skip to Main Content
19 de fevereiro de 2020 | 03:33 am

A PREOCUPAÇÃO DE WAGNER

Tempo de leitura: 2 minutos

marco wense1Marco Wense

O chefe do Executivo deixou escapar, nas entrelinhas, lá no cantinho do seu pensamento, que a presença feminina é importante no processo eleitoral.

Se dependesse exclusivamente da vontade do governador Jaques Wagner, em decisão unilateral, uma mulher já teria sido convidada para compor a chapa majoritária.
Wagner tem demonstrado certa preocupação com a possibilidade de uma composição governista 100% macho, sem o perfume da mulher e sua aguçada sensibilidade.
Uma majoritária só com marmanjos seria mais um obstáculo para o ainda desconhecido Rui Costa, que não escaparia da insinuação oposicionista de que é contra a mulher na política. Que é preconceituoso.
A participação feminina no formato da chapa elimina o disse-me-disse e os boatos de discriminação por parte de maldosos adversários adeptos da filosofia maquiavélica.
É bom lembrar que teremos duas fêmeas, como diria o saudoso jornalista Eduardo Anunciação, exercendo forte influência na sucessão presidencial: Dilma Rousseff (reeleição) e Marina Silva (vice de Eduardo Campos).
Na sua última entrevista de 2013, no jornal A Tarde, o chefe do Executivo deixou escapar, nas entrelinhas, lá no cantinho do seu pensamento, que a presença feminina é importante no processo eleitoral.
O governismo tem Rui Costa como candidato ao Palácio de Ondina, Otto Alencar postulando o senado da República e uma disputa entre Marcelo Nilo (PDT) e Mário Negromonte (PP) pela vaga de vice-governador.
No oposicionismo verdadeiro, formado pelo DEM, PMDB e o PSDB, sob o comando do prefeito ACM Neto, a importância da presença feminina é consenso entre as principais lideranças.
Nos bastidores, já se articula uma mulher para ser a companheira de chapa do ex-governador Paulo Souto, ficando a senatória para o peemedebista Geddel Vieira Lima.

Leia Mais

APROPRIOU-SE DA CANETA?

Tempo de leitura: < 1 minuto
Jairo Carneiro, "nomeado" por Negromonte como futuro secretário da Agricultura

Jairo Carneiro, “nomeado” por Negromonte como futuro secretário da Agricultura

É notório que a Secretaria da Agricultura da Bahia está sob o controle do PP e o partido certamente indicará o substituto de Eduardo Salles, que em breve se afastará do cargo para tentar uma cadeira na Assembleia Legislativa. Porém, o que parece estranho é o deputado federal  Mário Negromonte, uma das lideranças do PP no Estado, antecipar-se ao governador Jaques Wagner e já “nomear” Jairo Carneiro, atual chefe de gabinete da Secretaria, como o substituto de Salles.
Ao vazar para a imprensa não quem o PP indica, mas quem será o novo secretário, Negromonte se investe das prerrogativas do primeiro mandatário e demonstra que seu partido não está disposto a negociar em torno do nome para a Agricultura. É Carneiro e ponto final.
Ainda que já esteja tudo combinado, é no mínimo um tanto esquisito.

GOVERNO LANÇA EDITAL E ASSINA CONTRATO DO PORTO SUL

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner assina contrato que permite construção de terminais em Ilhéus (Foto Manu Dias/GovBA).

Wagner assina contrato que permite construção de terminais em Ilhéus (Foto Manu Dias/GovBA).

O governador Jaques Wagner e o ministro da Secretaria de Portos da Presidência da República, Antônio Henrique Silveira, assinaram nesta manhã (6) o contrato de adesão dos terminais do Porto Sul, em Salvador.
O ato permite que os terminais privados do Porto Sul e da Bahia Mineração (Bamin) sejam construídos. As autorizações por parte da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) em dezembro de 2013.
Wagner considera o Porto Sul “o maior investimento logístico da Bahia”.
– Esse licenciamento do Porto Sul se tornou referencial para o Ibama. Todo mundo sabe que um porto é um prenúncio de capacidade industrial e energética de um estado.
Hoje o governo também lançou edital que selecionará empresas acionistas na construção do segundo terminal de utilização privada do Porto Sul. O outro pertencerá à Bamin. A movimentação de cargas com os dois portos, de acordo com o governo, pode atingir volume de exportação de 100 milhões de toneladas/anuais de minérios e grãos, escoados pela Ferrovia Oeste-Leste.

WAGNER NEGOCIA COM PR E PDT

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner entrega rodovia recuperada (Foto Pimenta).

Governador costura apoios para Rui Costa (Foto Pimenta).

Informação do site Bahia Notícias dá conta de que o governador Jaques Wagner (PT) tem encontro marcado para esta segunda-feira (6) com a cúpula estadual do PR. O tema da conversa é o apoio dos republicanos à eleição de Rui Costa para o governo e, em contrapartida, a oferta de uma Secretaria (provavelmente a do Turismo) para a legenda.
Já na quarta-feira (8), Wagner trata do mesmo assunto com o presidente nacional do PDT, o ex-ministro do Trabalho Carlos Luppi, que pleiteia novos espaços na gestão estadual.
O PDT deve anunciar o apoio à eleição de Rui Costa no próximo dia 17.

WAGNER FESTEJA PARCERIA COM PREFEITURA NO RÉVEILLON DE SALVADOR

Tempo de leitura: < 1 minuto
Nas boas-vindas a 2014, show pirotécnico de 14 minutos iluminou o céu de Salvador

Nas boas-vindas a 2014, show pirotécnico de 14 minutos iluminou o céu de Salvador

Ao lado e cartões postais como o Elevador Lacerda e o Mercado Modelo, o Réveillon de Salvador teve como palco a Praça Cairu, no Comércio. A programação da festa, organizada pelo governo da Bahia e prefeitura de Salvador, incluiu atrações consagradas e fez a alegria de cerca de 100 mil pessoas.
A queima de fogos realizada nesta quarta-feira (31), no píer do 2º Distrito Naval, durou 14 minutos. O governador Jaques Wagner acompanhou a comemoração do palácio Rio Branco, ao lado da primeira dama do Estado, Fátima Mendonça, e do secretário da Casa Civil, Rui Costa.
“Esta parceria entre Governo do Estado, Prefeitura e iniciativa privada trouxe como resultado esta festa belíssima, que vai se consolidar como maior Réveillon do Brasil. São 4 dias de festa e o povo baiano, que é alegre e festeiro, merece sem dúvida um evento deste porte. A dúvida nos próximos anos vai ser o local do evento, ou Barra ou Comércio porque o sucesso da festa já está garantido”, disse o governador.
 

SÓ FALTA O VICE: OTTO DISPUTARÁ O SENADO NA CHAPA DO PETISTA RUI COSTA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner, Otto Alencar e Rui Costa em evento hoje na UPB.

Wagner, Otto Alencar e Rui Costa em evento hoje na UPB.

O vice-governador Otto Alencar foi sacramentado como o candidato do governo ao Senado em 2014 durante ato realizado, hoje, na UPB. A cabeça de chapa é do PT. Secretário Estadual da Casa Civil, Rui Costa é o nome à sucessão de Jaques Wagner. O evento teve a presença, segundo a organização, de cerca de 150 prefeitos, 100 ex-prefeitos e 80 vereadores.

A chapa majoritária governista tem ainda a definir o nome do vice. Marcelo Nilo (PDT) e Mário Negromonte (PP) são os nomes cogitados. Nilo diz que ainda sonha em ser candidato ao governo, mas espera um alô do governador Jaques Wagner e de Rui Costa.

RUI FAZ

Tempo de leitura: < 1 minuto

Política com Vatapá (A Tarde)

Logo após ter participado da reunião do comando do PT, no Hotel Fiesta, que escolheu Rui Costa como candidato do partido ao governo, o senador Walter Pinheiro encontrou um grupo de amigos, colegas de partido, do lado de fora da sala do encontro.

Um deles falou:

– É, Pinheiro, não tinha mesmo como dar para você. Wagner entendeu que agora é Rui quem faz tudo. Fez a Via Expressa, fez a transação do metrô andar, fez a Fiol, está fazendo o Porto Sul, o Complexo de Viadutos do Imbuí, tudo. Quem é que aguenta com isso?

Um outro, que ouvia a conversa, falou:

– O papo está bom, mas vou ter que ir.

– Que pressa é essa, rapaz? Fique mais um pouco com a gente.

– Não dá não. Com esse negócio de PED faz três semanas que eu praticamente abandonei minha mulher. E eu preciso fazer um filho.

E Pinheiro:

– Fale com o Rui. Ele faz.

WAGNER EM BARRO PRETO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner entrega rodovia recuperada (Foto Pimenta).

(Foto Pimenta).

Após quase 20 anos de promessas, a estrada que liga Barro Preto à BR-415, no sul da Bahia, será entregue totalmente recuperada neste domingo (1°), às 9h.

A BA-120 recebeu nova pavimentação em um investimento de, aproximadamente, R$ 10,7 milhões, segundo o governo.

