO

Mulher e filho ofereceram R$ 40 mil aos policiais para não serem presos
Tempo de leitura: < 1 minuto

Acionados pelo Centro Integrado de Comunicações (Cicom) da Secretaria da Segurança Pública, equipes do Esquadrão de Motociclistas Falcão da PM, alcançaram uma dupla de traficantes que fugia da abordagem policial, em Vitória da Conquista. Mãe e filho – ele com passagem por tráfico de drogas em janeiro deste ano – foram encontrados com drogas e R$ 11 mil em espécie, na tarde de segunda-feira (3).

Segundo contou o comandante da unidade, major Carlos Elder Coelho de Abreu, as informações apontaram movimentação suspeita do veículo modelo Corolla, placa NTQ-9G01. “Cercamos o carro e conseguimos fazer a abordagem. Quando eles perceberam que seriam conduzidos, a mulher ofereceu R$ 40 mil reais para que fossem liberados, o que é inadmissível”, disse.

A dupla ainda informou aos PMs que, em sua residência, havia uma outra quantidade de drogas escondidas. “Ela autorizou a nossa entrada no local onde, após revista, encontramos 40 papelotes de cocaína, três tabletes da droga, 15 trouxinhas de maconha, um caderno contendo anotações do tráfico de drogas, comprovantes de depósito além de celulares, notebook e uma balança”, explicou o oficial.

Os criminosos foram encaminhados para a sede da 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Vitória da Conquista), juntamente com o material apreendido. Na Delegacia, os criminosos negaram a autoria dos materiais apreendidos mas, segundo o plantonista da unidade, delegado João Carlos Silva Pierote Moreira, “a dupla foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e corrupção ativa por conta da tentativa de suborno”, contou.

ITABUNA, 110 ANOS: POR UM NOVO PACTO SOCIAL

Tempo de leitura: 2 minutos

Dentre os nossos atrasos históricos, torna-se cada vez mais necessário superar os passivos social, urbanístico e ambiental. Isso exige novos olhares, união de esforços e objetivos, modernização da máquina pública, definição de prioridades e atração de novos investimentos.

Rosivaldo Pinheiro || rpmvida@yahoo.com.br

Nossa cidade completa hoje 110 anos de emancipação política, trazendo consigo a marca do empreendedorismo e da ousadia em desbravar horizontes. Sua gênese se deu pelo trabalho de sergipanos que por aqui chegaram em 1867. Dois deles: Felix Severino do Amor Divino e José Firmino Alves. Antes, em 1857, surgia o arraial de nome Tabocas, ponto de apoio aos tropeiros que se dirigiam a Vitória da Conquista.

Nesses 110 anos de emancipação política, passamos por uma verdadeira transformação no aspecto urbano, tendo sua maior expansão no período da crise da vassoura-de-bruxa, agravada na década de 1990, quando chegaram milhares de trabalhadores expulsos do campo, em busca, no solo local, de uma alternativa para sobrevivência, impactando os serviços públicos e exigindo de toda a sociedade adaptação a essa nova realidade que se estabelecia.

Se, por um lado, essa expansão representou pressão sobre a zona urbana e os serviços públicos, fazendo aparecer a escassez de recursos para salvaguardar direitos constitucionais, por outro deu à cidade um aumento populacional e a motivação para que os seus atores principais, públicos e privados, passassem a compreender a necessidade de superação da crise imposta pelo modelo agropastoril exportador para um novo, no qual comércio e serviços ganharam nova dinâmica e foi dado início a uma embrionária industrialização.

Do lado público, nossa cidade tem tido, ao longo desse mais de um século, poucas inovações. Sua principal característica, politicamente falando, foi ser gerida de forma populista, perdendo, por diversas vezes, o protagonismo regional devido a essa postura administrativa. Isso impactou negativamente, inclusive, na busca por novas receitas e no equilíbrio fiscal do município.

