Vitor foi preso em Taperoá, no baixo-sul || Foto Divulgação PC-BA

Com a prisão de Vítor da Silva Santos, a Polícia Civil elucidou o homicídio cometido contra a professora Sabrina dos Santos Vidal, morta a facadas, em Taperoá, no baixo-sul do estado. A vítima era transgênero e mantinha um relacionamento amoroso com o autor.

O crime ocorreu em 31 de dezembro. Desde então, Vítor estava escondido numa fazenda, na zona rural de Taperoá, onde foi preso, na manhã desta terça-feira (8), por equipes da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Valença. Vítor teve a prisão temporária decretada pela Justiça e deverá ser encaminhado ao sistema prisional.