skip to Main Content
26 de outubro de 2020 | 11:43 am

ITABUNA REGISTRA MAIS NOVE ÓBITOS PELO NOVO CORONAVÍRUS

Itabuna tem mais nove mortes pela Covid-19 || Foto José Nazal
Tempo de leitura: < 1 minuto

Itabuna registrou mais nove mortes de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o número de óbitos passou de 313, no sábado (24), para 322 neste domingo (25). Somente neste mês de outubro foram confirmadas 54 mortes em decorrência da Covid-19.

A Secretaria de Saúde informou que as mortes registradas no boletim epidemiológico deste domingo não ocorreram, necessariamente, nas últimas 24 horas. Segundo a SMS, os óbitos divulgados hoje ocorreram nos dias anteriores e estavam sob investigação, conforme estabelecido em protocolo.

Itabuna registra 13.208 casos confirmados do novo coronavírus e tem 12.659 curados da doença. Há 227 casos ativos (pessoas infectadas), 20 pacientes internados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 27 em leitos clínicos (enfermarias) e dois em unidade semi-intensiva.

BAHIA ATINGE 330,5 MIL CURADOS DA COVID-19, COM 7.475 ÓBITOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Bahia registra mais de 330 mil curados da covid-19

A Bahia confirmou mais 691 infectados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, período em que também houve registro de mais 1.157 recuperados dos sintomas do vírus, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Dos 344.705 casos confirmados desde o início da pandemia, 330.540 já são considerados recuperados e 6.690 encontram-se ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,41%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram, até aqui, Ibirataia (8.209,25), Almadina (6.570,28), Itabuna (6.462,72), Madre de Deus (6.367,04) e Apuarema (6.030,01).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 702.270 casos descartados e 83.402 em investigação até as 17 horas deste domingo (25). Na Bahia, 28.395 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

ÓBITOS

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 22 óbitos que ocorreram no período de 17 de junho a 24 de outubro. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.475, representando uma letalidade de 2,17%.

Dentre os óbitos, 56,04% ocorreram no sexo masculino e 43,96% no sexo feminino. O percentual de casos com comorbidade foi de 72,05%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,97%).

SOBE PARA 13,2 MIL O NÚMERO DE CASOS DE COVID-19 EM ITABUNA

Itabuna tem 13.201 casos de Covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

O número de casos de novo coronavírus em Itabuna passou de 13.188, ontem, para 13.201 neste sábado (24). De acordo com o boletim epidemiológico de hoje, não houve registro de morte pela doença nos últimos dias. Desde da última terça-feira (20) que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) não confirma novos óbitos causados pela doença.

Do início da pandemia até agora, Itabuna registrou 313 mortes em decorrência do novo coronavírus. Desse total, 45 óbitos foram registrados neste mês, segundo boletins epidemiológicos. Essa quantidade representa uma média diária de 1,8 morte em decorrência da doença.

Hoje, Itabuna tem 20 pacientes internados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI),  33 em leitos clínicos e uma pessoa em unidade semi-intensiva. Já são 12.631 curados do novos coronavírus e 257 casos ativos (pessoas infectadas).

BAHIA REGISTRA NOVO AUMENTO DE CASOS ATIVOS DE COVID-19

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Bahia registrou mais 1.861 casos de covid-19 e outros 1.613 já estão sem os sintomas da doença, informou a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Os números se referem às confirmações ocorridas nas últimas 24 horas.

Já quando considerados todos os registros desde o início da pandemia, o número de infectados chega a 342.526. Destes, 328.013 são considerados recuperados (sem sintomas da doença). Já o número de casos ativos subiu para 7.081. Há uma semana, o número de casos ativos (pessoas em isolamento ou internadas) chegava a 6.691.

Os casos confirmados ocorreram nos 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,54%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (8.032,92), Almadina (6.570,28), Itabuna (6.429,42), Madre de Deus (6.352,82)), Apuarema (6.016,37).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 695.376 casos descartados e 82.456 em investigação até as 17 horas desta sexta-feira (23). Na Bahia, 28.267 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

ÓBITOS

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 25 óbitos no período de 24 de julho até ontem (22). O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.432, representando uma letalidade de 2,17%. Dentre os óbitos, 55,97% ocorreram no sexo masculino e 44,03% no sexo feminino.