Com a obra, o percurso de 12 quilômetros agora está sendo feito em até dez minutos, contra os 40 minutos do período de estrada esburacada.

A solenidade terá a presença do governador Jaques Wagner, do vice Otto Alencar e da prefeita de Barro Preto, Jaqueline Mota.

WAGNER ANUNCIA RUI COMO NOME DO PT

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner escolhe Rui Costa para disputar a sucessão de 2014 pelo PT (Foto Manu Dias).

Wagner escolhe Rui Costa para disputar a sucessão de 2014 pelo PT (Foto Manu Dias).

O secretário da Casa Civil, Rui Costa, deverá ser o nome do PT na sucessão ao governo baiano em 2014. O governador Jaques Wagner anunciou a sua escolha pessoal em entrevista a uma emissora de rádio de Salvador, a Metrópole FM.

– A minha indicação para o diretório estadual do PT é o secretário da Casa Civil. Agora é Rui se colocar e se apresentar – disse o governador.

O posicionamento de Wagner fez dois dos pré-candidatos petistas se pronunciarem. José Sérgio Gabrielli falou dos riscos do governo no processo eleitoral de 2014, com candidatura de oposição e uma do mesmo espectro político (Lídice da Mata). Já o senador Walter Pinheiro disse que ao PT cabe a escolha. Luiz Caetano, ex-prefeito de Camaçari, já se deu por vencido ao juntar-se a Wagner e Rui Costa.

A decisão deve ser oficializada amanhã, em reunião do diretório do PT, e sacramentada no sábado, 30. O clima interno não é dos melhores, estando sujeito a raios e trovoadas.

A SENSATEZ RECOMENDA PINHEIRO

Tempo de leitura: 2 minutos

jerbersonJerberson Josué |  jerbersonjosue.josue@facebook.com

 

Derrotado na disputa da Prefeitura de Salvador, por uma pífia diferença de votos, Pinheiro será alcançado, em 2014, pela honrosa justiça compensatória a um homem que, outrora fundador da CUT, vereador e deputado federal, na atualidade representa a face de uma Bahia que pretende se modernizar a passos largos e prosseguir inserindo no cotidiano do povo temas que integram a agenda da sociedade.

Um gesto sensato do governador Wagner e do PT pode prorrogar a permanência do atual projeto de governo que comanda o Estado. Não por acaso, centenas de militantes apoiam, na atualidade, o nome do senador petista Walter Pinheiro, à sucessão de Wagner.

O PT, que em 2006 obteve a vitória mais simbólica do Brasil, entrando para história política da nação como o partido que esfacelou os resquícios do clientelismo e do coronelismo simbolizados por Antônio Carlos Magalhães, precisa ser, agora, coerente com sua história. Pinheiro, nesse citado ano de 2006, foi o deputado mais votado do PT, no país inteiro.

A militância, atenta à história do partido, não aceita que sua bela trajetória seja rasgada e esquecida com o triunfo de um nome cuja escolha se daria nos moldes das indicações do já enterrado PFL de ACM. Prefere a competência, a integridade e a inegável amplitude do horizonte intelectual de Pinheiro, aliançada à sua indescritível e inenarrável sensibilidade social.

A história de Pinheiro no Partido dos Trabalhadores, tão simbólica quanto hercúlea, passa por anos de dedicação, tendo sido um dos mais atuantes vereadores da capital baiana e exercendo por quatro vezes consecutivas um destacado mandato de deputado federal. Derrotado na disputa da Prefeitura de Salvador, por uma pífia diferença de votos, Pinheiro será alcançado, em 2014, pela honrosa justiça compensatória a um homem que, outrora fundador da CUT, vereador e deputado federal, na atualidade representa a face de uma Bahia que pretende se modernizar a passos largos e prosseguir inserindo no cotidiano do povo temas que integram a agenda da sociedade.

Em sintonia com o mundo globalizado, antenado com a mobilidade urbana, o desenvolvimento sustentável e o papel inovador da juventude no contexto social, preocupado em melhorar a educação e agir firmemente para dar mais segurança e saúde aos baianos, Pinheiro possui ainda o agradável perfil de um gestor moderno que deve fomentar a cultura, impulsionar a economia e e demonstrar obsessão pela melhoria dos indicadores socioeconômicos.

Não há dúvidas de que é chegada a hora da sensatez, e a sensatez recomenda respeito à história e ao pleito democrático da militância. A sensatez recomenda a melhor opção para a Bahia. A sensatez recomenda o senador Pinheiro como sucessor de Wagner. Enfim essa é a hora e a vez de Pinheiro.

Jerberson Josué é militante do PT em Ilhéus.

Back To Top