skip to Main Content
22 de fevereiro de 2020 | 12:55 am

COMÍCIO DE RUI E OTTO COM LULA ATRAI MAIS DE 10 MIL PESSOAS EM SALVADOR

Tempo de leitura: 2 minutos
Rui, Lula, Wagner e Otto Alencar em comício há pouco em Salvador.

Rui, Lula, Wagner e Otto Alencar em comício há pouco em Salvador.

O ex-presidente Lula foi a principal estrela do comício do candidato ao governo baiano pelo PT, Rui Costa, e ao Senado, Otto Alencar (PSD), hoje à noite em Salvador. O evento atraiu cerca de dez mil pessoas à Praça da Revolução, em Periperi, no Subúrbio Ferroviário.
Lula defendeu a eleição de Rui Costa e Otto Alencar, além da reeleição da presidente da República, Dilma Rousseff, em evento em que foi ovacionado. Além dos candidatos Rui Costa e Otto Alencar e do vice na chapa petista, João Leão (PP), também participaram o governador Jaques Wagner e candidatos a deputado, além de lideranças estaduais.
Ao lado do ex-presidente, Rui Costa disse que o estado avançou com Wagner e o novo projeto é para avançar ainda mais: – Um projeto que, com Lula e Dilma, já fez a maior transformação social e econômica nesse país. E que, na Bahia, com Wagner, tirou milhões da miséria, deu acesso à água e à luz a mais de 6 milhões de baianos – disse, lembrando que visitou mais de 120 municípios desde o início da campanha e o que viu lhe dá a certeza da vitória.
Ainda no palanque, Rui informou que a transformação no país também chega ao subúrbio da capital baiana. A região do Subúrbio Ferroviário, segundo ele,  receberá R$ 600 milhões em obras, que incluem a revitalização da orla marítima. A autorização de liberação da verba já foi assinada pela presidente Dilma Rousseff, segundo ele.
OTTO: HOMENAGEM A WALDIR
O candidato ao Senado pelo PSD, Otto Alencar, criticou “pesquisas encomendas” (alfinetada no Ibope) em que tanto ele como Rui Costa aparecem em segundo lugar, mas opositores ligados à Família Magalhães (dona da Rede Bahia) lideram com boa margem ao Senado e ao governo baiano.
Otto prometeu, se eleito, dedicar a sua vitória a Waldir Pires, no que foi interpretado também como outra cutucada nos carlistas, acusados de fraude eleitoral que custou o mandato de Waldir.

SOUTO PROMETE INDÚSTRIAS EM ITAPETINGA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Souto prometeu atrair indústrias para a região calçadista em Itapetinga (Foto Valter Pontes).

Souto prometeu atrair indústrias para a região calçadista em Itapetinga (Foto Valter Pontes).

A atração de novas indústrias para municípios da região de Itapetinga, caso eleito, foi prometida pelo candidato ao governo baiano pelo DEM, Paulo Souto, durante visita ao município do sudoeste neste final de semana. O ex-governador reuniu em seu palanque os ex-prefeitos José Otávio (DEM) e Michel Hage (PMDB) em seu palanque.
Souto criticou o Governo Wagner por causa da crise das indústrias calçadistas no país e que provocou a redução de empregos no entorno de Itapetinga. Para ele, a união de adversários históricos no município onde está instalada a Azaleia “engrandece a política”.
– A política se faz pelo embate de ideias, mas também pela união em prol de interesses maiores, que são o futuro de Itapetinga e da Bahia – citou.

COMO É O NOME?

Tempo de leitura: < 1 minuto
Paulo Fernandes Souto é Rui e Otto de carteirinha

Paulo Fernandes Souto é Rui e Otto de carteirinha

O sujeito se chama Paulo Souto, é filiado ao PSB e apoia a candidatura de Rui Costa, do PT… Entendeu alguma coisa? O blog explica: a nota se refere ao prefeito de Itarantim, Paulo Fernandes Souto, que é crítico ferrenho do xará. Para ele, o ex-governador, ora candidato, representa o atraso.
“Vamos voltar ao que era há dez anos? Paulo Souto é governador de gabinete”, reprova o prefeito.
Apesar de seu partido ter candidata ao governo (Lídice da Mata), Paulo Fernandes Souto diz que não abre mão de permanecer no grupo do governador Jaques Wagner, além de ser amigo do candidato ao Senado, Otto Alencar. “Estou deste lado porque é o lado em que sempre estive, apoiando o governador Jaques Wagner”, explica o prefeito.
O socialista também acredita que Rui esteja crescendo no interior e irá “disparar” com o horário eleitoral. “A oposição sabe disso”, diz ele.

