WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


alba










setembro 2012
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

editorias





itao






ITABUNA PERDE ADELINDO KFOURY

O historiador itabunense Adelindo Kfoury Silveira morreu nesta manhã de sábado, 8, por volta das 10h, no Hospital Santa Izabel, em Salvador. Ele faleceu uma semana após ser submetido a cirurgia cardíaca bem-sucedida, mas sofrer problemas nos rins.

A causa-morte foi apontada como falência múltipla de órgãos. Kfoury era dono do maior acervo histórico de Itabuna. Grande parte dos documentos foi levada por ele para Salvador, onde residia nos últimos anos.

O sepultamento do historiador foi marcado para este domingo, no Jardim da Saudade, em Salvador.

17 respostas para “ITABUNA PERDE ADELINDO KFOURY”

  • HEYDER says:

    É UMA VERGONHA PARA A NOSSA CIDADE, DEPOIS DE QUASE 2 HORAS DE PUBLICADO O FATO, NENHUM COMENTARIO SEQUER SOBRE O DESAPARECIMENTO DESDE GRANDE HOMEM PARA A NOSSA CIDADE, INFELIZMENTE OS OLHOS DO NOSSO POVO ESTÃO VOLTADOS PARA UMA POLITICA SUJA, DESPREZÍVEL, E ACABAMOS ESQUECENDO QUEM TANTO FEZ POR NÓS. FICA A LEMBRANÇA DESTE GRANDE HOMEM, QUE HONROU COMO POUCOS A TERRA ONDE NASCEU, QUE DEUS LHE CONCEDA UM LUGAR ESPECIAL E CONFORTE OS FAMILIARES.

  • Marival Guedes says:

    Uma pessoa educada e uma ótima fonte.Sempre me fornecia informações quando eu precisava.Minha solidariedade aos familiares.

  • Maria says:

    Que lamentável! Perdemos um acervo vivo da nossa história! Que Deus conforte a família!

  • Santo Agostinho says:

    Que Deus o tenha! Não lhe conheci pessoalmente, mas sou um grande admirador seu! Aos poucos Itabuna perde seus grandes homens. Com sua morte fica uma lacuna em nossa historia.

  • JÁDER DE OLIVEIRA TAVARES says:

    TRISTE ITABUNA
    TRISTE PELA FALTA DE HISTÓRIA DOS SEUS ATUAIS CANDITADOS A PREFEITO E MUITO TRISTE A HISTÓRIA DE CADA CANDITADO A VEREADOR.

    ERA E CONTINUAREI A SER LEITOR DO ADELINO.

    O MARCEL LEAL COM A REGIÃO NOS PASSAVA FATOS HISTÓRICOS NOS ARTIGOS DO ADELINO.

    TRISTE BAHIA, TRISTE ITABUNA.

    A FAMÍLIA MEUS SENTIMENTOS.

    ENTRETANTO POUCOS E INFELIZMENTE POUCOS VÃO SABER A PERDA DE UM HISTORIADOR.

    OBRIGADO ADELINO.

    UM ANJO DA HISTÓRIA COM CERTEZA VAI SER MUITO BEM RECEBIDO PELOS ANJOS BONS DA HISTÓRIA.

    MARCEL LEAL CABE A VOCÊ A DEFESA DA MEMÓRIA DO ADELINO, POIS SEM O ADELINO ITABUNA DEIXA DE TER MEMÓRIA E PORTANTO HISTÓRIA.

  • Gustavo Haun says:

    Uma pena! Itabuna fica hoje um pouco mais sem Memória, pois morreu um dos últimos baluartes da cultura que restavam em nossa pátria grapiúna… “Vô”, que Jesus o receba de braços abertos no Oriente Eterno!

  • O historiador não morre!
    Este homem nos deixou um grande legado! Sua obra se imortalizou
    na história de Itabuna e sua lembrança se perpetuará para sempre em todas gerações de Itabuna. Não tive o privilégio de conhecer pessoalmente,mas tenho o livro de Itabuna minha terra,o que sempre recorro para tirá eventual dúvidas bem como a fundação jupara no qual consta artigos e bons textos de preciosos conteúdos do imortal Adelindo Kfoury. A sua presença física há de fazer falta,mas a sua presença espiritual estará para sempre conosco,caso eu merecer conhecer espiritualmente para mim será uma grande honra. Não sou digno e merecedor de pedir mas, a sua infinita bondade do Deus Pai Todo Poderoso,peço para que o Altíssimo-o acolha nos seus braços a vossa alma e escreva história do mundo celestial. Amem!

  • Carlos Gomes says:

    Perdemos um grande homem (corpo físico) que sempre foi apaixonado por sua terra. Mas, a história não tem fim, assim como os grandes homens também não tem.
    Os grandes homens possuem seu lugar garantido na eternidade, lá tenho certeza estará Adelindo Kfoury.

  • Alberto Campêllo says:

    Perda irreparável. Tive a felicidade de conhecer o Prof. Adelimdo Kfoury em uma de suas palestras realizada aqui em Itabuna(Ba)… Quanta riqueza de detalhes, quanta classe, quanta responsabilidade para com a história, quanto amor por Itabuna… Certamente, um dos maiores historiadores de nossa terra.

    Prof. Adelindo, foram cumpridas as ordens de Deus, sua missão foi concluída com grande êxito.

    Os verdadeiros filhos desta terra choram sua partida e pedem a Jesus, o misericordioso que o receba e conforte a família enlutada.

  • Silvia Alencar says:

    Uma pessoa fantástica e divertida!!! Um exemplo de esposo, pai e avô… Saudades seu Dudú o senhor vai deixar…. Vá nos braços do senhor e que Deus conforte sua família.

  • Silvia Alencar says:

    Seu sepultamento será dia 09/09 , no cemitério Jardim da Saudade, Salvador. Onde seu corpo está sendo velado na capela E.

  • Silvia Alencar says:

    Horário do sepultamento :10:00hs

  • Tive a honra e grande alegria,no dia meu aniversário ganhar de presente um livro autografado por Adelindo. Um livro que conta a história de Itabuna. Sempre me perguntei porque os prefeitos desta cidade, não usavam o conheçimendo deste historiador. Morre o homem, vive sua obra. Impossível lebrar de Itabuna, e não lembrar de Adelindo. Vá em paz amigo e que Deus conforte a sua família. Obrigado por manter viva a história desta cidade.

  • Marcel Leal says:

    Durante todos estes anos Adelindo foi muito mais que um colaborador de A Região ou historiador oficial da Fundação Jupará. Adelindo foi um grande amigo. Apesar da diferença de idade, nossas conversas eram inspiradoras, gostosas, sempre sobre Itabuna, seu passado e seu destino.
    Adelindo já faz falta, muita falta.

  • J. Reis says:

    Este, sim, merece ser homenageado por Itabuna.

  • Marta Almeida says:

    Notícia triste no feriadão. Adelindo era nosso acervo vivo, preservava com devoção e prazer a memória do povo grapiúna. Gentil, solícito e inteligente. Tive a honra de convidá-lo e fazer uma entrevista especial no centenário de Itabuna, com certeza pra mim um dos momentos marcantes da nossa homenagem à Itabuna. Descanse em paz e que Deus conforte sua família!

  • Efigênia Oliveira says:

    Disse muito bem, alguém em comentário anterior que um historiador não morre. Feliz de quem ao completar sua missão por aqui, deixa um legado tão fantástico! Adelindo Kfouri é um desses. Descanse em Paz com a consciência de que cumpriu o seu dever com simplicidade e honradez, pois seu trabalho é original e verdadeiro. Não o conheço pessoalmente, mas possuo lidos e guardados alguns livros seus, por meio dos quais aprendo sobre nossa sociedade grapiúna. De todos nós, grapiúnas, sobretudo daqueles que não conhecem o primor de seu trabalho, nosso “Deus te proteja e ilumine!”

Deixe seu comentário






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia