skip to Main Content
4 de abril de 2020 | 05:22 pm

EXPEDIENTE ESTENDIDO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Policiais militares estão tiriricas com os mangangões da Settran. Reclamam que já virou rotina os manda-chuva da secretaria rasgarem o código de trânsito para agradar apaniguados flagrados em irregularidades.

A última, relata um policial integrante do CETO, foi com um radialista. Quando solicitado, durante uma ação da companhia, no sábado (6), que retirasse seu veículo do local em que se encontrava, o homem se recusou e ainda mandou: ‘eu sou da imprensa!’.

“Explicamos que isso não lhe dava o direito de infringir a lei, e ele alterou. Quando o abordamos, descobrimos que, além de tudo, seu carro estava com a documentação irregular – IPVA do exercício de 2006”.

O policial explica que o carro foi recolhido e o radialista prometeu tomar as providências. E tomou. Já na manhã do domingo (7), ele estava rodando com seu possante.

Nada a estranhar, opina esse blogueiro. Para quem já viu notícia de alvará sendo expedido no sabadão, IPVA no domingão é fichinha.

Esta publicação possui 13 comentários
  1. O codigo de transito é rasgado por todos, ATÉ o presidente da OAB local, o ilustre advogado Andirlei Nascimento faz questão de desrespeitar o artigo 41 do CTB ( aquele que regulamenta o uso de buzinas) – Ainda a pouco fui acordado pela buzina de transporte escolar que presta serviço ao advogado e , segundo o motorista, a buzina é acionada por ordem expressa do todo poderoso contrate dos seus serviços.
    Em conversa informal com o referido advogado (01.12.2009) quando questionei o uso da buzina em frente à sua residencia me foram dadas as seguintes respostas:
    Mude-se para a roça;
    Conheço a lei;
    Vou continuar buzinando;
    Procure seus direitos.

    Podemos notar aqui a deliberada infraçao äs leis de transito por parte daquele que deveria ser exemplo de respeito à todas elas.

    Formação acadêmica, alto posto na mais respeitada Ordem do Brasil, nao levam noçoes basicas de basicas de educaçao e respeito aos vizinhos.

  2. Se eu fosse Policial nãi iria fazer mais nada, isso deve tirar totalmente o estímulo dos agentes da Lei, falta de vergonha, isso é visto como um vandalismo, depois que a situação venha a evoluir mais um pouco vai chorar na imprensa que foi mau tratado e outros adjetivos mais.

  3. Eu quero novidade.
    que itabuna é terra de ninguem, agente ja sabe. o pior é que nada funciona pois tem meia duzia de “coronés” que manda e desmanda nessa
    joça e ninguem, mas ninguem faz nada.
    não é só com gente de imprensa , é com qualquer um que tenha o mínimo de conhecimento dentro do meio mafioso.

  4. Começa por aí e acaba em delitos graves, onde o prejuizo fica para inocentes e bons caracteres! Me admira, logo da imprensa!!! Sabe quando ele vai querer cumprir a lei? Eu quero é fazer como o Alexandre:Adeeeeeeeeeeeeeeeeeuuuussssssss!
    Isso aqui não tem mais jeito, não, os bandidos de todos os tamanhos já tomaram conta…

  5. A população de Itabuna precisa com urgencia de educação no transito! E esse pessoal do geitinho Itabunese nunca acabara enquanto houver “padrinhos e madrinhas” na PMI. Se vcs cometerem qualquer tipo de infração de transito é só ir no SETRAN e pedir anistia que tá tudo certo.

  6. Eu vi o carro e a cena, o cara é muito folgado mesmo, ele deve ter um padrinho bem forte, o carro dele é um Bugre amarelo, quem sabe quem é fala o nome dele aí que o povo quer saber.
    Parabéns a Policia que não combate só nas favelas, mas também a esses que se acham os poderosos da cidade.

  7. Tô retado da vida! Porque o pessoal do CETO não guinchou o carro desse safado com ele dentro e tudo? Quando o padrinho fosse soltá-lo ele já teria levado uns bons safanões, bebido alguma fanta e comido alguns bolinhos…Tempos bons os de trinta anos atrás!

  8. Sendo verdadeira a denuncia, é muito grave para que não se dê nomes, até porque ela extrapola competência.
    É bom que se diga que a retenção do veículo, do que se diz ” da imprensa” (qual o nome dele?), se deu por infração de competência de fiscalização do Estado (IPVA de 2006). Nenhuma autoridade do SETRAN ( qual o nome dele?) poderia liberar o veículo.
    Para o que se diz ” da imprensa”(qual o nome dele?) liberar o veiculo deveria pagar o licenciamento o seguro e o IPVA dos anos de 2007 a 2009.
    Para o blogueiro: IPVA é tributo de competência, de fiscalização e cobrança, das secretarias de fazenda dos estados e tem como pagar no sábado e no domingo. Basta, para isto, que se tenha conta no banco do Brasil ou Bradesco e o pagamento pode ser feito em qualquer caixa eletrônico. Quem tem carro sabe.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top