BAHIA: GOVERNO AUTORIZA EVENTOS COM ATÉ 200 PESSOAS E MANTÉM PROIBIÇÃO DE AULAS

Tempo de leitura: < 1 minuto

Rui assina decreto que mantém proibição de aulas, mas libera até 200 pessoas por evento

Aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada seguem suspensas em toda a Bahia. O Governo do Estado decidiu prorrogar o decreto nº 19.586, que venceria neste domingo (25), mas ampliou, de 100 para 200, o número máximo de pessoas em eventos. A restrição se deve à pandemia da covid-19.

A prorrogação do decreto, assinado pelo governador Rui Costa, será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (24) e terá validade até o dia do primeiro turno das eleições municipais, 15 de novembro. A publicação também revoga o trabalho remoto de servidores que tenham 60 ou mais anos de idade.

Conforme o decreto, estão proibidas as atividades com público superior a 200 pessoas, como shows, eventos religiosos, feiras, apresentações circenses, eventos científicos e passeatas. Antes, o limite era até 100 pessoas.

CAMPANHA ELEITORAL

A ampliação vai de encontro a dados e orientações emitidas há menos de duas semanas pela Secretaria Estadual de Saúde, principalmente com as imagens de grande aglomerações promovidas por campanhas eleitorais no estado. As restrições na campanha eleitoral estão sendo determinadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). Em Itabuna, a Justiça proibiu, nesta semana, a realização de caminhadas e carreatas político-partidárias.

ITABUNA VOLTA A REGISTRAR AUMENTO NO NÚMERO DE CASOS DE COVID-19

Itabuna volta a registrar aumento de casos de Covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

Itabuna registrou, nesta quinta-feira (22), mais 85 casos de novo coronavírus. Esse foi o maior aumento na quantidade de casos diários da doença neste mês de outubro,  conforme boletins epidemiológicos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O município chegou a registrar média diária menor que 10 infectados.

Com os novos casos de Covid-19 confirmados hoje, o número de infectados subiu de 13.072, na quarta-feira, para 13.157  nesta quinta. Itabuna não registrava um aumento tão grande na quantidade diária de infectados desde o dia 27 de agosto, quando foram confirmados 94 casos em um intervalo de 24 horas.

Itabuna tem 52 pacientes internados. Hoje, há 23 pacientes em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 27 em leitos clínicos e dois em unidade semi-intensiva.

CASOS ATIVOS E ÓBITOS

O número de casos ativos (pessoas infectadas) subiu de 316, ontem, para 342 nesta quinta. O município do sul da Bahia tem 12.502 curados da doença. Desde o início da pandemia e até esta quinta, 313 moradores de Itabuna infectados pelo coronavírus não resistiram à doença. Atualizado às 23h36min.

BAHIA ATINGE 340 MIL CASOS DE COVID-19, COM 7,4 MIL ÓBITOS E 326,4 MIL RECUPERADOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou total de 1.450 casos de covid-19 em toda a Bahia nas últimas 24 horas, além de 1.266 recuperados (curados) da doença no período. Hoje, também, a Bahia atingiu 340.665 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 326.400 já são considerados sem sintomas (curados) e 6.858 encontram-se ativos (em recuperação em casa ou internados).

Os casos confirmados ocorreram nos 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,59%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (7.987,20), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.406,44), Madre de Deus (6.343,34)), Apuarema (6.002,73).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 691.022 casos descartados e 80.027 em investigação até as 17 horas desta quinta-feira (22). Na Bahia, 28.162 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

ÓBITOS

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 23 óbitos que ocorreram no período que vai do dia 15 até ontem (21). O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.407, representando uma letalidade de 2,17%. Dentre os óbitos, 55,99% ocorreram no sexo masculino e 44,01% no sexo feminino. Atualizado às 19h10min do dia 23.

UESC E AMURC ASSINAM CONVÊNIO PARA DETECÇÃO DA COVID-19 NO SUL DA BAHIA

Tempo de leitura: 2 minutos

Alessandro Fernandes e Lero Cunha assinam convênio que permitirá realização dos exames

Um convênio assinado hoje (22), entre a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação(MCTIC) e Associação dos Municípios da Região Cacaueira (Amurc), com a participação da Secretaria de Saúde da Bahia vai possibilitar a realização de cerca de 10 mil testes utilizando RT- qPCR para detecção de SARS-CoV-2 (Covid-19).

