WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia




alba








julho 2012
D S T Q Q S S
« jun   ago »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

editorias





itao



quinta da alegria




TJ-BA MANTÉM DECISÃO E MÚSICO QUE MATOU ISABELA SEARA VAI CUMPRIR PENA DE 14 ANOS

Luciano preso dias após o crime  em 2005 (R2Cpress/Arquivo).

O músico Luciano Moreira Malaquias, condenado a 14 anos de prisão, em regime fechado, pelo assassinato de Isabela Nascimento Seara, vai finalmente cumprir sua pena no Presídio de Itabuna. O homicida foi preso no sábado, 21, em Itagimirim, pela equipe do delegado regional Moisés Damasceno.

O policial cumpriu a mandado de prisão expedido pelo juiz da Vara do Júri, Antonio Carlos Rodrigues de Moraes. O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), manteve a sentença que condenou o réu a 14 anos de prisão, das quais ele já cumpriu aproximadamente 3 anos.

Luciano foi condenado em 20 de novembro de 2008, mas conseguiu recorrer em liberdade. Ele estava residindo em Itagimirim, onde se apresentava como DJ Maciota e era diretor de eventos da prefeitura local.

O CRIME

Isabela Seara foi assassinada em 2005.

No dia 2 de junho de 2005, o músico matou por asfixia a estudante de Comunicação Social da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e estagiária da TV Santa Cruz Isabela Seara, na Rua Né Abade, 53, Pontalzinho, em Itabuna.

O crime teve grande repercussão e comoveu pela maneira fútil como foi cometido. O músico alegou ciúmes para matar a jovem e, preso, afirmou que a morte teria sido acidente, apesar das marcas de estrangulamento.

Após cometer o crime, o músico fugiu para Ilhéus, onde foi localizado e preso numa pousada na região central.

4 respostas para “TJ-BA MANTÉM DECISÃO E MÚSICO QUE MATOU ISABELA SEARA VAI CUMPRIR PENA DE 14 ANOS”

  • leidikeit says:

    Acreditou que a (in)justiça seria a seu favor. É uma pena que as pessoas ainda não entenderam que o crime só compensa para o exercício de muitos aproveitadores que vão corroendo as finanças de mal avisados, lesados em sua estupidez. Justiça Divina para todos, inclusive pra quem se aproveita para explorar. Felizmente o poder que existe não está acessível aos “espertos”.

  • CAmacan says:

    É facil falar o que Leidikeit disse quando a pessoa que perdeu a vida, n é sua filha, sua irmã, sua esposa, sua parente próxima. A realidade é que ele cometeu um crime e tem que pagar pelo que fez. Já que os pais dessa moça pagam por um crime que não fizeram. Perderam uma filha. Então nao venha para ca dizer que é injustiça.

  • CAMACAN 2 says:

    Camacan, tenho a certeza que vc é péssimo em interpretação de textos.Leidikeit não foi a favor do homicida, pelo contrário, disse que ele acreditava que a injustiça seria feita.

  • leidikeit says:

    Desculpe Camacan, de forma alguma estou dizendo que esse rapaz tem razão, o julgamento é Deus quem faz, mas o que quero dizer é que se a justiça não tivesse adotado essa forma de tratar o crime, com certeza as pessoas pensariam antes de tirar a vida do semelhante, o homem não imaginaria ter que ser aceito po uma mulher somente porque ele quer. Veja o que diz a meretissima Eliana Calmon, sobre a indústria das liminares. Acredito no que ela diz.

    Que Deus tenha misericordia de nós.

Deixe seu comentário








WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia