Ainda sem informar quando começam as obras, o pré-candidato ao governo baiano pelo PT, Rui Costa, ex-secretário da Casa Civil, disse que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) autorizou o Estado a executar as obras de duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna. A obra já conta, também, com autorização do órgão ambiental estadual, o Inema.

A duplicação ocorrerá com a construção de nova pista à margem direita do Rio Cachoeira. O trecho de 17,98 quilômetros terá três pontes de interligação, na região da Ceplac, Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e no Banco da Vitória.

Nesta nova configuração, o Dnit e o Derba desistiram de uma quarta ponte, que interligaria o Semianel Rodoviário, na região da Churrascaria Los Pampas, à nova pista.

De acordo com o pré-candidato petista, a obra já conta com recursos de R$ 68 milhões dos R$ 180 milhões previstos. O início da duplicação ainda será anunciado pelo governador Jaques Wagner, o que poderá ocorrer até o aniversário de Itabuna, em 28 de julho, ou ainda nesta semana, nos festejos do aniversário de Ilhéus (28 de junho).

Abaixo uma projeção feita por Pablo Joaquim e Wallace Silva para o PIMENTA em setembro do ano passado.

Plotagem aponta o traçado da nova pista (Projeção Projeção traz o traçado da nova pista (confira seta) da Rodovia Ilhéus-Itabuna (Projeção Pablo Joaquim e Wallace Silva).

Plotagem aponta o traçado da nova pista (Projeção de Pablo Joaquim e Wallace Silva para o Pimenta).