skip to Main Content
19 de fevereiro de 2020 | 04:45 am

E A VICE VAI PARA…

Tempo de leitura: 2 minutos

Ricardo RibeiroRicardo Ribeiro | ricardorib@outlook.com
O governador Jaques Wagner disse tudo e, ao mesmo tempo, não disse nada na noite carnavalesca desta quinta-feira (27). O assunto, logicamente, era o que mais causa frisson no momento, sobretudo entre pedetistas e pepistas, estes mais indóceis no afã de conquistar postos de relevo na estrutura do poder.
Ao ser perguntado sobre quando o nome do vice seria definido, Wagner afirmou que a escolha já se deu, porém não declinou o nome. Ou seja, persistem as cólicas em quem não dorme mais, pensando em quem será o homem – ou a mulher – ao lado de Rui Costa (PT). Wagner, que não é o noivo, mas um padrinho de escol, já disse que prefere uma chapa com diversidade de gênero.
Se vingar a pressão do PP, o partido assumirá o posto. Não se sabe se com o deputado federal Mário Negromonte ou com uma mulher, estando cotada nesta hipótese a feirense Eliana Boaventura.
Com uma estrutura menor e sem tanto poder de pressão,  o PDT do deputado estadual Marcelo Nilo já corre por fora na disputa pela vice, mas, caso esta lhe caia no colo,também está disponível o nome da secretária estadual de Ciência e Tecnologia, Andrea Mendonça. Mais distante dessa briga, mas também lembrada, figura a deputada federal Alice Portugal, do PCdoB.
Os aflitos, no entanto, devem reforçar seu estoque de Buscopan, pois o bendito nome – embora já definido, segundo JW –  somente será divulgado dentro de duas semanas. Um tempo precioso para aparar arestas, promover as reengenharias necessárias, reduzir as tensões presentes e se preparar para as futuras. Que talvez sejam maiores.
Ricardo Ribeiro  é advogado.

WAGNER PREFERE MULHER PARA VICE

Tempo de leitura: < 1 minuto

Wagner obtém 28% de aprovação (Foto Pimenta).
O governador da Bahia, Jaques Wagner, revelou ao jornal A TARDE, que vê com simpatia a ideia da chapa governista com uma mulher no posto de vice. No entanto, Wagner ponderou que essa é uma definição que passa pelas lideranças do PP e do PDT, portanto depende de conversas.
Por enquanto, os dois partidos da base aliada apresentaram barbados para o segundo posto da chapa: Mário Negromonte (PP) e Marcelo Nilo (PDT). A escolha de uma mulher, porém, é percebida como estratégica por muitos governistas.
Caso o apelo feminino vença, as opções mais ventiladas são Eliana Boaventura (PP), Alice Portugal (PCdoB) e Andréa Mendonça (PDT).

OUTRO LADO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Coluna Tempo Presente (A Tarde)
A pretensão do PP de emplacar o major Márcio Branco, hoje um dos coordenadores de área, na direção geral do Detran esbarrou num probleminha para além das picuinhas políticas: o atual diretor, major Maurício Botelho, faz um bom trabalho e é pessoa reconhecidamente idônea.
Jaques Wagner quer saber qual é a razão por que querem tirá-lo.
Vai saber agora: politicagem. Branco é apadrinhado do deputado Ronaldo Carleto.

ESTADO INVESTE R$ 50 MILHÕES EM SANEAMENTO E AGROINDÚSTRIA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner destaca investimentos em municípios do interior (Foto GovBA).

Wagner destaca investimentos no interior (Foto GovBA).

O governador Jaques Wagner entregará nesta semana investimentos de aproximadamente R$ 50 milhões em obras de saneamento básico e construção de agroindústria no interior do estado. Municípios como Carinhanha e Santa Cruz Cabrália estão entre os beneficiados.
Os investimentos nos municípios do interior estão entre os destaques do programa semanal Conversa com o Governador.
Wagner ainda fala das ações para o carnaval baiano e dos R$ 32 milhões previstos em segurança pública na folia de Salvador e a entrega de certificado a 1.062 jovens do Pronatec em Eunápolis. Clique aqui para ouvir a íntegra do programa.