Dentre os nossos atrasos históricos, torna-se cada vez mais necessário superar os passivos social, urbanístico e ambiental. Isso exige novos olhares, união de esforços e objetivos, modernização da máquina pública, definição de prioridades e atração de novos investimentos. Essas conquistas só serão factíveis se adotarmos mecanismos de gestão levando em consideração a incorporação de novas tecnologias e elaboração de projetos para financiamento dessas ações.

Precisamos agir para incrementar políticas reais e alterar o nosso perfil de desenvolvimento local. Tal sinergia exigirá, em doses cada vez maiores, um entrelace do setor público com os setores privados e toda a sociedade para, por meio dessa perspectiva, dotar a nossa cidade de condições melhores para a nossa convivência. Precisamos de um novo pacto social local.

Rosivaldo Pinheiro é economista, comunicador e especialista em Planejamento de Cidades.

PRF APREENDE 27 QUILOS DE “SUPERMACONHA” EM ÔNIBUS DE TURISMO NA BAHIA

Polícia Rodoviária apreende supermaconha
Tempo de leitura: < 1 minuto

Um passageiro flagrado transportando “skunk” dentro de bagagem em ônibus foi preso, na tarde desta terça-feira (21), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O flagrante aconteceu no km 830 da BR-116, em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia.

O homem que transportava droga em um ônibus de turismo que seguia de São Paulo com destino a Natal (RN). Os policiais rodoviários federais apreenderam 11 tabletes de skunk, que totalizou 27, 448 kg escondidos no compartimento de bagagem externo.

O responsável pela droga foi identificado e localizado via tíquete de bagagem. Ele informou para os policiais que ganharia 4.000 reais para fazer o transporte da droga que saiu de Florianópolis (SC) com destino a Natal (RN).

O motorista e a passageira foram presos em flagrante e encaminhados para a Delegacia de Polícia Judiciária, pelo crime previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006 que tem pena prevista de 5 a 15 anos de prisão.

O skunk é uma droga produzida em laboratório feita através de vários cruzamentos de tipos de maconha, chegando a ser considerada como uma “supermaconha”. Por ser feita a partir da própria maconha, a droga possui os mesmos efeitos, porém potencializados: palidez, excitação, risos, depressão ou sonolência, aumento de apetite por doces, olhos avermelhados, dilatação das pupilas e alucinações.

VITÓRIA DA CONQUISTA REGISTRA 6 ÓBITOS PELA COVID-19 EM APENAS 24H

Em 24 horas, Vitória da Conquista registra 6 óbitos causados pela covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, registrou recorde negativo de óbitos causados pela covid-19 em um período de apenas 24 horas. Seis pessoas morreram e o município tem, até agora, 33 óbitos devido a complicações do novo coronavírus.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o 28º óbito foi um homem, de 30 anos, do bairro Lagoa das Flores, portador de asma, doença cardiovascular, hipotireoidismo e obesidade. A vítima estava internada desde a sexta (17) e faleceu ontem (18). Morador do povoado do Capinal, um homem de 79 anos, com doença cardiovascular e hipertensão, estava internado no Hospital São Vicente há 11 dias e faleceu neste domingo.

A 30ª vítima, de 75 anos, morava no bairro Alvorada. A mulher tinha problemas cardíacos e hipertensão. Estava internada desde 26 de junho no Hospital São Vicente, onde faleceu neste sábado. Também do sexo feminino, a 31ª vítima tinha 83 anos, morava na Cidade Maravilhosa, era portadora de diabetes e hipertensão. Faleceu neste domingo (19), 11 dias depois de internada no Hospital da Clínicas de Conquista (HCC).

Outras duas mortes registradas hoje, também provocadas pelo vírus, foram um homem de 43 anos, morador do bairro Patagônia, que não tinha comorbidades e estava internado no HCC desde o dia 23 de junho e outro de 66 anos, morador do bairro Brasil, que estava internado no Hospital Geral há 15 dias.

De acordo com a SMS, Vitória da Conquista confirmou, até hoje, 1.620 casos de infecção pela Covid-19 no município. Há 377 pacientes em recuperação, dos quais 30 internados e 347 em tratamento domiciliar. Segundo o município, existem 4.737 casos de pessoas notificadas com Síndrome Gripal que aguardam classificação final no sistema e-SUS Notifica.

VITÓRIA DA CONQUISTA REGISTRA 1.524 CASOS DE COVID-19

Vitória da Conquista tem mais de 1,5 mil casos de novo coronavírus
Tempo de leitura: < 1 minuto

O número de casos  de novo coronavírus em Vitória da Conquista subiu para 1.524 nesta sexta-feira (17). O município registra um total de 1.171 pessoas recuperadas da doença. Outros 328 pacientes permanecem em recuperação (27 internados e 301 em tratamento domiciliar) e 25 pessoas morreram.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 4.830 casos de pessoas com os sintomas aguardam classificação final no e-SUS Notifica. Destes, 4.119 possuem critérios de coleta para exame laboratorial ou Teste Rápido* e 711 pacientes aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR.

Quanto ao estado de saúde desses casos sob investigação, 1.586 apresentam sintomas leves de Síndrome Gripal e permanecem em tratamento domiciliar e 3.213 recuperaram-se da Síndrome Gripal. Outros 30 pacientes estão hospitalizados aguardando resultado de análise laboratorial e um foi a óbito por suspeita de contaminação por Covid-19.

LEITOS

Nesta sexta (17), foram disponibilizados mais seis leitos clínicos, aumentando para 101 leitos disponibilizados pela rede SUS do município para tratamento da Covid-19, sendo 51 enfermarias e 50 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Neste momento, 73 leitos estão sendo ocupados por pacientes de Vitória da Conquista e outros municípios baianos.

DECRETO SUSPENDE TRANSPORTE INTERMUNICIPAL EM 373 CIDADES BAIANAS

Transporte intermunicipal está suspenso em mais de 370 municípios baianos
Tempo de leitura: 3 minutos

Arataca e Contendas do Sincorá terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de quarta-feira (15). A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (14).

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de van. O decreto ainda mantém suspensas, até 31 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.

O decreto também autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Abaíra, Baianópolis, Baixa Grande, Barra da Estiva, Barra do Mendes, Boninal, Coribe, Feira da Mata, Ibiassucê, Ibipitanga, Jacaraci, Nova Redenção, Rodelas e Tabocas do Brejo Velho, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19. Confira a lista no “leia mais”, abaixo.

Leia Mais

NA BAHIA, 378 CIDADES FICAM SEM TRANSPORTE INTERMUNICIPAL

Foto Reprodução
Tempo de leitura: 3 minutos

Barra do Rocha, Caturama, Ituaçu e Novo Horizonte terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de sábado (11). A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (10).

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de van. O decreto ainda mantém suspensas, até 12 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.

O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Lajedão e Malhada, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19. Confira, no “leia mais”, os 378 municípios com restrição.

Leia Mais

AZUL VOLTA A OPERAR EM ILHÉUS E VITÓRIA DA CONQUISTA EM AGOSTO

Azul volta a operar em Ilhéus e Conquista em agosto || Foto Pimenta/Arquivo
Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Jornal Bahia Online

A Azul deve operar 303 voos diários em agosto. Com o incremento de frequências, oito cidades no país voltarão a receber voos da companhia, duas delas estão na Bahia (Vitória da Conquista e Ilhéus). A venda de passagens já começou nos canais oficiais da companhia.

A partir do dia 3 de agosto, Vitória da Conquista terá voos diretos para Campinas, em São Paulo, com frequências às segundas, quartas, sextas e domingos. Já Ilhéus terá voos às terças, quintas, sextas e sábados para Belo Horizonte, Minas Gerais, a partir de 18 de agosto. Essas operações serão cumpridas com aeronaves modelo Embraer E1, com capacidade para até 118 clientes.

Além das duas cidades baianas, outras seis bases serão reabertas, as de Dourados (MS), Presidente Prudente (SP), Campina Grande (PB) e Governador Valadares (MG), no dia 3, Juiz de Fora (MG), dia 17, e Joinville (SC), no dia 18 de agosto. Clique e confira a íntegra no JBO.

MULHERES SÃO A MAIORIA DOS INFECTADOS PELA COVID-19 EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Vitória da Conquista divulga perfil de infectados pela Covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista divulgou, neste final de semana, informações sobre o perfil dos pacientes infectados pelo novo coronavírus. O detalhamento inclui 253 novos casos de pessoas diagnosticadas com a doença entre os dias 27 de junho e 3 de julho.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a maior parte dos pacientes que se infectaram com o vírus é do sexo feminino, o que corresponde a 488 casos confirmados. Enquanto que 396 pacientes são do sexo masculino. Os profissionais de saúde somam 168 infectados pela Covid-19.

Foram registrados 29 casos de pacientes com idade entre zero e 5 anos e outros 52 entre 6 e 19 anos. A infecção tem acometido, em maior número, pacientes na faixa etária de 20 a 39 anos, correspondendo a 362 casos confirmados até sexta-feira (3). O segundo grupo com maior número de infectados tem entre 40 e 59 anos, com 320 casos registrados. Outros 121 pacientes possuem mais de 60 anos de idade.

COM OUTRAS DOENÇAS

Dos 884 pacientes diagnosticados com Covid, 503 negaram ter alguma comorbidade e os demais relataram possuir alguma doença preexistente como Hipertensão (128), Diabetes e doença cardíaca (25), Diabetes (43), Obesidade (22), Doença Hepática (4), Doença Pulmonar (36), Doença Neurológica (3), Neoplasia (9), Doença Reumática (6) e Doença Renal (4).

As localidades com maior quantidade de infectados em Vitória da Conquista são Candeias (92) Boa vista (55),Alto Maron (54), Brasil (44), Patagônia (40), Primavera (36),Centro (33), Recreio (30), Ibirapuera (28), Felícia (27) e Urbis VI (25).

COM 2,8 MIL NOVOS CASOS, BAHIA TEM 79,3 MIL INFECTADOS, 53,3 MIL CURADOS E 1.947 ÓBITOS

Comércio de Gandu, município que registrou 3 óbitos pela covid-19 nos últimos dias
Tempo de leitura: 6 minutos

Mais de 2,8 mil casos do novo coronavírus (covid-19) foram registrados nas últimas 24 horas na Bahia, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Foram 2.864 casos no período de ontem até as 17h desta quinta (2), com 2.410 curados e 45 óbitos.

No acumulado desde o início da pandemia, o estado possui 79.349 casos confirmados, 53.334 já são considerados curados e 24.068 encontram-se ativos. Segundo a Sesab, 1.947 morreram por causa da covid-19, a maioria diabética.

As confirmações ocorreram em 388 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (46,09%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Itajuípe (1.986,24), Gandu (1.897,97), Ipiaú (1.569,55), Uruçuca (1.447,44) e Itabuna (1.291,61), todos do sul da Bahia.

O boletim epidemiológico contabiliza 79.349 casos confirmados, 171.924 casos descartados e 80.085 em investigação. Na Bahia, 9.236 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

TAXA DE OCUPAÇÃO

Na Bahia, dos 2.254 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.476 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 65%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 906 leitos exclusivos para o coronavírus, 715 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 79%.

ÓBITOS

A Sesab contabiliza 1.947 mortes pelo novo coronavírus, 45 registrados nesta quinta (2). Destas mais de 40 vítimas que constam no boletim de hoje, a maioria é de Salvador, além de Itabuna, Gandu, Valença, Lauro de Freitas, Juazeiro, Itamaraju e Teixeira de Freitas. Confira o histórico de cada uma delas no “leia mais”, abaixo.

Leia Mais
Back To Top