WAGNER, SINTSEF E A NOVA CEPLAC

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner em audiência com ceplaqueanos na última quinta.

Wagner em audiência com ceplaqueanos na última quinta.

O governador Jaques Wagner recebeu representantes do Sindicato dos Servidores Federal (Sintsef) na última quinta (17). Na agenda, a modernização da Ceplac. A audiência foi solicitada pelo delegado regional do sindicato, José Carlos Veridiano, quando da última visita de Wagner a Itabuna.
– Estamos recebendo uma nova massa crítica. Entendemos que a região passará por uma profunda transformação e a Ceplac, como está hoje, não vai responder a essas demandas – ressaltou Veridiano (Badega) ao explicar o motivo da audiência.
Wagner se comprometeu para, em conjunto com ceplaqueanos e lideranças regionais, lutar pela reestruturação da Ceplac.
“Ele foi sensível à nossa demanda, por entender, inclusive, que faz parte de uma agenda que é do próprio governo estadual, assim como do federal”, resume Badega.
Para o grupo, a modernização do órgão federal não passa apenas pela realização de concurso. Primeiro, a institucionalização, depois o concurso. É uma ideia já exposta aqui no PIMENTA pelo dirigente do Sintsef em entrevista (reveja aqui).
Participaram da audiência o presidente do Sintsef Bahia, Edvaldo Pitanga, o chefe de Gabinete da Serin, Martiniano Costa, o presidente do PT baiano, Everaldo Anunciação, e os deputados federais Josias Gomes e Geraldo Simões, além dos ceplaqueanos Jackson Moreira, Sílvio Roberto e  Afrânio Andrade.

SOUTO ATACA O PT E DIZ QUE "BAHIA É NAVIO SEM RUMO"

Tempo de leitura: < 1 minuto
Souto discursa em convenção que homologou o seu nome.

Souto discursa em convenção que homologou o seu nome.

O ex-governador Paulo Souto teve o seu nome confirmado para a disputa ao Palácio de Ondina pelo DEM. A convenção do partido e de outras 16 legendas foi realizada nesta quarta (18), em Salvador. “Nas mãos do PT, a Bahia é um navio sem rumo. Não sabe para onde quer ir”.
Souto dedicou a maior parte do seu discurso a atacar o PT, principalmente em áreas como segurança pública, e lembrou de propostas que, segundo ele, não saíram do papel. “A resposta virá nas urnas. Chega de promessas vazias”, disse.
O democrata enumerou promessas como construção do aeroporto de Ilhéus e o Porto Sul, feitas pelo governador Wagner há quatro anos. “Estão prometendo tudo de novo”, afirmou em novo ataque ao governador e, mais diretamente, ao pré-candidato Rui Costa.

EDMUNDO FILHO SERÁ CANDIDATO A DEPUTADO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Edmundo Filho com o governador Jaques Wagner.

Edmundo Filho com o governador Jaques Wagner.

Edmundo Filho deixa o núcleo de rádio da Secretaria Estadual de Comunicação Social (Secom) ao final deste mês. Filiado ao PT, o jornalista está de olho em uma das 63 vagas da Assembleia Legislativa baiana. Será candidato a deputado estadual.
Seguirá os passos do ex-secretário de Comunicação Social, Robinson Almeida, que concorrerá a uma das 39 vagas baianas na Câmara dos Deputados.

PRA FAZER VALER O "DECRETO DA CABRUCA"

Tempo de leitura: < 1 minuto
Ato no qual Wagner assinou o decreto de gestão florestal na Bahia (Foto Manu Dias).

Ato no qual Wagner assinou o decreto de gestão florestal na Bahia (Foto Manu Dias).

O governador Jaques Wagner assinou ontem (2) o decreto de remanejamento florestal em toda a Bahia. Era uma promessa que virou realidade e reúne em torno dela críticos e entusiastas.
Juvenal Maynart, superintendente baiano da Ceplac, está no segundo grupo. Para ele, o decreto pode injetar em torno de R$ 5 bilhões na economia regional, nos próximos anos, ao estimular a conservação produtiva com recomposição com espécies nativas, principalmente as que correm risco de extinção.
Ao mesmo tempo, o decreto estimula a conservação produtiva e reconhece a cabruca como sistema produtivo. O superintendente alerta para a necessidade de os municípios se reunirem por meio de suas bacias hidrográficas como forma de garantir ganhos financeiros e ambientais.

A DUPLICAÇÃO (AINDA) É PROMESSA

Tempo de leitura: < 1 minuto
Wagner: ausência no sul da Bahia  (Foto Pimenta).

Wagner: ausência no sul da Bahia (Foto Pimenta).

A duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna é promessa de mais de 30 anos. Já existe até o projeto executivo e faltaria, agora, a tão esperada licitação. A obra está orçada em R$ 180 milhões, com a construção de pistas na margem direita do Rio Cachoeira (lado do Conceição) e três pontes de interligação com a estrada atual.
R$ 180 milhões não representa nem 2% do que o governo estadual informa ter investido nos últimos anos em mobilidade urbana em Salvador (R$ 8,5 bilhões). A maioria das obras tem a ver com a copa do mundo, é verdade, mas nem todas.
Os avanços obtidos e os ganhos em várias áreas e regiões são reconhecidos, assim como é notório o distanciamento do governo em relação ao sul da Bahia. E as pesquisas refletem esta falta de afeto com os sul-baianos, notadamente no eixo Ilhéus-Itabuna. Se serve de alento, ficam as bases para o Porto Sul (que precisa melhorar – e muito – o ritmo), o novo aeroporto internacional e a Ferrovia Oeste-Leste (Fiol). É alguma coisa. Pelo menos, diferente do que tínhamos há oito anos.

AVIÃO COM WAGNER FAZ POUSO FORÇADO

Tempo de leitura: < 1 minuto
Governador no aeroporto de Brumado (Foto Lay Amorim/Brumado Notícias).

Wagner no aeroporto de Brumado (Foto Lay Amorim/Brumado Notícias).

O avião da comitiva do governador da Bahia, Jaques Wagner, precisou fazer um pouso forçado no aeroporto Sócrates Mariane Bittencourt, em Brumado, no sudoeste da Bahia, no fim da manhã desta sexta-feira (30), informou o portal G1 Bahia. O governador saiu de Salvador com destino ao aeroporto de Vitória da Conquista, onde seguiria de carro para o município de Tremedal, segundo a Infraero.
De acordo com a Infraero, o avião do governador conseguiu pousar em Vitória da Conquista em uma segunda tentativa, por volta das 12h, quando o tempo havia apresentado melhora.
A Secretaria de Comunicação do Estado (Secom) informou que Wagner esteve em Tremedal nesta sexta-feira para cumprir agenda de trabalho. Ainda de acordo com a Secom, o aeroporto de Vitória da Conquista não tinha condições climáticas para pouso e que o avião teve que seguir para Brumado. Leia mais no G1.

GOVERNO TEM VITÓRIA APERTADA EM INDICAÇÃO DE ZEZÉU AO TCE

Tempo de leitura: < 1 minuto
Zezéu Ribeiro era bom nome, mas foi aprovado no "aperto".

Zezéu Ribeiro era bom nome, mas foi aprovado no “aperto”.

Do Ba24horas
O governador Jaques Wagner quase leva uma bola nas costas na noite desta quarta-feira (28), na Assembleia Legislativa. Em clima de traição, deputados da base deixaram de votar no deputado federal Zezéu Ribeiro (PT), indicado por Wagner para uma vaga no Tribunal de Contas do Estado (TCE).
Em uma primeira votação, Zezéu teve apenas 27 votos, enquanto o deputado estadual Carlos Gaban (DEM) somou 28. Apesar da pequena vantagem, o número não é suficiente para fazer um conselheiro, cuja escolha exige maioria absoluta. Ainda assim, o susto para o governo foi grande.
Deputados da base, a exemplo da ilheense Ângela Sousa (PSD), ausentaram-se do plenário na hora da votação, dificultando a vida do governo. Ainda assim, na segunda tentativa Wagner conseguiu eleger Zezéu, pelo placar de 35 a 28. Na segunda-feira (26), o governador esteve na AL para conversar com os deputados sobre a escolha dos conselheiros do TCE  e do TCM.
A quase derrota acende luz amarela na articulação política do governo. Ao que tudo indica, alguma coisa está fora da ordem.
Leia mais

Back To Top