GOVERNO BAIANO LIBERA BEBIDA ALCOÓLICA EM ESTÁDIOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Do Correio

O governador Jaques Wagner sancionou a lei que libera a venda de bebida alcoólica nos bares, lanchonetes e congêneres destinados aos torcedores, em camarotes e espaços VIP, de estádios e arenas desportivas da Bahia. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado deste fim de semana.
A publicação traz os detalhes da autorização e o fornecedor terá que “ser habilitado, mediante obtenção de alvará municipal específico, laudos técnicos da Vigilância Sanitária, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar” para poder comercializar os produtos nos estádios. A venda deverá ser iniciada duas horas antes do começo da partida e está proibida para menores de 18 anos.
As bebidas podem vir em recipientes metálicos ou de vidro, mas só podem ser entregues aos consumidores em copos de plásticos cujo recipiente não tenha capacidade acima de 500 ml. O projeto de lei sancionado pelo governador é de autoria do deputado estadual João Bonfim (PDT).
O texto libera que libera o consumo e a venda de bebidas alcoólicas dentro dos estádios foi aprovado pela Assembleia Legislativa no dia 28 de janeiro. Para se tornar lei estadual, ainda faltava a sanção do governador em um prazo de 10 dias.
O Ministério Público da Bahia (MP/BA) e o Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos (Bepe) da Polícia Militar se declararam contrários ao Projeto de Lei nº 20.506. Leia a íntegra da matéria aqui.

AUTORIZADAS OBRAS DE CONSTRUÇÃO DO NOVO AEROPORTO DE CONQUISTA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Assinatura da ordem de serviço ocorreu em Vitória da Conquista (Foto GovBA).

Assinatura da ordem de serviço ocorreu em Vitória da Conquista (Foto GovBA).

O governador Jaques Wagner assinou a ordem de serviço para construir o novo aeroporto de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano. A obra terá investimento de R$ 55,5 milhões.
A assinatura ocorreu em cerimônia com a participação do prefeito de Conquista, Guilherme Menezes, do secretário da Casa Civil, Rui Costa, e do vice-governador Otto Alencar, além de autoridades estaduais e federais.
– Estamos com o terreno ideal, o projeto pronto, os recursos garantidos e com o início das obras finalmente damos a Vitória da Conquista um aeroporto à altura do que ela merece – disse Wagner.
As obras de construção do novo aeroporto serão executadas pelo consórcio Top Engenharia e Paviservice Serviços de Pavimentação que, segundo o governo, apresentou o menor preço no processo licitatório.

CONFLITO DOMINA PAUTA DA ASSEMBLEIA

Tempo de leitura: < 1 minuto

O conflito de pequenos agricultores contra tupinambás e supostos índios, em Una, Ilhéus e Buerarema, dominou a sessão da Assembleia Legislativa da Bahia nesta terça-feira (11). Deputados que têm base no sul da Bahia, a exemplo do tucano Augusto Castro (PSDB), puxaram a discussão e cobraram ação urgente e enérgica das autoridades para por fim à guerra que incendeia a região.
Castro acusou o governo do Estado de omissão no conflito, que que se agravou nesta terça com o assassinato do líder do Assentamento Ipiranga, Juraci Santana.  “ O governo do Estado tem força política para viabilizar uma solução junto ao governo federal”, afirmou. Praticamente no mesmo momento em que ocorria a sessão da AL, o governador se encontrava em audiência com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, solicitando a presença de efetivo das Forças Armadas na região.
Na opinião do deputado tucano, não basta enviar reforço policial para conter a revolta dos agricultores e moradores de Buerarema. Segundo ele, “é preciso encarar isso como prioridade e resolver a questão antes que mais mortes ocorram”.
Em seu discurso, Castro lembrou que a gravidade da situação é tamanha, que “até o deputado federal Geraldo Simões, que é do PT, condenou a ação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, do governo petista”. As críticas ocorreram em função da retirada da Força Nacional de Segurança e da base de pacificação instalada na área de conflito.

FORÇAS ARMADAS DEVEM ASSUMIR SEGURANÇA NO SUL DA BAHIA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner e Eduardo Cardozo tiveram reunião tensa nesta tarde, em Brasília.

Wagner e Eduardo Cardozo tiveram reunião tensa nesta tarde, em Brasília.

A audiência do governador Jaques Wagner com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, resultou em pedido do representante baiano para que as Forças Armadas assumam o controle da segurança em Buerarema, Una e Ilhéus. Os três municípios sofrem com a onda de invasões de propriedades rurais por parte de indígenas que se autointitulam tupinambás.
Para isso, Wagner oficializou pedido de aplicação do instrumento Garantia da Lei e da Ordem (GLO). Segundo a assessoria do governador, Wagner havia conversado com a presidente Dilma Rousseff sobre o GLO. O governo baiano não informou se Eduardo Cardozo aceitou o pedido.
O ministro da Justiça é tido, nos últimos dias, como persona non grata pelos pequenos produtores rurais alvos das invasões dos tupinambás.
Ao final da audiência com o ministro da Justiça, Wagner falou das disputas que resultaram na morte do produtor rural Juraci Santana:
– Repudio qualquer tentativa das partes de fazer justiça com as próprias mãos. O Brasil é uma democracia consolidada. As soluções surgirão via Judiciário e após muita negociação.
A audiência de Wagner com o ministro foi tida como tensa, principalmente pelo recuo do governo federal que permitiu aos tupinambás reinvadir propriedades reintegradas na semana passada. A morte ocorreu na região onde a Força Nacional retirou a base de pacificação, na última sexta (7).

LULA E A REELEIÇÃO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Governador criou comissão para apurar crimes cometidos pelo Estado na ditadura militar (foto Pimenta)

Governador da Bahia é uma das opções de Lula para 2018 (foto Pimenta)

Denise Rothenburg | Correio Braziliense
O ex-presidente tem dito nas reuniões dos “apóstolos”, aquele grupo encarregado de pensar o PT para o futuro, que esqueçam a hipótese de uma candidatura dele em 2018. A ordem é trabalhar gente nova. No topo da lista, permanece o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, o candidato a governador de São Paulo, Alexandre Padilha, e o governador da Bahia, Jaques Wagner. O que Lula quer mesmo, terminadas as eleições deste ano, é retomar aquele projeto antigo de cuidar da América Latina e da África.

VOX POPULI: WAGNER É APROVADO POR 28% DOS BAIANOS. 44% CONSIDERAM REGULAR

Tempo de leitura: 2 minutos

Do Correio da Bahia

Wagner obtém 28% de aprovação (Foto Pimenta).

Wagner obtém 28% de aprovação (Foto Pimenta).

Levantamento do Vox Populi revela que o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), teve avaliação positiva de 28% dos entrevistados – 4%  consideraram ótima, enquanto 24% apontaram como boa a administração do petista. Outros 44% apontaram o governo de Wagner como regular.
Já para 16% dos entrevistados, ela é péssima; o índice ruim dos que a avaliam como ruim é de 8%. O percentual de reprovação atinge 24%.
Bem à frente de Wagner, ficou o pernambucano Eduardo Campos (PSB), aprovado por 50% dos entrevistados, somando-se os índices de “bom” (37%) e “ótimo” (13%).
Outros 36% consideram regular a administração do presidenciável do PSB. Para 6%, ela é ruim; 8% acham a gestão de Campos péssima. Segundo o Vox Populi, o tucano Antonio Anastasia, governador de Minas Gerais, foi avaliado positivamente por 40% dos entrevistados, sendo boa para 34% deles.
ACM NETO É PREFEITO MAIS BEM AVALIADO
Neto cumprimenta Wagner em evento em Salvador.

Neto cumprimenta Wagner em evento em Salvador.

A pesquisa do instituto Vox Populi, encomendada pela TV Band, aponta o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), como o mais bem avaliado no ranking comparativo com outros cinco governantes de grandes capitais brasileiras.
De acordo com os números do levantamento, o democrata obteve 51% de avaliação positiva. O prefeito teve gestão considerada ótima por 13% dos entrevistados e boa por 38%. ACM Neto não comentou o resultado da pesquisa. Não foram divulgados os índices de ruim, péssimo e regular.

Back To Top