A Uesc é a única universidade estadual que integra o “Projeto Institucional em Rede: Laboratórios para testes de diagnósticos da Covid-19” que prevê, entre outras metas, a realização de cerca de 10 mil testes utilizando RT- qPCR para detecção de SARS-CoV-2 (Covid-19). A ação envolve 13 instituições brasileiras e prevê esforço de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e extensão. A Uesc é a única Universidade Estadual no grupo.

No sul da Bahia serão atendidos 36 municípios e os testes serão analisados pelo Laboratório de Farmacogenômica e Epidemiologia Molecular da Universidade Estadual de Santa Cruz ( (Lafem/Uesc), já credenciado pelo Laboratório Central da Bahia (Lacen). O Lafem realiza diagnósticos da Covid 19 desde o mês de Junho.

“A Uesc, adaptou o Lafem para realização de testagem para detecção de SARS-CoV-2, no começo com uma capacidade para 40 testes/dia. Com a aquisição de um equipamento novo foi ampliado para 200 testes/dia, o Convênio com o MCTIC, aumenta essa capacidade para aproximadamente 10 mil testes/mês”, disse o reitor da Uesc, Alessandro Fernandes.

Segundo o reitor, o tempo de resposta desse exame feito na Uesc é muito mais rápido e amplia o número de testagens. “Possibilita também, aos municípios, a clareza do cenário onde estão as ocorrências, eficientizando a tomada de decisões por parte dos municípios e da Secretaria de Saúde do Estado”.

O reitor ressalta, ainda, a articulação e a capacidade científica da Universidade como principais indicadores para a inclusão no convênio que contempla 12 grandes Universidade federais do país sendo a Uesc a única estadual.

Os recursos, que podem alcançar até R$ 2,4 milhões, distribuídos por todas as Universidades contempladas e serão aplicados na aquisição de insumos para os testes moleculares; realização de testes utilizando RT- qPCR para detecção de SARS-CoV-2; e criação de estratégias para melhoria do diagnóstico da COVID-19; treinamento técnico de equipe e recepção de amostras clínicas para análises.

O presidente da Amurc e prefeito do município de Firmino Alves, Aurelino Moreno da Cunha Neto, disse que o convênio é importante “no momento em que cresce a preocupação com a propagação da Covid-19, muito por conta das campanhas políticas que promovem aglomerações em todos municípios,” destacou.

NÚMERO DE ÓBITOS PELA COVID-19 EM ITABUNA SOBE PARA 313

Itabuna volta a registrar aumento de casos de Covid-19
Tempo de leitura: < 1 minuto

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) confirmou, nesta quarta-feira (21), mais duas mortes em decorrência do novo coronavírus. Com isso, o número de óbitos causados pela Covid-19 subiu para 313. Desse total, 45 mortes foram confirmadas neste mês, de acordo com boletins epidemiológicos da SMS.

Hoje, há 52 pacientes internados em leitos de hospitais de Itabuna. São 20 internados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 29 em leitos de enfermaria e três em unidade semi-intensiva. O município do sul da Bahia registra 13.072 casos de novo coronavírus. Foram confirmados mais 28 novos casos da doença nas últimas 24 horas.

A quantidade de casos ativos de Covid-19 em Itabuna segue estável. Eram 309 pessoas se recuperando da doença ontem. Esse número passou para 319 nesta quarta-feira, segundo informou a Secretaria Municipal de Saúde. A quantidade de curados passou de 12.424, ontem, para 12.443 hoje.

BAHIA REGISTRA 1.221 CASOS DE COVID-19 EM 24H E 1.352 RECUPERADOS

Tempo de leitura: < 1 minuto

A Bahia confirmou mais 1.221 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, conforme a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). No mesmo período, o estado registrou 1.352 casos de pacientes recuperados e 21 óbitos (confira mais abaixo).

Dos 339.215 casos confirmados desde o início da pandemia, 325.134 já são considerados curados e 6.697 encontram-se ativos. Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram, até aqui, Ibirataia (7.967,61), Almadina (6.551,98), Itabuna (6.397,06), Madre de Deus (6.338,60), Apuarema (5.920,87).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 688.298 casos descartados e 78.921 em investigação, segundo notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (21). Até agora, 28.066 profissionais da saúde tiveram a covid-19.

ÓBITOS

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 21 óbitos ocorridos no período de 9 de agosto a 20 de outubro, segundo a Sesab. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.384, representando uma letalidade de 2,17%. Dentre os óbitos, 56,03% ocorreram no sexo masculino e 43,97% no sexo feminino.

Back To Top